<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12023629\x26blogName\x3dPharm%C3%A1cia+de+Servi%C3%A7o\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/\x26vt\x3d5339164314434841800', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Pharmácia de Serviço

Há remédio para tudo ... pharmaciadeservico_at_gmail.com

Sr. ... sr. ... sr. ... sr. médico...!!!

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018



Muito bem...!!! Grande ideia, sim senhor...!!! À falta de outras ideias e iniciativas mais sumarentas e úteis, o senhor bastonário da OM resolveu propor que agora os médicos deixem de ser tratados pela velhinha designação de "senhor doutor" e passem, talvez, a ser designados por Sr. Médico, tal como, por exemplo, os engenheiros são designados por Sr. Inginheiro, os farmacêuticos por Sr. Framacêutico e os arquitectos por Sôrarquitecto...

É evidente que se isto for generalizado as coisas começam a ficar algo complicadas: os psicólogos têm que passar a ser designados por Sr. Psicólogo (apesar de se dedicarem a funções administrativas...), os de Letras têm que começar a ser designados por Sr. Letrado (apesar de muitos continuarem absolutos analfabetos...) os de educação física por Sr. Fisicamente Bem Educado (apesar de eventualmente se comportarem como carroceiros...), os de ciências da Terra, por Sr. Cientista Terráqueo (mesmo que andem sempre na Lua...), e os de relações internacionais por Sr. Promíscuo (ainda que desmedidamente puritanos e absolutamente fieis...)

Como se vê a coisa pode não ser simples...

A ler...


Pequena mas não dispiscienda nota final. Passos levou quatro anos a ouvir insultos e mentiras sobre o governo e sobre ele próprio. Depois ganhou as eleições. A seguir levou dois anos a ouvir que era “mau” na oposição findo o que Rui Rio teve menos votos que ele, Passos Coelho, em qualquer das eleições internas em que o ex-lider concorreu no PSD.

Um tipo decente, Pedro Passos Coelho (e que bom discurso o seu).

Dá ideia...

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

... que o CDS e Assunção deveriam estar agora a esfregar as mãos de contentes se não estivessem cheios de pena por ver o estado miserável em que ficou o seu ex-parceiro de coligação desde o último fim de semana...!!!

Viva a descentralização/delegação nas freguesias feita pelo presidente costa...!!!


Após acidente com autocarro a Câmara de Lisboa vai reassumir a manutenção do arvoredo que estava "descentralizada" numa junta de freguesia desde os tempos do presidente costa de Lisboa

Isto da descentralização tem esta vantagem: come-se a chicha e cospe-se o osso...
E isto acontece e acontecerá sempre assim quer se trate de descentralização numa junta de freguesia, num município, numa CIM ou numa região...: quando se acabar a chicha (seja ela o dinheiro ou qualquer outra vantagem) deixa-se de fazer aquilo que já não interessa e, no limite, arranja-se uma desculpa qualquer para a omissão...

É no que dá apanhar demasiado sol na moleirinha...


Viajante do tempo garante ter visitado o ano 5000

Perseguir os que já pagam...


Num país governado pela esquerda, bonito, bonito, é perseguir ricos que já pagam impostos e obrigá-los a pagar ainda mais a beneficio da dita redistribuição - ou seja de dar dinheiro de impostos de quem tem ou quem trabalha a quem não faz a ponta de um corno para continuar a não fazer népia...

Pelo meio existe uma miríade de gente que não paga um tusto de impostos ou paga uma ninharia apesar de aparentar largueza monetária e vida suculenta. Mas como são muitos e dizem que são pobres ou de minorias podem ficar fora do sistema que a esquerda agradece os seus votos...

E assim 758 contribuintes riquíssimos, verdadeiros bill gates - isto é 539 pessoas singulares com rendimentos acima dos 750 mil euros, mais 215 pessoas singulares cujo valor do património, mobiliário ou imobiliário, está acima dos cinco milhões e ainda outros 42 contribuintes com relações jurídicas e económicas com grandes empresas - vão ser atentamente vigiados pelo Fisco.

Entretanto, nas carocas, nos desenrascas, na feira de carcavelos, em múltiplos lugares, ocupações e actividades, um pouco (ou um muito) por todo o país, onde quer que haja um não-contribuinte ... siga a dança...

Comido por parvo...


Rui Rio admite "nova fase" após reunião de duas horas e meia com Costa

Prontos...!!! Está visto...!!! O homem foi mesmo comido por parvo ... e gostou...!!! O rio, entenda-se...

[A afastar-se cada vez mais do (verdadeiro) poder (que é a governação) o psd está a disponibilizar-se para ser capacho e criadita do ps (como o são já o pcp e bloco - mas estes, agora, já têm manha e estatuto de criada velha...)...O psd está ... pfffff.....]

A ler...

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

O passo seguinte seria concluir que só um projecto reformista, liderado pelo PSD e com o CDS, constituiria uma real alternativa ao actual bloco PS-BE-PCP. O problema é que Rui Rio parece estar do lado dos equivocados, ao terminar o raciocínio com a conclusão errada: ao acreditar que o PS, invadido de algum espírito patriótico, negociará reformas do Estado com o PSD e sacrificará a geringonça, Rui Rio está a criar uma armadilha a si mesmo. Não, o PS não quer reformar o Estado. Não, o PS não está desconfortável com o imobilismo reformista da actual solução governativa à esquerda – está orgulhosamente a alimentar as suas clientelas eleitorais. E não, o PS não se quer livrar de PCP e BE – muito pelo contrário, quer eternizar a sua ligação com PCP-BE, porque essa é a sua fórmula de poder perpétuo (só uma esquerda unida pode controlar o aparelho de Estado, dominar a máquina sindical e amordaçar a contestação social). Nem agora, nem no pós-2019 (que parece ser legitimamente uma preocupação de Rui Rio), o PS abdicará dos instrumentos de poder que o apoio da esquerda lhe garante.

Ui, ui... pelos que sobem para a carruagem ...


... começa-se a perceber a aragem...

Capucho regressa ao PSD e saúda "matriz social-democrata" de Rui Rio

Uns completos "agarradões"...


Doping na equipa russa... em curling

A dar a maõzinha ao Papá...


Rio: "A vontade do Presidente é que haja diálogo entre os partidos" 

Parece que rio vê o psd não como um  partido central, com vontade própria, com o poder de intervenção e com a relevância e a capacidade de influência política para, por si só, ser capaz de levar a (necessidade) (d)esse diálogo, mas como o "partidinho do Papá" que (só) brinca porque o Papá diz aos outros meninos que têm que o deixar também brincar e, além disso, têm que brincar com ele, porque acha que é bom brincarem todos juntos...

Hás-de ir longe, hás-de...

Isto vai lá...


Ora bem: se desaparecerem 57 pistolas há um ano e agora aparecerem três, temos então que, a este ritmo, dentro de (57:3=) 19 anos teremos todas as pistolas de volta à esquadra...

Mau presságio...


A ressuscitação de alberto joão jardim não augura nada de bom, quer tanto para os que diz agora apoiar quer quanto revela da qualidade (ou da falta de qualidade) dos apoiados...

Classe. Mesmo muita classe...!!!

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Agora que já acabou, dá ideia que a única coisa que teve classe em todo o congresso do PSD deste fim de semana foi mesmo a saída em grande de Passos Coelho da direcção do PSD e do congresso. Uma saída com classe de um Senhor com classe. Muita classe.
Num tempo em que já não é habitual falar-se nisso - porque agora só há políticos, uns mais rascas outros menos rascas, mas todos apenas e só políticos - pode-se dizer que Passos tem uma postura e um estar de verdadeiro estadista. O que ao pé da rézeirada que sobrenada por aí, ainda sobressai mais. 
Aprendei, senhores, aprendei, que já não há muitos assim.

Tudo bons rapazes...

sábado, 17 de fevereiro de 2018



Aquilo do regulamento disciplinar aplica-se também nestes casos...???

A ler...!!! Indispensavelmente...!!!


De acordo com o “Jornal de Notícias”, “pelo menos quatro indivíduos agrediram dois enfermeiros, um auxiliar de enfermagem e um segurança, na triagem do serviço de Urgência do Hospital de São João, no Porto, terça-feira à noite”.
(...) 
Quem será essa violenta e indeterminada gente? Neoliberais em protesto contra a função pública? Uma misteriosa associação de Lesados do Estado? Claques da bola? Uma delegação de homeopatas? Alcoólicos anónimos? Alcoólicos identificados? Cientologistas? Xintoístas? Os “media” não explicaram e, palpita-me, a polícia anda igualmente à nora. A menos, claro, que os responsáveis pela investigação olhem para as “caixas” de comentários nos sites dos “media” citados, onde os participantes em rodapé perceberam num ápice que “o grupo”, “os indivíduos” ou as “pessoas” eram uma festiva agremiação de ciganos.

Ciganos, vírgula, que essa é designação caída em desuso e punida pela moral. É preferível falar de indivíduos de etnia cigana. Porém, se não queremos parecer brutos, é melhor falar de membros do povo rom (“roma” é plural – isto é importantíssimo). Aliás, sobretudo se o assunto envolve delinquência ou crime, o ideal é nem falar de nada e de todo. 
(...)
Permitir, sob determinados e absurdos critérios, que um conjunto de cidadãos saltite por aí à revelia da lei e dos hábitos não é exibir tolerância: é conceder impunidade. E – estrebuche-se à vontade – notar este desagradável facto não é “racismo”, “xenofobia”, “preconceito” ou “discriminação”. Discriminação é tratar alguém de modo diferente. E, através do cínico “respeito” pela “diferença”, condenar milhares de criaturas a uma existência quase primitiva, além de condenar as suas vítimas a tratamento médico.

Equilibrio orçamental "à la geringonça"...

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Primeiro o . Ou seja, os Hospitais têm 500 milhões congelados por Centeno

Portanto os descomunais calotes (ou seja, empréstimos forçados e sem juros) tal como a enormidade de impostos indirectos (e portanto, invisíveis, que o governo da geringonça aumentou desmedidamente logo que chegou e vem agravando de ano para ano) servem de artimanha para atamancar um (mais que) periclitante equilíbrio orçamental...

Perante a revelação pública da manholice, o Ministro da Saúde vem dizer que as dívidas serão pagas "dentro de dias"

Mas estas dívidas não deviam já estar pagas há muito tempo...???
Não era para pagar dívidas mais que vencidas que foi transferido o dinheiro...???
O calote ainda não durou tempo suficiente...???
Porque é que há sempre um tonto que se dispõe a fazer figura de parvo querendo justificar o injustificável...???

No final e como sempre, estamos perante os tradicionais e manhosos expedientes socialistas... 

Ele sabe bem do que fala...


Pacheco Pereira diz que existe um grupo organizado para destruir Rui Rio e acrescenta que já houve um grupo organizado para destruir Manuela Ferreira Leite.

O homem sabe da poda. É que ele ainda está bem lembrado do grupo organizado - do qual ele era um dos capi juntamente com ferreira leite - que passou todo o tempo que durou a governação PSD/CDS a combater Passos Coelho e a e criticar asperamente o governo e os seus membros (em especial os do CDS)...

(A vergonha deve estar caríssima. Há gajos que não têm um pingo dela...)

Retomando o caminho do desastre...


Aumentou o número de funcionários públicos pelo 3.º ano consecutivo

Um país de bêbedos...


Como o comboio de alta velocidade é “tabu” e está adiado por “muito tempo”, diz António Costa, e o novo aeroporto também, para compensar - e decerto num momento de bebedeira mais acentuada por falta de evaporação - o Governo vai criar Agência Espacial Portuguesa e apoiar construção de satélites de nova geração ...

Ai como os vapores etílicos são tão agradáveis e causam tantas sensações...!!!
Desde logo aquela sensação inigualável de que, apesar de poucochinhos, somos os maiores...
Depois aquela desinibição que permite fazer completas idiotices cavalares com um sorriso nos beiços...
A bem dizer, com tais vapores nem é preciso aprovar a legalização da erva medicinal e menos ainda da recreativa (em auto-cultivo) ...

O abraço amigo da serpente venenosa...

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

PS espera PSD "mais construtivo" com Rui Rio 

Com tantos "desejos construtivistas" dos socialistas, veremos se rio é, ou não, comido como um tótó...

Exigência, pois claro...!!!


Parece que o governo discute hoje um conjunto de medidas que pretendem aumentar a exigência do ensino nos patamares de formação mais altos... Por isso é que vai dar luz verde aos doutoramentos em politécnicos

Oportunismo parasitário...


A cerâmica Dominó, é uma empresa privada de capitais exclusivamente portugueses, sediada em Condeixa, perto de Coimbra, criada há cerca de trinta anos por uma grupo de pessoas tendo à frente um empresário de visão, e presentemente exporta 60% a 65% da sua produção para os grandes países da Europa central, norte e sul, estando também presente nos Países de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), Estados Unidos da América e em alguns mercados árabes e da Europa de leste.

Nos tempos da recessão e da bancarrota para onde a esquerda que nos governa atirou o país (e que já parecem ter sido rapidamente esquecidos), a empresa quase soçobrou. Os mercados fecharam-se, a construção civil nacional deu o berro (felizmente, talvez...), o país estava à beira de mais uma bancarrota socialista provocada pela esquerda e tudo se encaminhava para o costumeiro e miserável desfecho: o encerramento.

Contudo, recorrendo a apoios da União Europeia e com muito sacrifício e trabalho esforçado dos seus gestores e com a dedicada colaboração da grande maioria dos seus trabalhadores, a empresa conseguiu manter-se de pé e reestruturar-se, diversificar os seus mercados, de modo a que, actualmente, se tornou numa empresa capaz de enfrentar os desafios que os tempos lhe vão colocando se, entretanto, nada vier a complicar a sua vida.

Depois de anos e anos a acumular prejuízos - mas a manter-se em funcionamento e a pagar sempre pontualmente aos seus trabalhadores - a empresa regressou aos lucros - ainda que timidamente - em 2016. Contudo regressar aos lucros não significa anular todo o passivo até então acumulado. E só foi possível acumular passivo - o que permitiu pagar aos trabalhadores - porque os bancos, acreditando na capacidade da empresa, foram emprestando dinheiro.

Pois bem...!!! Acontece que mal cheirou a dinheiro e mal luziram lucros, os comunas sindicalistas da cgtp não estiveram com meias meças e puseram-se a caminho, plantando um grupelho de agitadores, capitaneados pelo pinoca do electricista da carris, a fazer barulho à porta da fábrica, exigindo aumentos...!!!

Assim, parece que 40 dos cerca de 170 trabalhadores da fábrica, que labora por turnos, concentraram-se hoje de manhã à porta das instalações, contando com a presença do secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, que se solidarizou com a reivindicação dos trabalhadores
Portanto representatividade sindical é isto: menos de um quarto dos trabalhadores, maestrados por um pinoca, fazem barulho enquanto os demais trabalhadores ... trabalham...

E, na ocasião, arenga o pinoca da cgtp: “Ao longo dos anos, quando teve problemas, foram os trabalhadores que se sacrificaram e os responsáveis por lhes dar dinâmica para que sobrevivesse e, agora, num quadro em que tem lucros, o que se justifica é que os distribua também por aqueles que produziram riqueza, que são os trabalhadores”. Mais: o pinoca da cgtp considerou importante que a empresa rapidamente reúna com o Sindicato de Cerâmicos do Centro e encontre uma solução para o problema, “que passa inevitavelmente pelo aumento dos salários”.

Fica, pois, claro que as coisas só se resolvem se a empresa ceder à chantagem de um sindicato quase inexistente e que é (mais) uma marioneta da cgtp, e pagar aquilo que eles querem.
De outro modo eles encarregar-se-ão de destruir a empresa tal como destruíram milhares delas nos últimos 44 anos. Quando é que actuações como esta, oportunistas e chulas, acabarão de vez...???

E por falar em destruição: como é que vamos de AutoEuropa...???