<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12023629\x26blogName\x3dPharm%C3%A1cia+de+Servi%C3%A7o\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/\x26vt\x3d5339164314434841800', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Pharmácia de Serviço

Há remédio para tudo ... pharmaciadeservico_at_gmail.com

Mal acomparado...

sábado, 21 de outubro de 2017

Puigdemont convoca parlamento para responder ao "pior ataque desde Franco" ... mesmo que ele não se compare em nada com o de Filipe IV nos idos de 1640 ... Esse é que foi...!!!

A ler...


... O dialecto é demasiado pobre. O oportunismo é demasiado infantil. O provincianismo é demasiado caricatural. O descaramento é demasiado forçado. A ambição é demasiado brutal. A manha é demasiado ostensiva. O ridículo é demasiado evidente. A perversidade é demasiado tosca. O estilo é demasiado repulsivo. A boçalidade é demasiado boçal. A desumanidade é demasiada, ponto. Tudo no dr. Costa, das roupas aos risos e dos truques às palavras (digamos), se confunde com um boneco, ou o estereótipo superficial de um político grotesco. 

O dr. Costa, em suma, é mau demais para ser mentira. Infelizmente, como estamos em Portugal, é péssimo o suficiente para ser verdade. ...
...
... E há o radioso momento em que, semanas antes do último Verão, o dr. Costa trocou as chefias da Protecção Civil por amigos (ele tem muitos) de reconhecida competência. E há Pedrógão Grande. E há a resposta do dr. Costa às vítimas de Pedrógão Grande, abandonadas a protectores que não protegem, um sistema de segurança que não funciona e helicópteros que não voam enquanto Sua Excelência desfilava calções e compaixão numa praia espanhola. E há a conversa fiada e as promessas reles que o dr. Costa despejou sobre os escombros de uma das maiores calamidades registadas do género. E há, quatro meses depois, uma calamidade quase idêntica em dimensão e incúria. E há a criminosa arrogância do dr. Costa, que, inchado pela vitória nas “autárquicas”, redobrou o desdém face aos que o maçam com ninharias (“Ó minha senhora, não me faça rir a esta hora”). E há a pedagógica “comunicação” ao país, na qual exibiu um cinismo que, em cérebro superior ao de um laparoto, talvez sugerisse indícios de psicopatia. E há a demissão, em último recurso, da ministra da Administração Interna, uma inultilidadezinha versada em disparates, e o tapete de que o dr. Costa se serviu para esconder o lixo... .

A indignidade do costume...

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Nos dias que passam não deixa de ser engraçado ver certa esquerda andar muito açodada a desculpar a outra esquerda de óbvias acusações de irresponsabilidade, incompetência e inépcia, sendo que todas elas compartilham por igual a mesma indignidade ...

Estragada dos fígados...!!!



A pitonisa está, definitivamente, estragada dos fígados...!!! Nem o rio lhe vale...!!! Coitada...!!!

Ferreira Leite diz que moção de censura é “lamentável”

Dá ideia que, ou melhor, é absolutamente certo que...


... está ser levantada uma óbvia perseguição inquisitorial a Maria Lúcia Amaral. Pela esquerda. Porque ela pensa. Porque ela pensa pela sua cabeça. Porque ela e o seu pensamento não são de esquerda. E, fundamentalmente, porque o seu pensamento confronta, de forma desassombrada e frontal, o arrazoado básico e pindérico da esquerda. E isso, para a esquerda é demasiado perigoso para ser tolerado. Por isso há que afastá-la e silenciá-la...
Voltámos ao PREC dos saneamentos...

Estes querem "sol na eira e chuva no nabal"...!!!

quinta-feira, 19 de outubro de 2017



Vejam só as figuras tristes que o oportunismo político obriga a fazer...!!!

É este o nível em que estamos...


Portugal exporta Simplex para o Egipto

E já se adivinha a próxima "exportação": burkina faso...!!!

Censura e reponsabilidade...


Em junho deste ano, morreram sessenta e cinco pessoas na sequência dos grandes incêndios da zona centro de Portugal. O relatório da Comissão Técnica Independente, que procedeu à análise e apuramento dos factos, conclui que era possível ter evitado a propagação do incêndio e assim impedido ou limitado fortemente a tragédia. Tal não aconteceu por incompetência e descoordenação dos serviços do Estado. 

No período que sucedeu esta tragédia, os responsáveis do Governo comprometeram-se publicamente a tudo fazer para evitar a sua repetição. Conhecido o relatório da Comissão Técnica, o Primeiro-Ministro resumiu a sua responsabilidade à parte das conclusões que apresenta propostas com eficácia a médio e longo prazo. O Primeiro-Ministro não se mostrou disponível para assumir as responsabilidades políticas pela parte do relatório que demonstra a falha do Estado, no caso em concreto, no cumprimento das suas funções mais básica: a proteção de pessoas e a proteção do seu território. Se durante quase quatro meses o Primeiro-Ministro pouco ou nada fez para repor a confiança dos cidadãos, no momento da divulgação do relatório perdeu uma nova oportunidade para revelar sentido de Estado essencial para as funções que desempenha. 

No passado dia 15 de outubro, Portugal voltou a ser confrontado com uma tragédia de enormes dimensões, desta vez dispersa por uma área muito maior do território nacional. Desde então, o número de vítimas mortais atingiu quarenta e quatro e há dezenas de feridos. A estas perdas irreparáveis somam-se enormes prejuízos sociais e económicos, colocando em risco, inclusivamente, muitos postos de trabalho e projetos de vida. 

O ano de 2017 fica para a história como o pior de sempre em perdas de vidas humanas, cento e nove até ao momento, e também o pior em área ardida, mais de 500.000 hectares. 

Analisado o período que mediou as duas tragédias, verificamos que o Governo não fez tudo o que estava ao seu alcance para evitar o sucedido. Não o fez ao nível da coordenação política, ao nível do comando e da coordenação operacional, ao nível da sensibilização das populações e ao nível da preparação das respostas das entidades públicas, nomeadamente do dispositivo de combate, face aos alertas meteorológicos claros para o fim-de-semana de 15 de outubro. 

Verificada a repetição da tragédia, as declarações insensíveis e desajustadas dos membros do Governo, remetendo os portugueses à sua sorte, demonstraram o desnorte e a incapacidade deste Governo para enfrentar situações de crise. 

Perante estes factos, e atendendo à grelha de valores e princípios que coloca a proteção da vida dos cidadãos acima de qualquer outra prioridade do Estado, consideramos que o Governo falhou, não corrigiu o seu comportamento em tempo, e voltou a falhar. As medidas anunciadas para o médio e longo prazo não justificam a omissão no curto prazo. 

O Governo falhou de novo ao não reconhecer o seu erro e com prontidão tomar a dianteira no pedido de desculpas aos portugueses e na iniciativa para garantir uma rápida e justa indemnização aos familiares das vítimas. 

Esta censura dá voz à indignação de muitos portugueses que se sentem abandonados e perderam a confiança no Governo, o primeiro responsável pela condução do Estado. 

Nos termos constitucionais e regimentais, os Deputados do Grupo Parlamentar CDS/Partido Popular apresentam uma moção de censura ao XXI Governo Constitucional, com o seguinte teor: 

«A Assembleia da República delibera, nos termos do artigo 194.º da Constituição, censurar o XXI Governo Constitucional.» 

Ao terem que votar contra a moção de censura, os geringonços do pcp, as 2 melancias (verdes por fora e vermelhas por dentro), o bloco e o animais, vão tornar-se tão cúmplices, tão implicados, tão responsáveis pelo acontecido nos últimos quatro meses quanto o ps e o governo.
Disso não se livram - por mais retórica, insultos e argumentos anormais que usem e por mais que queiram fugir com o rabo à seringa...

Verdadeiramente até são eles os únicos e principais responsáveis - pois são eles quem permite que o ps esteja e se mantenha no poder.
Eles constituem-se, assim e sem excepção, como os verdadeiros judas de todas as vítimas desta enorme catástrofe.

Memória selectiva...


O sucateiro da chamusca que comprou ao qual foram vendidas as peças roubadas de tanques de guerra estacionado na base de sta. margarida lembra-se perfeitamente de quanto pagou pelo material - 800 € - mas garante às autoridades não se recordar de quem lho vendeu ... Eh, eh, eh...

Para esbanjar dinheiro tudo é uma boa razão...!!!


Para os comunas do pcp tudo serve, qualquer coisa é pretexto, há sempre motivo para o estado assumir mais encargos, gastar mais dinheiro, e aumentar o défice..

É uma verdadeira obsessão ...
Como o dinheiro não é deles nem são eles que pagam impostos, é tudo fácil...

Mais outra história...


A "estória" do achamento pela pjm do material de guerra num pinhal da chamusca está demasiadamente mal contada...

Até pode ser mentira, mas para ser convincente precisava de estar mais bem urdida.... Assim não dá...

A realidade é esta...!!!

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

costa não pediu desculpa. O que costa fez ao dizer o que disse e como disse foi mandar os portugueses à merda.

O gajo é (mesmo) um crápula...!!!


Resposta do pm ao líder da bancada social democrata, que lhe havia perguntado se estava em condições de apresentar um pedido desculpas ao país:

- Se quer ouvir um pedido de desculpas, eu peço desculpa...!!!

Já está...!!! Desta já se safou...!!!

Chega...!!! Esqueçam os fogos...porque agora é tempo de inundações...!!!


Demissões


A carta da de demissão da mai, que se viu obrigada a exigir - sublinhe-se, exigir - ao pm que aceitasse a sua demissão, revela muitas coisas e é sintomática de outras tantas. 

Duas das coisas que revela, uma é que costa não tem a mínima consideração pelos seus ministros (que, pelos vistos, trata como servos) e só olha aos seus interesses, à preservação da sua pele e a poder continuar a assegurar o assento no poder; e, a outra, é que quem devia ser demitido era costa, porque se ele manteve a ministra contra a vontade desta e o claro sentimento politico do país, ele é que passa a ser o responsável directo pelas ineficiências que deram origem aos dramas vividos neste verão...

A ministra exigiu sair para preservar a dignidade pessoal. É evidente que costa, não precisando de a preservar (porque a não tem), não se demite; mas já provou (se ainda fosse precisa prova...) que é uma víbora...

Mas não diziam para aí que aquilo não tinha sido um roubo...???!!!


PJ militar recuperou na Chamusca material roubado em Tancos

A Tancinha bem que podia dar a carta de demissão dela ao ministro da defesa para lhe servir de modelo... Era só mudar o nome e a pasta ministerial...

A ler...


O discurso que faria o Presidente Tino de Rans, de Vítor Cunha, no Blasfémias

Ponto 1 da agenda do conselho de ministros de sábado..



Duas personagens de um velhaco e inenarrável cabotinismo político...

terça-feira, 17 de outubro de 2017

António Costa diz que a moção de censura do CDS "faz parte da normalidade". Carlos César considera que os centristas podem "ganhar na oposição, ao PSD, mas não ganham a confiança dos portugueses".

E o que será que estes dois velhacos dirão da intervenção do pr...??? A intervenção também faz parte da normalidade ou será que o pr também quererá ganhar na oposição...??? 

Vai ser lindo de ver...


PSD prepara-se para apoiar moção de censura do CDS

Vai ser lindo ver as muletas do ps, bloco e pcp, comportarem-se como moluscos invertebrados, quando, com uma mal disfarçada contrariedade (que lhes irá custar votos...), tiverem que carregar às costas o ps e o governo, votando contra a moção de censura, para garantirem que podem continuar a desfrutar do abono de família que é o orçamento do estado...

Será que ...


... depois de toda a bandalheira que, até agora, tem sido a governação da geringonça, os portugueses perceberam finalmente que costa é uma completa vacuidade, um absoluto incompetente e uma verdadeira fraude...???

Alguém é capaz de esclarecer...


... se este porfírio - que sobre as mais que justas críticas ao costa diz que "A demagogia que por aí grassa é criminosa" - também será pago para defender o costa como o era o António Peixoto, que escrevia sob o pseudónimo "Miguel Abrantes" no Câmara Corporativa, a defender o ex-44 e a atacar quem dele discordasse...???

É que se não é pago, parece...!!!

(é engraçado como estes métodos - ter um cão de guarda que ataca à menor crítica - parece ser muito do agrado dos mandantes do ps...)

Simplesmente es-pan-to-so...!!!


Agora que já ardeu o inimaginável, que morreram 100 pessoas e que começou a chover, é precisamente agora que o primeiro-ministro anuncia que vai haver um reforço de meios aéreos para o combate aos incêndios até ao fim de Outubro.

O governo de todas as esquerdas só pode estar a gozar connosco...
E onde é que anda a tão preservada ministra da administração interna...???

Viver "à socialista"...


Os orçamentos dos gabinetes dos 61 membros do governo deverão atingir os 63,1 milhões de euros no próximo ano, o que representa um acréscimo de 1,8 milhões (2,9%) em relação a este ano.
 

Ainda há pior...!!!


Abriu o "aeroporto mais inútil do mundo" ... a seguir ao de Beja...!!!

O que é preciso é uma protecção qualquer...


Face à demonstrada inoperância da protecção civil a ministra da administração interna solicitou a intervenção da protecção divina pelo que, tendo chovido de noite, hoje já não há incêndios activos...

Bem tinha razão costa quando dizia ontem à noite que, tal como refere o salvífico "relatório técnico independente",  o problema dos fogos resolve-se à base de planeamento florestal...

Nós cá somos muito mais espertos: legalizamo-los "em três tempos"...!!!


Presidente francês “inflexível” promete expulsar ilegais que cometam crimes

Finalmente...!!!


Já chove...!!!

O país que se ponha a pau...!!!


Porque a protecção civil deve continuar a andar distraída, será melhor que os resilientes cidadãos se ponham a pau com enxurradas violentas que já se adivinham com a chegada das chuvas (finalmente...!!!), já que com os incêndios, os terrenos, fundamentalmente, nas encostas declivosas estão secos, endurecidos e, nessa medida, impermeabilizados, para além de totalmente despidos de vegetação e recobertos por uma manto negro de carvão, pelo que não haverá retenção das águas da chuva que, em termos normais, seriam mais ou menos rapidamente absorvida pela terra e pelo coberto vegetal, nem terá lugar a ralentização, pelos arbustos e vegetação, dos caudais e enxurradas que se formam com a chuva...

No quadro actual, já se adivinha muita inoperância e novas desgraças...

Rapa, põe, tira, deixa...

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Na leitura governamental das desgraças ocorridas, costa deixa a mai, tira a protecção civil e põe todo o país em perigo...

Pura sorte...!!!


O ps tem a sorte dos tolos....
Se as autárquicas fossem no próximo fim de semana era mais que certo que não iria ter o resultado que teve há quinze dias...

Como as coisas são...


A comunicação do pm sobre a tragédia de ontem a absoluta incompetência do governo em matéria de protecção civil o relatório independente sobre o incêndio de pedrógão, os incêndios em abstracto e em geral, à hora de jantar, não tendo servido para mais nada, serviu, ao menos, para se constatar que costa é tão, mas tão, aldrabão quanto o foi, e o continua a ser, o ex-primeiro ministro do qual ele foi ministro...

Sobre isso pode bem dizer-se que "quem sai aos seus...", 

A ler...


O PS não sabe, não lê, não vê. Uns dirão que a táctica é de génio – e, pelas sondagens, funciona. Mas o que é mesmo é uma vergonha.

Macaco ... de imitação...


Depois do Presidente da República cancelar agenda até quarta-feira, o Primeiro-ministro cancela agenda oficial para hoje

O pm, sempre que há assuntos graves da responsabilidade do governo, passa a vida à boleia do pr, acoitando-se sempre no chapéu de chuva da acção presidencial...
Um verdadeiro artista...

Resposta a uma pergunta parva...


"Eu ia-me embora, ia ter as férias que não tive. Isso resolvia o problema?"

Resposta: Só por si não resolvia. Mas era seguramente o começo da solução...!!!

(senhora ministra, um pedido: já que não sai, poupe-nos a mais parvoíces e ineficiências...!!! Mantenha-se calada e quieta...!!! Faça-nos, ao menos, essa esmola...!!!)

Puro "sabujismo"...


O gajo que punha as pernas dos banqueiros alemães a tremer diz que não há ninguém mais bem preparado do que António Costa para lidar com os fogos.

Também não era preciso ser tão sabujo para agradar ao chefinho...

Perante os resultados que se vêem, isso é que é dramático...


Incêndios. “O Governo está a fazer o melhor que pode”

Isto também é "um bocado infantil"...???


64 vítimas mortais em Pedrógão.

Três meses depois...

Proteção Civil confirma: 27 mortos e 51 feridos

Aditamento: Infelizmente o número de mortos volta a subir e já é de 31. E há um bebé desaparecido

Se não houver outras...


... está aqui uma óptima razão para os laranjas votarem Santana Lopes...!!!

António Capucho: "Com Rui Rio admito regressar ao partido"

Esta é que é a hora indicada para falar ao país...


O costa está na sede da (des)protecção civil, às 2h e 30m da madrugada, perante as câmaras da televisão, a eximir-se a responsabilidades a falar sobre incêndios, combate a incêndios e planeamento florestal, apresentado teimosamente ao seu lado a ministra da administração interna, calada que nem uma pedra e com aquele ar miserável de pinto infeliz que se tornou já uma imagem de marca...

Claro que costa diz que a culpa de tudo o que acontece é do ordenamento florestal e dos comportamentos dolosos e negligentes e que (ele e) o governo nada tem a ver com isso...

Mas qual é o espanto...?!?!?!

domingo, 15 de outubro de 2017



Mas qual é o espanto...??? Não foi isso que ele também fez com o orçamento do estado enquanto foi primeiro ministro...???
O galo é que nesse caso não houve nenhum "carlos santos silva" amigo fraternal do ministério das finanças que (lhe) empresta(da)sse dinheiro... 

Felizmente que não são "cortes cegos"


Depois da bancarrota causada pelo governo do ps foi necessária cumprir um drástico e rigoroso programa de recuperação financeira. Para conseguir reduzir o défice para níveis aceitáveis o Estado foi obrigado a evitar gastos ou seja teve que cortar nas despesas do OE.
Ora os ditos cortes das despesas são considerado uma ignomínia porque levados a cabo por um governo de direita, gente de bem e de boa fé, não esquerdalha nem comuna.
E a esquerda - a mesma esquerda que tinha dado origem à bancarrota - não se cansou de vociferar contra os cortes cegos e de invocar a austeridade que mata enquanto o governo se esforçava denodadamente para cumprir o programa do resgate negociado pelo ps, tudo fazendo para pôr em ordem as finanças que tinham sido completamente rebentadas pelos socialistas...

Novas eleições, o ps toca de assaltar o poder com recurso à geringonça - e felizmente tudo mudou...!!!
Logo acabou a austeridade (que mata...) e terminaram imediatamente os cortes (cegos...) para conter a despesa.

E para confirmar isto tudo - que acabou a austeridade e terminaram os cortes ceguinhos - o tranglidanças que dizem ser ministro das finanças confirma agora isso mesmo afirmando, convictamente, que

Ora, como toda a gente sabe, as cativações não são cortes cegos, não senhor...
As cativações são "apenas" verbas orçamentadas mas insusceptíveis de utilização pelos serviços por imposição unilateral do ministro das finanças.
Vai daí, o tranglidanças quer que acreditemos que as cativações não são cortes e menos ainda, cegos...  fazendo de nós cegos, porque só mesmo cegos é que acreditarão nisso... 

Uma música aqui, uma música ali...