<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12023629\x26blogName\x3dPharm%C3%A1cia+de+Servi%C3%A7o\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/\x26vt\x3d5339164314434841800', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Pharmácia de Serviço

Há remédio para tudo ... pharmaciadeservico_at_gmail.com

Prioridades de política externa

sexta-feira, 30 de setembro de 2005

O primeiro ministro pinto de sousa, que também usa sócrates, vai à Líbia reunir-se com Kadafi.

Como toda a gente sabe, a Líbia é uma das prioridades da nossa política externa, visto ser um país com o qual temos imensas afinidades, políticas, económicas, culturais e linguísticas, para além de ligações históricas.

Na perspectiva do estabelecimeto de relações económicas nas áreas do desenvolvimento de infra-estruturas e do turismo, o primeiro ministro faz-se acompanhar pelo ministro Lino, que vai tentar convencer Kadafi a fazer várias OTAs no deserto, todas ligadas por um TGV.

Portugal fornecerá a tecnologia para a "imaginação" de tais projectos.

É não dar confiança ...

Ministro da Justiça afasta hipótese de retomar negociação com juízes e magistrados

Mais uma ...

Mais uma derrota de uma equipa portuguesa nas competições europeias.

Hoje tocou a vez ao Sporting!

Isto deve ser maleita dos tempos! Nada corre bem neste país!

Junta-se a fome com a vontade de comer ...

quinta-feira, 29 de setembro de 2005
O secretário-geral do PS, José Sócrates, encontrou um espaço na agenda e vai estar presente, hoje à noite, no jantar-comício de Manuel Maria Carrilho, para o que alterou os seus planos de participação mínima em apenas duas acções de campanha e em concelhos de pouco significado político.

Sempre a piorar ...

Depois dos juizes, ministério público e dos funcionários judiciais, Sampaio reúne-se com Hugo Chávez, aquele "típico" presidente da Venezuela.

Ser Presidente da República é duro ...

Carestia

Aquele marido, a quem a mulher pedia insistentemente que a levasse, à noite, a um sítio caro, fez-lhe a vontade e levou-a ... a uma bomba de gasolina!

(apud @mail)

Tão depressa?

Os juízes e magistrados do Ministério Público admitiram hoje desconvocar as greves marcadas para o final de Outubro se o Governo mostrar abertura para dialogar

Azul (muito) escuro

O Fê Quê Pê perdeu 2-3 contra umas "torres" da Eslováquia, chamados Artmédia - que como se vê pelo nome, é uma equipa de renome mundial.

Boletim meteorológico II

Superfície frontal:

O ministro dos Assuntos Parlamentares, negou hoje qualquer "intromissão" nas competências da Alta Autoridade para a Comunicação Social (AACS) sobre a renovação das licenças televisivas, explicando ter falado com o presidente daquele organismo para conhecer os prazos de apreciação

Requisições

quarta-feira, 28 de setembro de 2005
Se a CAP - Confederação dos Agricultores de Portugual insistir em vir para Lisboa "entupir o Terreiro do Paço" o governo não deixará de decretar a "requisição civil" dos agricultores, de modo a garantir os "serviços mínimos" de distribuição de água às vaquinhas vítimas da seca no Alentejo.

Boletim Meteorologico

Alta pressão:

O membro da Alta Autoridade para a Comunicação Social (AACS) Artur Portela renunciou hoje ao seu cargo em protesto contra o que considera ser a pressão do Governo para a alteração da metodologia de análise sobre a renovação das licenças de televisão.

De acordo com Artur Portela, o ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva, reuniu-se com o presidente do órgão regulador para tratar "de aspectos da calendarização e da metodologia dos processos" de renovação das licenças da SIC e da TVI.


Baixa pressão:

Aborto: referendo foi aprovado no Parlamento, mas sem data

PS diz que deve ser feito «o mais breve possível», mas lembra que cabe ao Presidente decidir a data. PSD garante que se for depois das presidenciais não se oporá.

O PS prometeu esta quarta-feira «fazer tudo» para voltar a ouvir os portugueses em referendo sobre despenalização do aborto, mas escusou-se a especificar uma data para a realização de um eventual consulta popular.
«O que afirmamos é que o referendo deve ser feito o mais rapidamente possível. Quanto ao resto, cabe ao Presidente da República, no exercício das suas funções constitucionais, definir a data do referendo», disse o deputado socialista Vera Jardim, a quem coube fazer no Parlamento a apresentação da proposta socialista para a realização de um novo referendo ao aborto.

"Silêncios"

Na comunicação social, escrita e falada, não se viu/ouviu ainda qualquer notícia sobre o assunto.

É natural. Há coisa muito mais importantes que um falecimento. Ou melhor: que alguns falecimentos. Porque doutros há notícias sobejas e transmissões televisivas.

Isto a propósito do falecimento do Professor Doutor João de Matos Antunes Varela, que hoje ocorreu.

Se é verdade que na morte somos todos iguais, o mesmo se não passa na vida.
Se o efeito deletério do tempo tudo apaga, se as ignomínias de alguns são a memória anónima que fica, há porém outros dos quais a obra de vida os libertarão do olvidamento da inexorável lei.

Ainda que possa haver quem não saiba, quem não queira saber, ou quem não se queira lembrar de quem foi, aqui fica, pro memoriam, que o Professor Doutor João de Matos Antunes Varela foi um preclaro Professor Catedrático da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (e de muitas outras Universidades, em Portugal, no Brasil), um grande Ministro da Justiça de governos do Professor Doutor António de Oliveira Salazar, em cujo mandato foi publicado e entrou em vigor o Código Civil que ainda hoje nos rege, obra da sua tenacidade e produto dos mais eminentes juscivilistas que este país teve até hoje, e um autor prolífico de obras basilares do direito e, em especial, do direito civil (Código Civil Anotado com o Professor Doutor Pires de Lima ou Das Obrigações, entre muitos outros)

Se não a conseguiu ter em vida, que, na morte, descanse em paz.

Campanha eleitoral

(mais uma, via electrónica)

Um presidente de Câmara atravessa tranquilamente a rua quando inopinadamente, é atropelado e morre.
A alma dele chega ao Paraíso e dá "de caras", na entrada, com São Pedro.
- Bem-vindo ao Paraíso!" - diz São Pedro. Mas antes de entrar há que resolver um pequeno problema. Raramente vemos políticos por aqui, sabe, e por isso não sabemos bem que destino dar-lhe.
- Não vejo problema nenhum!. É só deixar-me entrar! - diz o nosso autarca.
- Eu bem gostaria, mas tenho ordens superiores - diz São Pedro. Vamos fazer o seguinte: o meu caro presidente passa um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Depois já pode escolher onde quer passar a eternidade.
- Não é preciso! Já resolvi!. Quero ficar no Paraíso - diz o ex-presidente.
- Desculpe, mas temos as nossas regras.
E assim, São Pedro acompanha-o até ao elevador e ele desce, desce, desce até ao Inferno.
A porta abre-se e ele vê-se no meio de um lindo campo de golfe.
Ao fundo o clube, onde estão todos os seus amigos e outros políticos com os quais havia trabalhado, todos muito felizes, em traje social.
É cumprimentado, abraçado e começam a falar sobre os bons tempos em que ficaram ricos à custa do povo.
Jogam uma partidinha descontraída e depois comem lagosta e caviar.
Quem também está presente é o Diabo, tipo muito amigável e que passa o tempo todo a dançar e a contar piadas.
Divertem-se tanto, tanto, tanto que, antes que se aperceba, já é hora de se ir embora.
Despede-se dos companheiros com muitos abraços e todos eles acenam enquanto o elevador sobe.
Ele sobe, sobe, sobe e a porta abre-se finalmente.
São Pedro está à sua espera:
- Agora é a vez de visitar o Paraíso.
Ele passa 24 horas junto a um grupo de inocentes almas angélicas e contentes que andam de nuvem em nuvem, tocando harpas e cantando.
Tudo muito bem, tudo muito etéreo, e o dia chega ao fim num ápice.
Torna São Pedro:
- Então? Já passou um dia no Inferno e outro no Paraíso. Agora chegou o momento de escolher a sua casa eterna.
O presidente pensa um minuto e responde:
- Olhe, não sei bem, São Pedro ... . O Paraíso é muito bom, mas eu acho que vou ficar melhor no Inferno.
Então São Pedro acompanha-o de volta ao elevador e ele desce, desce, desce até ao Inferno.
A porta abre-se e ele vê-se no meio de um enorme terreno baldio, cheio de lixo.
Todos os seus amigos estão agora com as roupas rasgadas e sujas, remexendo o entulho, arrastando enormes sacos pretos onde colocam o que vão encontrando.
O Diabo vai ao seu encontro e, amigavelmente, põe o braço sobre o ombro do ex-presidente.
- Não estou perceber - gagueja o presidente. Ainda ontem eu estive aqui e havia um campo de golfe, um clube, lagosta, caviar, e nós dançamos e divertimo-nos o tempo inteiro. Agora só vejo essa montruosidade de lixo e os meus amigos completamente degradados!!!
O Diabo olha para ele, sorri ironicamente e diz:
- Ontem estávamos em campanha. Agora, já conseguimos o seu voto...

"Estado da Nação"

(a circular no correio electrónico)

Durante uma visita a um Hospital psiquiátrico, Sócrates pergunta ao director qual o critério para definir se um paciente está curado ou não.

- Bem - diz o director- nós enchemos uma banheira com água, damos ao paciente uma colher de chá e uma chávena e pedimos-lhe para esvaziar a banheira.

- Entendi - diz Sócrates - uma pessoa normal escolhe a chávena, que é maior.

- Não - responde o director - uma pessoa normal tira a tampa do ralo...

Choque tecnológico

Ainda se lembram dele? Não?
É natural! Nunca aconteceu!

Pois é! Mas a pharmácia de serviço sofreu mesmo um choque técnológico!

Como se pode constatar da última "posta", o dito choque passou por aqui, introduzindo a "imagem", que em muitos casos vale mais que mil palavras!

Arrependimento


Jorge Coelho acha que a lei deve deixar de prever a existência de candidaturas independentes nas eleições às autarquias locais, por serem utilizadas como mecanismo de "vingança" contra os partidos.

E tem toda a razão!
- Não há nada mais bonito de que ver alguém "lamber as mãos" (ou as botas) ao seu muito querido e adorado partido e aos seus queridos e adorados dirigentes!

- E não há nada mais feio do que alguém "morder a mão que lhe dá a comida" e fez dele "alguém"!

Contudo, não seria eventualmente mais fácil acabar com alguns (ou muitos!) dos 43.489 autarcas, o que desde logo diminuiria drásticamente a possibiliade de aparecerem razões para haver "mordidelas" e "vinganças"?

E não seria também mais fácil afastar, de vez, os partidos, do processo eleitoral autárquico, o qual seria portagonizado apenas por "vizinhos" da terra, "bonus pater familias"?

E assim deixava de haver o problema das "vingaças" contra os partidos!

Certamente Jorge Coelho não se lembrou disto!

Já me esquecia!

Esta noite, o Benfica ganhou ao Manchester ... hããããã?? o quê ...???? não ganhou...??? ... desculpem ...

Esta noite o Benfica perdeu com o Manchester!

Enfim ...

Mário Soares faz campanha no Luxemburgo

É favor alguém lembrar-lhe que ele é candidato à presidência da República Portuguesa, não ao trono do Grão-Ducado do Luxemburgo.

A verdadeira violência doméstica

A mulher do alegado homicida do candidato do PSD à junta de freguesia de Vila Franca das Naves, foi detida pela Polícia Judiciária (PJ) da Guarda, por, segundo a polícia, ter sido "a principal instigadora do acto de violência".

Assim é que é!

terça-feira, 27 de setembro de 2005
Lisboa pode ter três aeroportos

Há uns tipos que também têm a mania que são Napoleão Bonaparte, César, Lord Nelson, Nero, D. Afonso Henriques, Cleópatra ou Alexandre o Grande!

Mas coitados, esses, ou estão internados ou vão à consulta externa e depois tomam as gotas e os comprimidos em casa ...

Vá lá, vá lá ...

O ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) confirmou esta terça-feira que a juíza encarregue do caso do co-piloto português detido na Venezuela é realmente uma magistrada. O MNE foi alertado para a possibilidade de Maria Esther Roa ser apenas uma funcionária do tribunal venezuelano.

Vá lá que nós por cá ainda não temos dúvidas destas.

Mas se tivessemos dúvidas, seria muito mais fácil deslindar a questão: uns fazem greve, os outros não!

"Abrandar francamente"

(Esta circula por e-mail!)


Agente - Boa tarde. Documentos se faz favor.

Advogado - Mas porquê, Sr Agente?

Agente - Não parou no sinal de STOP ali atrás.

Advogado - Eu abrandei, e como não vinha ninguém...

Agente - Exacto. Documentos se faz favor.

Advogado - Mas qual é a diferença entre abrandar e ter de parar?

Agente - A diferença é que a lei diz que num sinal de STOP deve parar completamente a viatura. Documentos se faz favor.

Advogado - Ouça proponho-lhe o seguinte: se me conseguir explicar a diferença legal entre abrandar e parar eu dou-lhe os documento e pode multar-me. Senão deixa-me ir sem multa.

Agente - Muito bem, aceito. Pode fazer o favor de sair da viatura?

O Advogado acede e, então, o Agente retira o seu cacetete e desata a desancá-lo violentamente como mandam as regras, ao mesmo tempo que vai perguntando:

- Quer que eu PARE ou que ABRANDE só?

Low-cost

O Governo considera que existem condições para que Lisboa tenha um aeroporto para as companhias aéreas de baixo custo e deverá anunciar até Novembro qual a sua localização, disse o secretário de Estado do Turismo ao Diário Económico.

De acordo com Bernardo Trindade «existem condições objectivas para haver um aeroporto "low-cost" em Lisboa», que poderá ser construído em Alverca, Montijo, Figo Maduro e Sintra.

Este Figo Maduro não deve ser na Portela, pois não?

Umas explicaçõeszinhas, por favor ...

Há dias o primeiro ministro pinto de sousa, que também usa sócrates, "reflectindo" sobre a recente nomeação do independente vice-presidente da bancada parlamentar do PS (e antigo ministro de um governo PS) para presidente do Tribunal de Contas, veio confundir o TC com o TC, ou seja o Tribunal Constitucional com o Tribunal de Contas.

É verdade que o homem é engenheiro civil pós-graduado em engenharia sanitária; por isso o mundo jurídico deve ser, para ele tão estranho, como são, para um jurista, as redes de esgotos.

Mas como foi alcandorado a primeiro ministro, devia ao menos ter umas breves explicações sobre o funcionamento do nosso sistema judiciário (tirando a parte das férias judiciais, a qual, pelos vistos, conhece a fundo) de modo a perceber que:

1. O Tribunal Constitucional é o tribunal ao qual compete especificamente administrar a justiça em matérias de natureza jurídico-constitucional - artigo 221º da Constituição;

2. O Tribunal Constitucional é composto por treze juizes - artigo 222º da Constituição.

3. Dez dos treze juizes são designados pela Assembleia da República- artigo 222º da Constituição - através de votação em lista completa, proposta no mínimo por 25 deputados, sendo eleitos se obtiverem o voto de dois terços dos deputados presentes, desde que superior à maioria absoluta dos deputados em efectividade de funções - artigo 16º de Lei do Tribunal Constitucional.

4. Os restantes três juizes são cooptados pelos dez eleitos- artigo 222º da Constituição.

5. Seis dos treze juizes têm que ser magistrados de carreira - artigo 222º da Constituição

6. O Presidentente do Tribunal Constitucional é eleito pelos seus pares - artigo 222º, nº 4 da Constituição.

Felizmente. Porque se assim não fosse, não se sabe se o primeiro ministro resistiria a "nomear" para lá mais um deputado (naturamente, absolutamente independente) da bancada parlamentar do PS (e que os há lá cheiinhos de vontade disso, ai isso há!)

Boxe

Do combate desta noite Campos v. Cordeiro resultou claro que a Associção Nacional de Farmácias é, mais do que uma associação de farmácias, um grande banco de investimentos e uma empresa de cobranças difíceis.

Com um especial gosto, da parte do seu presidente, por esta última actividade.

A fraqueza do Estado (indigente e mau pagador) foi capaz de transformar uma associaçãozeca sem expressão num polvo tentacular, que agora o aperta, sufocando-o e não o deixando libertar-se.

Moral da história (para o Estado): "Nunca sirvas a quem serviu e nunca peças a quem pediu."

Já é mania ...

Socrates prometeu a criação de 150.000 empregos (continuamos à espera).

Carrilho veio agora prometer a criação de 8.500 empregos em Lisboa.

Em Coimbra, o candidato do PS à Câmara Municipal, Vitor Batista, (é conveniente identificá-lo exaustivamente porque não é muito conhecido, apesar de deputado do PS) prometeu também a criação de 5.000 empregos.

Apesar das promessas apresentarem alguma proporcionalidade com a dimensão do espaço onde pretendem ser concretizadas, devem ser, contudo, claras manifestações de uma obsessão maníaca, porque não parece que imitações (baratas) de promessas demagógicas possam funcionar alguma vez.

Ainda há pior

Podemos ficar contentes: ainda há lugares onde a justiça consegue ser mais lenta que em Portugal.

É verdade que se trata de um país da América do Sul, mas é só com países desses que nós, nos dias de hoje, nos podemos comparar, para não ficarmos muito mal no resultado.

À grande e à francesa

Neste "paíszeco", em termos de dimensão geográfica actual, plantado à beira mar, faz-se tudo à grande, resquícios do Império que hoje sempre se renega.

Vai daí temos 308 Câmaras Municipais, 4252 Juntas de Freguesia e 43489 autarcas.

Não será "areia demais para o nossa carroça"?

Acusa-Cristos

segunda-feira, 26 de setembro de 2005
Está quase lá!

O actual governo descobriu "mais uma" que pode conduzir a que o Eurostat venha a apurar, relativamente a 2004, um défice superior a 3%, como é seu objectivo último!

Assim o governo tomou a inicitiva de "denunciar" ao Eurostat a descoberta, nas contas daquele ano, de uma contabilização de uns dividendos que eventualmente não o deveria ter sido.

Ora esta "descoberta" faz elevar o défice em 0,03%, passando de 3% para 3,03%! Tschhhhhhh, tschhhhhhhhhh!!

A ser assim, deve ser aplicado a Portugal um procedimento por défice excessivo relativamente a 2004! Bem feito!

Para ver só! Afinal défices e procedimentos por défices excessivos todos têm!

E será "pueril" pensar que nos próximos anos o cinto se vai alargar!
Ai não vai não, que é preciso dinheiro para esturraçar na Ota e no TGV.

Fica-se a saber ...

Neste caso, é evidente que se trata também de uma questão de justiça, e a resolução das questões da justiça cabe unicamente aos tribunais!

As tristezas do Alegre

Os dirigentes socialistas Maria de Belém e Vera Jardim manifestaram hoje o respeito pela decisão de Manuel Alegre concorrer às presidenciais de 2006, mas afastaram-se dessa candidatura, sublinhando que Mário Soares é o candidato apoiado pelo PS

O ex-director de campanha de Manuel Alegre no último congresso do PS, Osvaldo Castro, afirmou esta segunda-feira que o caminho da unidade do seu partido se faz com o apoio à candidatura presidencial de Mário Soares

Como se vê, quem manda no aparelho do PS (quem é? quem é? - o que acertar tem um doce!) não perdeu tempo!

Alegre deve estar a sentir-se triste de estar tão só!

Ou deve antes sentir-se triste por ter acreditado nestes apoiantes?

Qualquer que seja o caso, verdade, verdadinha é que depois do "habituem-se" está regressado e em grande forma o "princípio" de que "quem se mete com o PS leva".

Cirurgia ... judiciária

A. Costa, o da Justiça, deve entender que os tribunais são mais ou menos uns hospitais, já que designa os que lá trabalham por "operadores" (judiciários)!

Já viram um "operador" órgão de soberania?

Nulla poena ...

Segundo Jorge Coelho, "está fora de causa" a aplicação pelo PS de uma sanção disciplinar a Manuel Alegre.

Então qual será a (próxima) pulhice que lhe vão fazer?

Que estranho ...

Ao que consta nos "mentideros" do costume, o comandante geral da GNR está a ser alvo de um inquérito pela pratica de alegadas irregularidades (aliás não apenas ele mas todos os elementos do comando geral da GNR!), levadao a cabo pelo Ministério Público.

De estranhar, não é o inquérito. No nosso país não há que estranhar inquéritos.

Estranho estranho é o inquéito e a notícia dele vir a público precisamente no momento em que o dito militar é um dos nomes falados para Chefe do Estado Maior General da Forças Armadas.

Ou não será assim tanto de estranhar - afinal não é coisa que não seja costumeira.
A "vã glória de mandar" e a "vã cobiça" quinhentista estão agora reduzidas apenas àquilo que nelas havia de pior: uma "invejazinha sacana".

Puxa, sousa, puxa!

sábado, 24 de setembro de 2005
Pinto de sousa, que também usa sócrates, não se cansa de repetir que Lisboa e Porto são indispensáveis para puxar pelo país!

O que é que anda a fazer o governo?

E os privilégios dos funcionários públicos, esses malandros que sendo pagos pelo Estado até aos sessenta anos, idade em que se aposentavam e passavam a ser pagos pelo Estado, vão passar a trabalhar até aos sessenta e cinco anos (tal como todos os outros trabalhadores do sector privado) pagos pelo Estado, idade em que vão aposentar-se e passar a ser pagos pelo Estado!

Isto é que vai ser poupança! Mas agora deixa de haver previligiados!

Atão e a Ota? E o TGV? E o esgotamento da Portela, coitada? É uma pena vê-la assim completamente esgotada!

Ora,ora! Não há futuro sem Ota e TGV.

Palavras de sócretes!

Temos empregos!

O primeiro ministro anunciou que vai qualificar um milhão de portugueses para aumentar o emprego.

Ter-se-á esquecido, porém, que para empregar um milhão de portugueses é necessário criar um milhão de empregos.

E os empregos, a não ser que sejam criados pelo Estado (que ao que parece continua "de tanga" segundo o que o primeiro ministro acaba de repetir na televisão), têm que ser criados por empresas.

E para que haja empresas é necessário que a economia esteja saudável e com vitalidade.

E para que a economia seja saudável e com vitalidade é (também) necessário que o governo crie as necessárias condições e fomente a paz social.

Será que é isso que está a acontecer no nosso país com o governo de pinto de sousa, que também usa sócrates?

Alegria

Ao que parece, o poeta Alegre decidiu candidatar-se à presidência da república.

Se:
* entretanto não desistir;
* conseguir recolher as necessárias assinaturas;
* entretanto não desistir;
* tiver sondagens favoráveis;
* entretanto não desistir;
* tiver a sua candidatura aceite pelo Tribunal Constitucional;
* entretanto não desistir;
* fizer uma boa campanha;
* entretanto não desistir;
* tiver espírito ganhador até ao domingo das eleições, inclusive;
* entretanto o PS o não o obrigar a desistir a favor de Soares;

poderá até conseguir uma muito boa votação.

Se por mera hipótese (e só por mera hipótese) tiver melhor resultado que Mário Soares, será que este se convencerá definitivamente que a sua carreira política chegou ao fim há uns anos atrás ou procurará tirar desforço verbal (como fez a quando da eleição para presidente do PE que perdeu para Nicole Fontaine)?

E como ficará o primeiro ministro pinto de sousa, que também usa sócretes, que disse que apoiava Soares antes deste ter apresentado a sua candidatura, para que este a pudesse apresentar com o amparo da muleta do PS? O mais certo é ficar na mesma: arrogante, despótico, autista e igualitarista: o Presidente da República terá apenas direito à ADSE e terá que exercer funções até aos 65 anos!

Diploma legal publicado no Diário da República no dia da sua aprovação!

sexta-feira, 23 de setembro de 2005
Ainda não chegámos lá, mas está quase!

Hoje vêm publicados no hebdomadário oficial os decretos-lei que altera as condições de acesso à reserva e à reforma dos militares da Forças Armadas e que unifica os subsistemas de assistência na doença dos militares.

Até aqui nada de especial, não se desse o caso dos diplomas terem sido promulgados pelo Presidente da República (logo) no dia 20, referendados pelo primeiro ministro pinto de sousa no mesmo dia (20) e publicados no Diário da República no dia de hoje, ou seja 23 - ainda que ambos os diplomas apenas entrem em vigor no dia 1 de Janeiro de 2006.

Disto, apenas se pode dizer que revela "muita eficiência" da parte da INCM (ou uma "reiterada obediência" "bem-mandada"!) e uma ("despóticazeca") "azarina" aos militares (e às respectivas consortes!) por parte do governo!

Já agora será interessante referir que o Decreto 21/2005 publicado no mesmo Diário da República foi referendado pelo primeiro ministro em 13 de Setembro; O Decreto-Lei imeditamente anterior ao 166/2005 (o 165/2005, por enquanto, até o governo uniformizar todos os números) publicado ontem (22), tinha sido promulgado a 8 e referendado a 9 de Setembro.

Vamos lá ver, na segunda-feira, em que data terá sido promulgado e referendado o decreto-lei numericamente seguinte - o 168/2005. Aposta-se que foi antes do dia 20!

Por causa do "ruído de fundo"

O ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva, assegurou que o Orçamento do Estado para 2006 será entregue sexta-feira, dia 14, à tarde, na Assembleia da República.

Calcula-se que a escolha desta data se deveu ao facto do governo não querer criar mais "ruído de fundo" com a apresentação do Orçamento do Estado antes da realização das eleições autárquicas, desviando a atenção dessas eleições para um documento de interesse muito lateral para os cidadãos e que pouco ou nada tem a ver com elese com o seu quotidiano a não ser, eventualmente, no que toca ao agravamento da já muito agravada carga fiscal.

Por falar nisso, aceitam-se apostas em como o "IA ecológico" (que será regulado no Orçamento) vai, afinal, aumentar o valor do IA sobre os veículos, e por via disso, em cascata, o IVA, mas também o próprio preço dos automóveis "ecológicos" (os "outros" podem ficam mais baratos mas como pagam mais IA, "vai-te lucro que me dás perda").
Ou seja, no final disto tudo, quem vai ter que pagar mais é quem queiser andar de pópó!

Nem há motivos para tristezas!

Alegre a cinco pontos de Mário Soares em sondagem para as eleições presidenciais.

Há mouro na costa...

Depois de Fernando Rosas ter estado na apresentação da "octógenária candidatura" é agora a vez da bloquista Joana Amaral Dias se tornar a mandatária para a juventude daquela vetusta candidatura.

Em primeiro lugar há que referir que a lufada de ar fresco que é a entrada de Joana Amaral Dias em cena, deve ter em vista soprar algum "pó dos tempos" de cima daquele conjunto de "monos".

Mas começa a ser estranha tanta gente da cúpula do BE (sim, que eles não são assim tantos) na candidatura de Mário Soares. Das duas, três:

* Ou estas presenças servem para o BE (também) poder vir a usufruir de algum retorno político com aquela candidatura, marcando desde já posição no seu interior, podendo ainda fazer veicular, através do "oráculo", as suas posições.

* Ou isto é já o prenúncio de que o camarada Louçã nem chega à primeira volta, e desiste à boca das urnas, cumprindo, à maneira dos políticos, aquilo que prometeu.

* Ou então poderá querer dizer que o BE começa a dar sinais de desagregação.
Ou melhor: como aquilo é uma manta de retalhos de várias esquerdas unidas apenas pelo "bem-pensantismo", isto pode querer dizer que os retalhos se estão a descoser, sinal do "principio do fim"!

Multiplicação de candidatos a contas com a justiça

quinta-feira, 22 de setembro de 2005
Hoje somos quatro, amanhã seremos 308.

"Descubra a diferença"

entre
"convicação plena", "plenamente convicto", "profundamente convicto"
e
"plenamente certo", "absolutamente certo", "certíssimo".

É que Francisco Assis (tem nome mas não é [nenhum] santo) disse:
«Tenho a convicção plena de que não existiu da parte da direcção nacional do Partido Socialista qualquer intervenção neste processo» do "regresso" e "candidatura" de Fátima Felgueiras.

O que é que ele (não) quiz dizer?

A pé!

Carrilho promete «verdadeiro» Dia sem Carros em 2006.

Nem vai ser preciso.

Pelo andar da nosso economia e tendo em conta a evolução do preço do crude (do brent, no nosso caso) e reflexamente da gasolina, e a alteração do imposto automóvel que o governo aprestou para hoje, (imposto que o governo diz que não aumenta, mas como "a tradição ainda é o que é", vai mesmo aumentar), o mais certo é em 2006 andarmos já todos a pé!

Chama-se a este estado de coisas "o efeito do regreso da boa moeda"!

Equinócio

Chega hoje o Outono.

Já se tinha notado ...

Prisões

Os PS, ao que tudo indica, "tem o rabo preso" no folhetim do regresso de Fátima Felgueiras.

Daí o silêncio comprometido com que, na cúpula do PS, foi recebida a notícia do regresso e da sua candidatura CM de Felgueiras. Declarações, nada!

Aliás foi a própria que fez menção de bem referir que tinha contactado o secretário-geral do PS (para quem não saiba trata-se do actual primeiro ministro) dando-lhe conta do seu regresso e da sua intenção de se candidatar à câmara, para o que se desfiliava do PS.

Por falar em "rabos presos" aceitam-se apostas sobre o desfecho do julgamento da regressada!

Reunião

Os "bloggers" vão reunir-se na Covilhã, a 14 e 15 de Outubro, no II Encontro de Weblogs.

Será que se trata de uma reunião de uma nova "força de bloggeio"?

Raquitismo

A economia portuguesa deverá crescer 0,5 por cento em 2005 e 1,2 por cento em 2006, segundo as perspectivas económicas mundiais do Fundo Monetário Internacional (FMI).

A confirmar-se esta estimativa, Portugal deverá crescer menos do que a média da Zona Euro, sendo mesmo a economia que menos crescerá em 2005 e em 2006, ano em que reparte a distinção indesejada com a Alemanha.

Não é ananismo. É raquitismo, estúpido!

Pares de botas

Ao que parece eram mais de 2000 pares, entre "botas da tropa", "botins" e "botas de cano alto".

Será que tanta bota dará "bota"?

Será isto o prenúncio de um "bota-abaixo"?

Está visto que, neste país, "não dá a bota com a perdigota"

Adivinha

quarta-feira, 21 de setembro de 2005
O que vai acontecer a este recurso?

Eh pá!

Vasco Lourenço acaba de criar uma nova categoria de direitos fundamentais - os direitos, liberdades e garantias dos militares.

Debates trogloditas

Na SIC Notícias continua a anormalidade dos debates autárquicos. Hoje toca a vez de Felgueiras.

Sem a presença da provável vencedora das eleições - a Fátima homónima - mas com dois bons outros "exemplares".

Verdadeiramente não se trata bem de um debate - é antes um concurso de argumentos gagos e de arremesso de interrupções.

O País entrou definitivamente pela cloaca

Fátima Felgueiras é candidata à Presidência de uma Câmara Municipal!

O País está uma bandalheira

A regressada fugitiva que não fugiu Fátima Felgueiras foi posta em liberdade por uma juiza do nosso poder judicial - o tal poder que dizendo-se soberano pretende fazer greve.

A regressada fugitiva que não fugiu Fátima Felgueiras urdiu uma teia que lhe permitiu chegar a Portugal como um mandato de detenção à espera para cumprimento de uma prisão preventiva e sendo candidata autárquica evitar a imediata detenção.

À regressada fugitiva que não fugiu Fátima Felgueiras foi-lhe fixado termo de identidade e residência estando proibida ausentar-se do país, tendo-lhe sido retido o passaporte.
A magistrada ponderou ainda decretar a medida de proibição de FF se ausentar para fora da Via Láctea, mas entendeu tal não ser necessário face à boa conduta da arguida.

Também não ficou proibida de fugir novamente do pais!

Viv'á Ticha!

(não é "gralha", nada de risinhos, qu'isto é um blog sério, ãhn?!; mas confesso que já vi diminuitivos bem mais engraçados).

A equipa da Ticha Penicheiro - as Sacramento Monarchs, da Califórnia - conquistou ontem o título de campeã da Liga Profissional de Basquetebol Feminino dos Estados Unidos ao vencer a quarta partida da final, frente às Connecticut Sun.

A portuguesinha (portuguesinha é favor, mas vá lá ...) converteu um lançamento livre a 9,9 segundos do termo da quarta partida da final (mesmo à portuguesa, mas cá há quem faça ainda melhor ...), contribuindo decisivamente para o título conquistado, e efectuou ainda seis assistências! Brilhante!

Nestes tempos deprimentes e de privação, se não tivermos mais nada de que nos orgulhar ou que nos dê alguma alegria, sempre podemos ganhar algum ânimo com a Ticha!

Força, Ticha!

A libertação de Fátima

Quem apostou, quem foi?

Ao que parece (ou antes, como seria de prever) Fátima foi libertada!

Mais: Fátima tinha que ser libertada! (senão porque razão tinha ela regressado?)

Agora já só lhe resta ser eleita de novo para a Câmara, para uma completa absolvição!

Aceitam-se novas apostas!

Comentário off record: Os poderes públicos, políticos e não políticos, não "ponham mão" nisto, não, (neste, noutros e em todos os casos semelhantes) e depois queixem-se do "final feliz" que se apronta!
É que já há quem ande a dizer que depois de ganhar as eleições autárquicas sempre quer ver quem é que vem dizer-lhe mais alguma coisa!

Apertos

A partir de hoje, Bruxelas concede a Portugal seis meses para "tomar medidas concretas" no sentido de assegurar a redução do défice.

Nada de bom se augura: por este andar, a Consoada de Natal só vai ter "rabos de bacalhau"!

Remake

"Beber vinho é dar de comer a um milhão de portugueses"
(SNI-Secretariado Nacional de Informação)

"Desenvolver Portugal é qualificar um milhão de portugueses"
(primeiro ministro sócrates)

Pseudo "monas"!

O balneário termal de Monção foi encerrado na sequência de uma análise à água que revelou a presença da bactéria pseudomona, "perigosa para a saúde humana", disse hoje a delegada de Saúde local.

Segundo o presidente da Câmara de Monção, José Emílio Moreira, na origem do problema "deve estar a ferrugem das tubagens", pelo que estas vão ser "integralmente substituídas".

Alguns dos nossos políticos já estão alerta por causa das consequências da "ferrugem nas tubagens"!

Pondera-se ainda a interrupção da realização de debates autarquicos, por causa das pseudo "monas" que lá aparecem e que são "perigosas para a saúde humana", segundo aquela delegada!

Botas

Os nossos militares, garbosos rapazes, associativistas convictos (devido à "guita" que lhes foi dada no tempo do governo Guterres), impedidos de exercer na praça pública o seu "direito à indignação" (chama acesa e espevitada, em idos tempos, pelo octógenário "tri-candidato") como se fossem trabalhadores de fábrica textil (com salários em atraso ...), mandaram as botas manifestar-se por eles.

Sim, que pelo que a televisão nos mostra, o melhor que se pode dizer é que se trata mesmo de "botas da tropa"!

A aparição de Fátima

Fátima apareceu!

Fátima está (ou devia estar) em prisão preventiva.

Fátima diz que já não há perigo de fuga porque (até ...) se apresentou voluntariamente às autoridades.

Fátima tinha fugido!

Fátima quer ficar em liberdade! Ou então prestar caução! Ou mesmo usar pulseira electrónica! Ou até ficar em prisão domiciliária!

Fátima não parece que queira continuar em prisão preventiva!

O que se oferecerá dizer à meretíssima juiza a este propósito? Liberta ou não liberta?

Aceitam-se apostas ...

Coitados!

O ministro da Administração Interna garantiu esta madrugada, nos Açores, que os mecanismos de apoio à Protecção Civil dos Açores "estão preparados", caso seja necessária uma intervenção devido à actividade sísmica que se regista na ilha de São Miguel.

Espera-se, contudo, que os açoreanos se lembrem e tenham consciência de que foi o mesmo ministro que disse durante o passado mês de Agosto que os fogos estavam controlados e que a resposta era a suficiente e depois foi o que se viu.

O que lhes ainda assim lhes poderá valer é que neste momento o primeiro ministro pinto de sousa, que também usa sócrates, já não "anda aos leões" no Masai Mara.

Debates "à moda do Porto"

Mais uma "trogloditice" nesta nossas cada vez mais alvares eleições autárquicas.

A pedido!

A ex-presidente da Câmara de Felgueiras Fátima Felgueiras foi detida hoje pelas autoridades policiais portuguesas no aeroporto de Lisboa, onde chegou às 7:00 vinda do Rio de Janeiro, no Brasil, disse à Lusa fonte policial.

A fonte da Polícia Judiciária adiantou que a autarca pediu para ser detida, o que foi cumprido pela PJ, que estava na posse de um mandado de detenção emitido pelo Tribunal da Relação de Guimarães.

Depois vai pedir para ser libertada - baseada na falácia de que se pediu para ser detida logo já não há perigo de fuga!

Espera-se ainda que FF peça para ser julgada, para ser ouvida no julgamento como ré e finalmente que peça para ser condenada!

Será que agora a justiça, que já é lenta, passou a ser também aplicada "a pedido"?

Viste?

terça-feira, 20 de setembro de 2005
Espanha: Primeiro casamento de políticos homossexuais

Dois conselheiros do Partido Socialista basco celebraram hoje a primeira boda de políticos homossexuais em Espanha, um dia depois do Partido Popular ter questionado a constitucionalidade da lei de casamento de pessoas do mesmo sexo.

Vi ...

Finalmente, "o defeso"!

Os que sobram - se ainda hoje sobrar algum - já podem estar descansados!

Morreu Simon Wiesenthal, o caçador de nazis

Para começar o dia ...

... e à falta de melhor tema (se não se considerar a manifestação das "legítimas" [presume-se] dos militares e da proibição,ordenanda pelo governo, de nela serem acompanhadas [decerto que de braço dado] pelos respectivos "legítimos" [presume-se] ou o o anúncio que os dois maiores partidos alemães, para chegarem ao governo, se puseram "ao ataque" a ver se "engatam" qualquer dos partidos ditos minoritários [há "minorias" que são "maiorias"]) resta falar na constância da equipa do Sporting.

Ontem, mais uma vez, manteve a regra e foi derrotada pelo Nacional da Madeira.

Cavalheirismo

segunda-feira, 19 de setembro de 2005
Loeb recusa vitória no rali da Grã-Bretanha devido a morte de Michael Park

O francês Sébastien Loeb (Citroën) evitou hoje a vitória no rali da Grã-Bretanha e consequente título mundial, por respeito à morte de Michael Park, co-piloto de Markko Martin e membro da equipa do seu rival Marcus Gronholm.


Loeb liderava a prova quando se registou o acidente do estónio Markko Martin (Peugeot 307), enquanto Gronholm seguia no terceiro posto.

A decisão da Peugeot de retirar Gronholm da competição, em sinal de luto, facilitaria, assim, a consagração de Loeb.

Mas o francês voluntariamente quis ser penalizado com 2 minutos, ao sair adiantado do parque de assistência de Felindre, perto de Swansea, e terminar a prova no terceiro posto e, assim, evitar o título mundial.
O vencedor foi o norueguês Petter Solberg (Subaru Impreza), seguido do belga François Duval (Citroën Xsara).

"Não consigo pensar em ser campeão do mundo nestas circunstâncias. É um desporto e eu defendo as regras. A partir do momento em que Marcus [Gronholm] abandonou, eu prefiro não ganhar", referiu o piloto da Citroën.

O francês lembrou que o seu rival não questionou o abandono e por isso ele também não o poderia fazer.

Quando cada vez mais grassa na nossa sociedade uma endémica falta de valores, um aviltado egoismo e um materialismo endeusado, para os quais a vitória é o único objectivo, mesmo passando por cima de tudo e de todos, desrespeitando o infortúnio alheio, felizmente ainda há gestos de cavalheirismo e de grandeza!

Ao menos, para que não nos esqueçamos de que, na vida, não vale tudo ...

Deutschland uber alle

Os resultados das eleições na Alemanha são deveras curiosos.
Como é que irão sair daquele imbróglio?
Quem irá formar governo? Com que composição?

É evidente que os alemães não têm a sorte de serem portugueses.
Porque se o fossem e tivessem o Presidente da República que nós temos podiam estar descansados que o governo seria capitaneado pelo sr. Schroeder! Quer quisessem quer não!

Autarquices

A Convenção Autáquica do PS que decorreu neste passado fim de semana, em Coimbra, permitiu ficarmos a saber várias coisas:

1. Que uma convenção autárquica é um exercício de política absolutamente bacôca!

Basta ver o teor do discurso do primeiro ministro:

a) anunciou, como se fosse o alfa e o omega da política, que nenhum ministro ia estar presente em inaugurações durante o período de campanha eleitoral!
Ora o que seria verdadeiramente interessante e relevante era ter dito que nos próximos meses não ia haver mais nomeações de amigos (designadmente daqueles que vão perder as eleições autárquicas) para cargos do aparelho do Estado.

b) Mas simultaneamente veio também com o demagógico e eleitoralista "bacalhau a pataco": prometeu que o Governo irá atribuir aos idosos com rendimento inferior a 300 euros mensais uma prestação extraordinária, com início a 01 de Janeiro de 2006.

Ficámos a saber que o senhor primeiro ministro, até ver, não inaugura mais fontanários ... mas distribui "bacalhau a pataco"... !
Ó homem, modernize-se que agora ele é mais electrodomésticos e viagens ...!

2. Que "quem não se sente não é filho de boa gente".
Ora o que na realidade acontece é que "pela aragem se vê quem vai na carruagem".

3. Que num discurso aos "convencidos", um orador perorou, em voz cava e soturna, que há um eventual candidato presidencial que disse que gostava de se manter afastado dos partidos, e que um antigo Presidente do Conselho de Ministros deste país, chamado António de Oliveira Salazar não teria dito melhor ... (Uuuuuuuuiiiii, que medo!.......).
Afinal, no século XXI ainda é possível fazerem-se discursos absolutamente básicos e pindéricos.

Pior que tudo é que no século XXI ainda há políticos e autarcas como estes ... !

Já ?? ! ! !!

sexta-feira, 16 de setembro de 2005
A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, e o primeiro-ministro, José Sócrates, foram vaiados hoje, na Figueira da Foz, por professores que se manifestavam contra a política educativa do Governo.

Várias dezenas de professores e educadores, a que se juntaram alguns estudantes e população, apuparam Maria de Lurdes Rodrigues e José Sócrates, enquanto estes visitavam a Escola Secundária Bernardino Machado.

No final da visita, integrada na semana de abertura do ano escolar, José Sócrates lamentou aos jornalistas a atitude dos professores, frisando que eles têm direito a protestar, "mas sem insultar ninguém".

"Não é um bom exemplo para os alunos um sindicato de professores manifestar-se com insultos, ainda por cima no início do ano escolar", disse o primeiro-ministro.

Contudo, muito pior do que este exemplo é a forma como o primeiro ministro fala e aquilo que diz aos portugueses durante o ano inteiro!

De vento em popa

Aborto: Jaime Gama aceitou nova proposta de referendo do PS

O contrário é que seria de estranhar!

"Lista de faltas"

1. Mário Soares diz que Cavaco Silva não tem perfil para Presidente da República.

2. Há quem diga que Mário Soares não tem idade para Presidente da República.

3. Diz-se que o que nos faz mesmo falta é termos políticos "em condições".

4. Corre por aí que não há-de faltar muito para que tudo isto "dê o estoiro".

O ciclo da história

"Beber vinho é dar de comer a um milhão de portugueses"
(SNI-Secretariado Nacional de Informação)

"Meter gasolina GALP é dar de comer à "malta" do PS"
(Governo actual)

"Galegos"

Os lisboetas que se acautelem. Pelo timbre do debate, ontem na SIC, entre Carmona Rodrigues e M. Maria Carrilho, caso este último ganhe as autárquicas correm muito bem o perigo de deixar de serem conhecidos por "alfacinhas" para passarem a ser apodados de "galegos"!

O homem dos sete instrumentos

quinta-feira, 15 de setembro de 2005
António Vitorino foi contratado pela GALP para assessorar a empresa na sua reestruturação e na saída da italiana ENI do seu capital.

A GALP é uma empresa do Estado, o estado é dirigido pelo governo e o governo ("absolutamente" maioritário) é do PS.

António Vitorino foi, em tempos:

1. Deputado à AR pelo PS
2. Juiz do Tribunal Constitucional indicado pelo PS
3. Deputado ao Parlamento Europeu pelo PS
4. Ministro de um governo PS
5. Comisário europeu posto lá pelo PS

e é agora:

6. Deputado do PS
7. Dirigente do PS
8. "Eminência parda" do PS
9. "Reserva" do PS (mas que se tem recusado sempre a ir a jogo)
10. Comentador independente (do PS) na RTP
11. Docente universitário
12. Advogado

Seguramente que a escolha de António Vitorino deve ter sido baseada unicamente no facto de ser advogado e da sua inequívoca inteligência.

É que se não foi, isso revela que o primeiro ministro deste governo PS acha que "l'etat c'est moi", e tudo lhe (pode) tem que ser permitido (já que se trata de um governo com maioria absoluta logo absolutista).

Parece que a doutrina do spoil sistem insistentemente sustentada por Vital Moreira (mais a mais quando o "beneficiário" é um governo PS) está a ser levada estritamente à letra: há que "saquear" o Estado!

Que sorte!

quarta-feira, 14 de setembro de 2005
Guilherme d’Oliveira Martins, (o do PS), numa nova fase da sua vida após ser nomeado para a presidência do Tribunal de Contas (pudera, que o lugarzito até nem é mau ...), garantiu hoje que irá afastar-se da actividade política para total garantia de independência e prometeu colaborar com o Parlamento.

Pronto: afinal sempre está garantida a "colaboração" e a "independência"! Está dito, está dito! Mais nada!

Politesse et delicatesse

Como era de prever, continuam as "indelicadeza delicadas" e as "grosserias polidas", imagem de marca do candidato Soares.
Depois há-de vir a léria que isto é "combate político", e "prontos", fica tudo justificado, com uns sorrisos mais ou menos alvares dos circunstantes do MASP III.

Como vinho mau, o homem não melhorou com a idade!
E o vinho mau nem para vinagre serve.

Caridade

A Congregação Religiosa Filhas da Caridade de S. Vicente de Paula recebeu o Prémio Principe da Astúrias da Concórdia, que se destina a reconhecer "pessoas ou instituições cujo trabalho tenha contribuído de forma exemplar e relevante para o entendimento e a convivência em paz entre os homens, para a luta contra a injustiça, a pobreza, a doença, a ignorância e a defesa da liberdade".

Esperemos que, com este prémio, aquela congregação religiosa reforce o seu trabalho no nosso país, pois se há epidemia que aqui grassa sem que os atingidos se dêem conta é a da ignorância.

Citações

"Sou independente!"

Oliveira Martins (o do PS)

A grandeza do universo

terça-feira, 13 de setembro de 2005
Telescópios em vários pontos da Terra e no espaço observaram, a 5 de Setembro, a explosão de raios gama mais longínqua que alguma vez foi detectada.

Esta explosão - um fenómeno em que se libertam quantidades tremendas de energia num período que dura entre fracções de segundo a alguns minutos - ocorreu a 12.700 milhões de anos-luz da Terra, o tempo que a luz levou a chegar ao nosso planeta. Isto quer dizer que o Universo era muito jovem quando ocorreu.

Ter sido apanhada, apesar de tão distante, significa que foi uma explosão mesmo forte. "Está entre as explosões de raios gama mais brilhantes alguma vez observadas", frisou Guido Chincarini, da Universidade de Milão, cuja equipa usou o VLT. "A sua luminosidade foi tal que, em poucos minutos, terá libertado 300 vezes mais energia do que o Sol libertará em toda a sua vida de dez mil milhões de anos."

Mas o mistério mantém-se. "Como é que uma única estrela gera tanta energia, capaz de atravessar o Universo, permanece uma questão sem resposta", dizia Nial Tanvir, também de Hertfordshire.

Será que Deus não existe?

"independentes"

Esperamos que no dia da designação pela Assembleia da República do novo Provedor de Justiça, os deputados da oposição cumpram as funções para que foram eleitos, de modo a impedir que o PS designe mais um "idependente do PS" para este cargo!

Quanto a independências, já basta o "independente" do Tribunal de Contas.

Por falar nestas coisas, ainda se está para ver quem será o "independente" Procurador da República que irá ocupar o cargo de Procurador-Geral.

"O regresso do Devorismo"

Retemperados pelo “esquecimento” estival, que “limpa” as “más memórias” e nos dá, por isso, a impressão de que o mundo afinal não é tão mau como realmente é, “recomeçamos a esperança”!

Vão ilusão! Puro engano!
Por cá continua a “voragem” do “devorismo”.
Afinal, no nosso país, não há apenas a voragem dos incêndios.
Há também o “devorismo II” – a voragem do dos cargos públicos pelo governo do PS.

E tudo sem mais detença ou pudor. Últimas voragens:

- uma assessora de imprensa do primeiro ministro vai para a REPER, em Bruxelas (a ganhar 10.000 euros mensais, pagos do erário público!) nem que para isso ele tenha assinado uma despacho que a permite admitir, de forma absolutamente espúria, na função pública.

- o ex-ministro Oliveira Martins (ainda que uma das poucas “cabeças pensantes” do PS com algum valor) é agora proposto para presidente do Tribunal de Contas.

Falta dar o passo seguinte: pôr à disposição do governo a nomeação dos restantes lugares existentes na estrutura do estado ainda não ocupados por pessoas do PS, nem que para tal se torne necessário proceder a despudoradas alterações legislativas.

Tudo isto, como convém a um “devorismo” que se preze, devidamente “aventalado”.

Parafraseando Oliveira Martins (não este, o outro, “o original”!) cada vez mais somos dominados, subjugados, asfixiados pela família dos políticos, que entre si jogam a sorte do país, como os soldados jogavam a túnica de Cristo. E essa família dos políticos é o apanágio indispensável do sistema constitucional em todos os países como o nosso, atrasados, pobres e fracos. A política é um modo de vida de alguns; não é uma parcela da vida de todos … (1)

O “devorismo II”, como qualquer outro, não tem réstia de pudor.


(1) Páginas Desconhecidas, p. 112

Estamos seguríssimos!

segunda-feira, 12 de setembro de 2005
Podemos estar absolutamente descansados no que toca ao perfil e categoria das pessoas que garantem a segurança da nossa comunidade, ou seja, a polícia!

Se dúvidas houvesse, bastava ter ouvido aqule dirigente de um dos sindicatos das polícias (cuja criação, "se bem me lembro", foi autorizada no tempo da anterior passagem do PS pelo governo!) a dizer que "já mandaram um primeiro ministro para Bruxelas e não se ensaiam nada para mandar o actual para o Quénia" para ficarmos todos absolutamente tranquilos!

É assim mesmo! Valentões!

Mas antes de enviarem o actual primeiro ministro para o Quénia, deviam ainda detê-lo por umas horas nos calabouços da esquadra, para ele saber como é ...

"Quem se mete com a polícia leva ..." (tenho a impressão que já ouvi uma frase semelhante, mas trocando "polícia" por "PS". Que coisa estranha ...)

Possivelmente ...

... não se vai aprender nada com a candidatura de Mário Soares.
Possivelmente apenas se irá relembrar a falta de classe de um senhor que se presume mais do que é!

A este respeito duas velhas fábulas de la Fontaine (em francês, "come monami Miterand"):

La Grenouille qui veut se faire aussi grosse que le Boeuf

Une Grenouille vit un Boeuf
Qui lui sembla de belle taille.
Elle, qui n'était pas grosse en tout comme un oeuf,
Envieuse, s'étend, et s'enfle, et se travaille,
Pour égaler l'animal en grosseur,
Disant: "Regardez bien, ma soeur;
Est-ce assez? dites-moi; n'y suis-je point encore?
– Nenni. – M'y voici donc? – Point du tout. – M'y voilà?
– Vous n'en approchez point. "La chétive pécore
S'enfla si bien qu'elle creva.
Le monde est plein de gens qui ne sont pas plus sages:
Tout bourgeois veut bâtir comme les grands seigneurs,
Tout petit prince a des ambassadeurs,
Tout marquis veut avoir des pages.

L'Ane vêtu de la peau du lion

De la peau du Lion l'Ane s'étant vêtu
Etait craint partout à la ronde,
Et bien qu'animal sans vertu,
Il faisait trembler tout le monde.
Un petit bout d'oreille échappé par malheur
Découvrit la fourbe et l'erreur.
Martin fit alors son office.
Ceux qui ne savaient pas la ruse et la malice
S'étonnaient de voir que Martin
Chassât les Lions au moulin.

Force gens font du bruit en France,
Par qui cet Apologue est rendu familier.
Un équipage cavalier
Fait les trois quarts de leur vaillance.

Não há direito!

Não há direito que Peseiro, aquela simpática pessoa a quem os adeptos do Sporting inistem em denegrir chamando-lhe "treinador", continue com aquela teimosia de manter Nelson na baliza.
Isso não tem jeito nenhum.
Primeiro o Sporting começou a jogar em condições. Vide o jogo com o Benfica.
Depois, perderam-se aquelas brilhantes exibições de Ricardo, ques nos deixavam sempre na expectativa quando a bola se acercava da baliza!
Entretanto, cabe a Scolari-bom samaritano curar Ricardo da "gripe dos frangos"!

Dr. Jekyll and Mr. Hyde

sábado, 10 de setembro de 2005
Parece que neste momento já começa a ser evidente que os "autarcas-do-ano" e os "autarcas-modelo" gerados e glorificados pelos partidos afinal são um monstro que começa a mostar-se absolutamente indomável e aterrador, ameaçando degluti-los "em dois tempos"!

Aliás, neste país o poder está cada vez mais parecido com um "bolo de camadas": em baixo, a camada do "poder local" e em cima, a camada do "poder central". Ou, como reza um dos slogans do nosso consumismo mais parôlo, "dois em um"!

Pela "aragem", não há-de tardar muito que a camada do "poder local" declare a independência e deixe de "suportar" a camada do "poder central"!
Ou, mais do que isso, passe a condicionar ou mesmo a ordenar o "poder central".

Os sinais começam a evidenciar-se ...

Mi(ni)stérios ...

O ministro Santos Silva terá dito em sede de comissão parlamentar que o governo não alterou a lei da atribuição das licenças de televisão porque entendeu que não deveria mudar e aplicar novas regras sobre a matéria no decurso de período da licença em vigor, pois os operadores tinham programado a sua estartégia tendo em conta as normas vigentes.

O primeiro ministro "mailo" ministro das finaças e da administração pública, alteraram as regras de aposentação dos funcionários públicos (essas verdadeiras punching balls onde todos nós descarregamos a nossa ira contra o estado do Estado) a meio das suas carreiras, sem qualquer desconforto!

Enfim! Ele há interesses ...

Implosão

Ao que parece, o detonador accionado pelo primeiro ministro pinto de sousa, que também usa sócrates, na implosão em Troia, na passada quinta-feira, não era a fingir, como foi anunciado.

O detonador era a sério ... e estava ligado a Portugal!

Apoios

segunda-feira, 5 de setembro de 2005
(mais uma ...)

O MASP III (Movimento de Apoio da Senilidade à Presidência, perdão, Movimento de Apoio de Soares à Presidência III) já tem apoio de personalidades de craveira internacional, designadamente da área das ciências.
Assim, o primeiro a manifestar o seu apoio foi Alois ALZHEIMER, a que se seguiu Jaime PARKINSON.

"Aurea mediocritas" ...

Do artigo de Rodrigo de Sá Nogueira Saraiva no Expresso do passado sábado (transcrição, com a devida vénia, sem link (é só para assinantes - quem compra a edição "papel", se quiser ser moderno, que escreva ...):

A lógica desse capitalismo (o capitalismo selvagem) - o lucro a todo o custo - é fornecer o que se pede.
Tendo o proletariado ascendido ao poder de compra mas não necessárimente à cultura, segue-se que as maiorias pedem o culturalmente medíocre.
Um exemplo: a música erudita está em recessão - muitos falam de crise, mas pagam-se fortunas a grupos de "metal" que transmitem mensagens inanes, geralmente ligadas à morte, ao ódio, e a tolices como o satanismo.
Isto é inequivocamente um retrocesso cultural fruto do capitalismo, da demissão das elites e da derrocada dos valores.

Pode não ser politicamente correcto mas é a mais pura das verdades - é esta a situação em que se encontra hoje, o nosso país!

Silly season (já devia ter terminado ... mas pelos vistos ainda não acabou!)

O primeiro ministro pinto de sousa, que também usa sócrates, depois de regressar "de ter ido aos leões" e de umas tantas visitas aos incêndios, discursou num "magnífico" comício de "rentré" realizado no passado fim de semana, no Porto.

Falou e disse

1. Que a candidatura de Cavaco era factor de instabilidade, porque a "direita" pretendia acercar-se da presidência da república para daí fazer a sede e local da oposição.

2. Que a candidatura de Soares era uma candidatura aglutinadora de todos os portugueses e a de Cavaco provocava a divisão.

É evidente que a experiência é mãe de toda a ciência: o dito orador só disse o que disse porque rememorava os tempos do governo Cavaco com Soares na presidência da república, dos jantares no Avis promovidos pelo dito presidente da república, que por a caso era Soares, do "direito à indignação" apregoado pelo mesmo.
E é também evidente que Soares, por que é de esquerda aglutina - mais que não seja aglutina o PS ao poder. E isso é que importa.

No calaor do discurso, esqueceu-se, naturalmente, que só está no poleiro e a "falar de galo" porque houve um presdiente da república, que por sinal é do PS, que dissolveu um parlamento onda havia uma maioria que não era PS de modo a levá-lo ao colo para o poder.

Quanto aos demais problemas do país disse nada!

Moral da história: a silly season ainda não terminou ...

Letargia

sexta-feira, 2 de setembro de 2005
O ministro das Finanças afirmou hoje que a economia portuguesa está numa situação de baixo crescimento ou estagnação, mas considera "excessivo" falar-se em recessão.
Fernando Teixeira dos Santos, que falava no final da cerimónia de posse de quatro novos directores-gerais, reconheceu que a conjuntura económica é, sem dúvida, "preocupante" e desafiou o sector privado, que tem de ser o motor da recuperação, a reagir
.


Felizmente que nem tudo está estagnado: como se constata, continua a persistente nomeação de "boys" para altos cargos da adminsitração publica!

Pés de barro ...

Impressiona, por inesneprada, a impotência da "superpotência" para acudir à calamidade em Nova Orleães.

Origens

Estudo demonstra que BSE teve origem humana

Perante esta descoberta, espera-se que as vacas não desatem agora a abater os seres humanos para evitar a propagação da doença!

Ser poeta é ser ...

"esfregão"!
No PS, claro!

Até às urnas ...

Diversos responsáveis do bloco de esquerda (entrevistados à porta de um prédio) afirmaram, para quem quis ouvi-los (ou foi inopinadamente apanhado quando via o noticiário da TV) que o candiadato do bloco de esquerda ... vai até às urnas!

Perante estas manifestações de férrea vontade e absoluta determinação, resta apenas desejar ao candidato ... boa viagem e óptima estadia (deplorando apenas o local para onde os seus camaradas querem que ele vá!).

Enjoo

quinta-feira, 1 de setembro de 2005
Pronto!
É definitivo!
Depois de profunda reflexão, Soares propõe-se ser, novamente, presidente da república!
O que a idade pode fazer à clarividência das pessoas!