<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12023629\x26blogName\x3dPharm%C3%A1cia+de+Servi%C3%A7o\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/\x26vt\x3d5339164314434841800', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Pharmácia de Serviço

Há remédio para tudo ... pharmaciadeservico_at_gmail.com

Isto é que são ...

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

...as "contas paralelas"...???!!!

Está tudo explicado ...


Foi referido ontem na televisão que o primeiro ministro é engenheiro civil pela Universidade Independente ...

"Chega-te para lá panela, não me enfarrusques" ...

Segundo o ministro das finanças "o desemprego é da responsabiliade dos privados".

É evidente ...

A criação de 150.000 postos de trabalho é que é responsabilidade do governo...

Espantoso ...

Já há três senhorios que conseguiram aumentar as rendas ao abrigo do nova lei ...!!!

Mais um estrondoso sucesso ...!!!

Se te parece ...

"Não há nenhum autarca tão preocupado com a lei como eu".
A senhora de Felgueiras, Fátima

(...lei penal, entenda-se ...)

É melhor não fazer isso ...!!!

O presidente da Concelhia do CDS-PP de Arcos de Valdevez, Rui Mendes, inicia hoje, às 20h00, uma greve de fome por tempo indeterminado, para exigir a manutenção de um serviço de urgências no concelho.

O mais certo é morrer ... por não haver "urgências" ...

Peanuts ...


Belmiro é um homem apostador. E quando aposta, aposta forte ...

A sua OPA à PT até pode não vir a ter sucesso.

Mas ficou provado que Belmiro (e também o seu filho, seguramente) sabe negociar, negoceia "em grande", no limite, mas sempre ao ataque ...

Ao seu lado, as ofertas anti-OPA da PT até parecem "peanuts" ...

À guitarra ou à viola ...?

A proposta do PS, PCP, Bloco de Esquerda (BE) e “Os Verdes” (PEV) sobre a liberalização do aborto, apresentada ontem no Parlamento, prevê o acompanhamento facultativo das mulheres.

Bem fora dos tribunais ...

Nova forma corrente de cobrança de dívidas ...

... a praticar fora dos tribunais ...!!!

Como já era de esperar ...

terça-feira, 27 de fevereiro de 2007
Subreptíciamente, insidiosamente, a completa liberalização do aborto, sem limite de tempo, volta à baila ...

Basta ver a sondagem do Diário de Notícias ...

O intuito é óbvio. Já que a legislação a aprovar liberaliza o aborto apenas até às dez semanas, nada melhor do que começar já a agitação social no sentido de que não haja prisão no caso de crime de aborto praticado para além desse limite temporal, de modo a, em primeiro lugar, condicionar a justiça, e em segundo lugar criar o tereno fértil para daqui a uns tempos, a esquerda voltar à carga com a liberalização total do aborto ...

Tudo isto com o objectivo de sermos "modernos" e adoptarmos "as melhores práticas", ainda que para isso deixemos de ter valores e critérios próprios ...

Abuso de queixinhas (de abusos ...) ...

O presidente do PS, Almeida Santos, apoiou hoje as queixas dos socialistas madeirenses ao Governo de Alberto João Jardim, considerando que o líder do executivo regional está a abusar dos seus poderes.

"O nosso líder na Madeira tem feito queixas de que, estando o Governo [regional] em gestão, continua a usar os poderes que teria se não estivesse em gestão em matéria eleitoral ou mesmo eleitoralista".

Ao que parece o homem continua a fazer inaugurações, o que, como se sabe e a melhor doutrina sustenta, é, à luz da Constituição, um poder de que os governos de gestão não dispoem ...

Mas como "uma desgraça nunca vem só", o líder do Bloco de Esquerda (BE), Francisco Louçã, e o do PCP, Jerónimo de Sousa, manifestaram também ao Presidente da República a sua preocupação por abusos de poder do líder demissionário do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim

Resumindo e concluindo: está-se mesmo a ver que já andam a antecipar os grandecíssimos "bigodes" que vão levar nas eleições...!!!

É mesmo caso para dizer, no que toca ao PS e aos seus "segredos mais íntimos" relativamente à aprovação da Lei das Finanças Regionais: "foi por lã e saiu tosquiado" ...!!!

Pesos e medidas


Não indica o peso destes exemplares, mas fornece as medidas de vários outros ...

Como é sabido ...


O alho cru ou os seus extractos comerciais parecem não contribuir para a redução das taxas de mau colesterol no sangue, contrariamente ao que é afirmado pelos promotores deste condimento alimentar, segundo um estudo hoje publicado.


É mais que certo, porém, que contribui para o aumento do mau hálito ...

Isto não é propaganda ...

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007

A redução das férias judiciais para um mês resultou num aumento de 57,3 por cento do número de processos concluídos em Julho, Agosto e Setembro de 2006, segundo dados do Ministério da Justiça (MJ), divulgados pela Lusa.


O que é absolutamente confirmado pelo Conselho Superior da Magistratura: «Para o cidadão, e essa é a perspectiva mais relevante, conclui-se que não houve qualquer benefício com esta alteração do regime das férias judiciais».
.
Adenda:
.
Os advogados e funcionários judicias confirmam que o ministro apresentou aqueles números ... como podia apresentar quaisquer outros ...!!! (aqueles foram os que o primeiro ministro lhe mandou ...!!!)

E porque não nos dois sentidos ...???


O Ministério das Finanças está a ponderar a hipótese de reter vários pagamentos a efectuar pelo Estado, incluindo salários de funcionários públicos, sempre que os contribuintes que iriam receber esses pagamentos não tenham a sua situação tributária regularizada.


Espera-se que o Estado - leia-se o governo - aprove também uma lei de sentido inverso: os contribuites poderão reter o pagamento de impostos sempre que o Estado (leia-se o governo) lhes deva dinheiro ...

Urgência ...

É uma urgência fechar o governo?

Surprise ...

O ministro do Ambiente, Nunes Correia, afirmou-se hoje surpreendido com as propostas do líder do PSD de criar uma agência única para a gestão do litoral

... O ministro desconhecia que havia "litoral" no nosso país ...

Chamamentos a si (bemol) ...

Depois de chamar a si o Plano Tecnológico (de "boa memória" ...), teve que chamar a si as "urgências" ...(*)

- Óh Campos dá cá as urgências e deixa de tratá-las "à Correia" (... olha, já agora, um pouco mais de "bom senso e bom gosto" ...)

(*) O outro, em Lisboa, também "chamou a si" o pelouro da finanças ...
Isto do "chamar a si" deve ser da época ...

Alumínio e preço da gasolina ...

A diferença entre Borrego e Campos é que, agora o mau gosto, como é apreciado, constitui a regra ...

Impot-export na saúde

Depois de exportarmos parturientes para Espanha, depois de importarmos de Espanha clínicas de aborto, vamos agora passar a exportar médicos para tirarem no estrangeiro a especialidade para que não têm vaga nos hospitais nacionais ...

(Uma perguntazinha: Para que servirá o número clausus no curso de medicina?)

Reacção ...

domingo, 25 de fevereiro de 2007

Neste fim de semana ficámos a saber que o governo reage bem a buzinas ...

O PSD deve andar mesmo "pelas ruas da amargura" ...

O advogado de Coimbra Castanheira Barros, conhecido pelo seu papel na luta contra a co-incineração, disse hoje à Lusa que foi recomendado por alguns sectores do PSD para integrar o Tribunal Constitucional (TC).

Chupetas ...


Seis municípios assinaram ontem protocolos sobre as urgências com o Governo

Nórdico

sábado, 24 de fevereiro de 2007

Nils Petter Molvaer - Khmer - Song of Sand

"La Palisse" (2) ...

A intenção desta auditoria é emporcalharem-me

Maria José Nogueira Pinto

"La Palisse" ...

Em qualquer país normal, Sócrates estava no olho da rua.

Alberto João Jardim

Canção de embalar ...


(Berthe Morisot, The Cradle, 1872)

O ministro da Saúde, Correia de Campos, vai receber os autarcas do Alto Tâmega no dia 2 de Março, depois das manifestações que juntaram em Chaves milhares de pessoas em protesto contra a reestruturação das urgências locais.

O alcatrão do soro fisiológico ... (ou esta mania louca da fiscalização ...)

Em Janeiro:
Nove marcas de tabaco vão ser retiradas do mercado pela Agência de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) por terem níveis de alcatrão e monóxido de carbono a mais.

Em Fevereiro:
A Direcção-Geral de Saúde (DGS) concluiu que os níveis de alcatrão e monóxido de carbono das sete marcas de tabaco apreendidas em Janeiro são, afinal, legais. Em breve, os maços serão recolocados à venda

Ainda em Fevereiro:
O Infarmed ordenou hoje a suspensão imediata da venda de todos os lotes de soro fisiológico das marcas Modelo, Continente, NaTerra, Rio Bravo, CNR, Hidro, GSL, Stéri-Santé, AGA, Pingo Doce e Eloos, por ter sido detectado no soro fisiológico destas marcas o "risco de contaminação microbiológica".

Daqui a alguns dias:
O Infarmed concluiu que as marcas de soro fisiológico Modelo, Continente, NaTerra, Rio Bravo, CNR, Hidro, GSL, Stéri-Santé, AGA, Pingo Doce e Eloos, de que havia ordenado há alguns dias a supensão imediata da sua venda, não apresentam, afinal, qualquer "risco de contaminação microbiológica" ...
Em breve voltarão a ser colcadas à venda ...

Será mesmo ...???

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007




Será que, em 5 de Outubro, vamos ter "coelho à varanda"?

Os nossos "D. Caios" que também “matam sete de uma vez” …

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007
Não deve deixar de ser realçada a “coragem” e a “determinação” que hoje reina ao nível dos responsáveis pela governação e pela direcção superior da administração pública.

Tudo é feito com coragem, tudo é feito com determinação, o que, para esses “corajosos” e “determinados”, lídimos e únicos portadores da "coragem" e "determinação", significa que tudo deve ser feito com afrontamento , com imposição, com ameaças

Bastou que, há tempos, aparecesse por aí um “alfaiate” qualquer a dizer que “mata sete de uma vez” para logo surgir, vinda não se sabe donde, uma plêiade de corajosos “alfaiates”, políticos e dirigentes públicos, a dizer que, também eles, “matam sete de uma vez” … Sete ou mais … E depois "matam e comem" …

Mas onde é que têm andado todos estes "D. Caios", que de há trinta anos a esta parte nunca se tinha dado por eles?

Na verdade, para o bem e para o mal, tudo vai do "exemplo" "motivador" …

Ora aqui está o ambicionado crescimento económico


O Hospital de S. João, no Porto, anunciou hoje que fechou o primeiro ano como empresa pública com um lucro de 2,8 milhões de euros.

A "urgente" solução


O governo vai contratar o serviço de uns tantos destes autocarros, para, diariamente, pôr 400 mil pessoas a menos de uma hora das urgências

O downsizing do Estado ...

Foi publicada no Diário da República mais uma medida de emagrecimento do Estado - foi criada uma nova EPE chamada Parque Escolar. Digam lá se não é uma ternura ...
(Informação adicional: mais três novos lugares de gestor público ...)

Assim é que é negociar ...

O Governo ameaçou ontem agravar já em 2008 a taxa de penalização das reformas antecipadas caso os sindicatos recusem o projecto que aplica à função pública a reforma da Segurança Social, acordada entre os parceiros sociais em concertação social

E já agora um bocadinho de tortura ou uma ordáliazita é que vinham mesmo a matar ...!!!

Como vender meia verdade (ou tapar meia mentira...) ...


O número de desempregados inscritos nos centros de emprego caiu 6,8% em Janeiro, face ao mesmo período do ano passado ...

... porém ...

Em termos mensais, o número de desempregados registou um acréscimo de 1,1% ... !!!

Miserabilismo pindérico

Para o governo, só quem for completemente miserável é que pode ser detentor de certificados de aforro - ou dito de outro modo, os certificados de aforro só se justificam se forem adquiridos apenas por quem não tem "eira nem beira".

Quem tiver alguma coisinha de seu e a quiser aplicar, "vá ao Totta" ... que os certificados de aforo não foram feitos para quem tem aforro ...

Completamente na lua ...


Os portugueses vão poder assistir, no primeiro sábado de Março, ao primeiro eclipse total da Lua desde 2004

E este tinha legitimidade para apresentar a demissão?

Romano Prodi apresenta demissão

Claro que tinha ...!!! É de esquerda...!!!!

Falta de "leitura evidente"

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007
Ao que parece, o processo de indulto de um foragido à justiça foi iniciado por um requerimento de um familiar ... o que não é muito normal ...

Ao que parece, o indultado foragido, não terá sido entrevistado para efeito de avaliação do pedido, como seria normal ...

Ao que parece, havia, no processo, indicações da Polícia Judiciária e do Registo Criminal que não foram tomados em consideração, apesar de actualizados, por esses registos não serem "de leitura evidente" ... o que já é anormal ...

Ao que parece, o ministério [da justiça] anunciou hoje ter concluído, “no prazo fixado”, o processo de averiguações à instrução do processo de perdão de uma pena de seis meses concedido no Natal por Cavaco Silva ... mas sem ter concluido rigorosamente nada ...
Ou melhor: as conclusões não são também "de leitura evidente".

Assim sendo, não devem ser consideradas e o senhor ministro da justiça deve prestar outras que sejam verdadeiras conclusões e nas quais se apure o que efectivamente se passou ...

É que todas estas "bandalheiras" já são um bocado de "bandalheira" a mais ...

1/2 alívio


Já passaram dois anos ...

Vantagens de uma OPA

1. A empresa "opada" anuncia uma tão generosa distribuição de dividendos que dá vontade de perguntar por onde andava aquele dinheiro. Ou então para onde é que ele ia. Ou então ainda como é que a empresa tinha programado os seus investimentos futuros e como é que os vai manter.

2. A empresa "opante", que começa a oferecer "por baixo", tem que "abrir os cordões à bolsa" perante a subita generosidadeda "opada" para dissuadir a venda das suas acções.

Assim se conclui rapidamente que deviam ser lançadas "opas" todos os dias ...

Mais um "tema fracturante" ...


Jardim apresentou a demissão e vão realizar-se novas eleições na Madeira.

Pode-se achar que Jardim é um homem truculento, excessivo, por vezes a raiar os limites, que dispendeu na modernização da Madeira "este mundo e o outro", que junta à sua volta um conjunto de próceres que, as mais das vezes, apenas lhe servem de guarda pretoriana, e que tem uma noção de democracia por vezes, no mínimo, curiosa ... E é verdade.

Mas neste tempo em que o poder central leva dois anos de exercício de um autoritarismo "maioritário", em que tudo funciona por afronta e imposição, por denegrimento e achincalho - em face do que o povinho português continua a conceder em sondagens uma confortável vantagem percentual a esta maioria, só compreensível pelo gosto que tem por autoritarismos e em ser mandado para não ter (ou ser capaz) de pensar por si - é democraticamente salutar que ainda haja alguém que reaje a imposições, que fala livremente e que não tem medo de afrontar o poder que dá benesses ...

O PS, que já julgava ter-lhe "feito a cama" para daqui a dois anos, vai ter, pelo menos, mais 4 aninhos para continuar a admirar as paredes de fora da Quinta Vigia ...

Ainda há quem saiba o que é a gratidão ...

terça-feira, 20 de fevereiro de 2007
Relata o Público que os moradores do antigo Bairro das Calvanas, realojados na Alta de Lisboa, querem atribuir o nome de Pedro Santana Lopes a uma das ruas do PER 13, onde ficam as suas novas habitações.

Consumatum est ...

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007
O presidente do governo regional da Madeira, Alberto João Jardim, anunciou esta tarde a sua demissão do cargo, para forçar eleições antecipadas.

Mas também é precisa ...???

Os partidos políticos da oposição na Madeira dizem que Jardim não tem «legitimidade» para se demitir da presidência do Governo Regional da Madeira ...

Legitimidade ...??? Para apresentar a demissão ...???

Então não basta estar no cargo ...???

Causa-efeito

O director-geral da DGV-Direcção Geral de Viação, Rogério Pinheiro, admitiu hoje a falta de funcionários nas diferentes delegações da instituição, que está a levar ao entupimento dos serviços e a atrasos no processamento das multas.

Verdadeiramente estranho é a DGV ainda ter funcionários, depois do PRACE ter anunciado a sua irreversível extinção.
Na verdade, não se consegue compreender muito bem o que pretendeu o governo com o anunciado desemembramento do serviço culminado na sua extinção, sem ter criada uma alternativa viável e sem ter revelado aos funcionários da DGV o que pretendia fazer com eles.

É que os funcionários, metidos num barco a afundar e prevendo um futuro sombrio, vão-se pondo "ao fresco", tratando das suas vidas ...

Mas não é de todo impossível que esta debandada de funcionários seja exacamente aquilo que o governo pretende ... ?

Countdown

Vamos lá ver quanto tempo vai ser preciso para, "freitisticamente", José Miguel Júdice passar a apoiar o governo PS.

(É certo que a previsão quanto à sua entrada no governo [como ministro da justiça ou outro qualquer ...] já é mais difícil, tendo em conta o nível miserável dos salários ministeriais ... e as eventuais incompatibilidades que se possam levantar.)

E depois não se diga que as estatísticas "são o que são" ...

Porque, perante a cortina de ignorância e deturpação que insistente e persistentemente é espalhada, tentando encobrir a realiade dos factos e da história para criar estórias e mitos mais "convenientes", "plagia-se", com a devida vénia, o elucidativo texto de Pedro Arroja, no Blasfémias:

Num post anterior, sob o título "a grande distância dos outros", argumentei que dividindo a história de Portugal do último século em três períodos - a Primeira República (1910-26), o Estado Novo (1926-74) e o regime democrático saído do 25 de Abril (1974 em diante) - do ponto de vista económico, o período mais próspero, a grande distância dos outros, foi o do Estado Novo.
Freud costumava dizer que a maior paixão da humanidade é a de iludir a realidade e as reacções que o post gerou neste e noutros blogues comprovam isso mesmo: "podia lá ser, mas então não é verdade aquilo que toda a gente sabe, que o regime de Salazar só serviu para empobrecer o país?".
Porque, na altura, só citei dados económicos parciais, volto agora ao tema. Num estudo de 2003 (citado em anexo), Pedro Lains do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa analisa a evolução do rendimento per capita em Portugal desde 1910 até 1998, em comparação com a média de nove países europeus (ver Graph 2 - Portuguese income per capita as per cent of Average 9, 1910-98, situado quase no fim do texto, e que passo a seguir de perto). Os nove países europeus considerados são: Bélgica, Dinamarca, França, Alemanha, Itália, Holanda, Noruega, Suíça e Reino Unido.
Em 1910 o rendimento médio por pessoa em Portugal era apenas 37% da média europeia (definida pelos nove países acima). Em 1926 tinha caído para 35%, significando que os portugueses tinham agora um nível de vida que pouco excedia a terça parte dos seus congéneres europeus. A Primeira República degradou as condições de vida dos portugueses relativamente à Europa.
Foi então que o Estado Novo se implantou no país. E quando o Estado Novo caíu, os últimos dados pelos quais ele foi responsável - os de 1973 - indicam que o nível médio de vida em Portugal tinha subido para 60% da média europeia - um progresso extraordinário.
Desde 1974 e somente a partir de meados da década de 80, com a adesão do país à União Europeia e as ajudas comunitárias, este indicador voltou de novo a atingir o valor de 60%. E até 1998 subiu para 65%. (É neste ponto que termina o gráfico de Pedro Lains). Porém, desde então, com a economia portuguesa a crescer, em média, menos que a média europeia, a minha própria estimativa é a de que actualmente (2007) este indicador voltou a caír para a vizinhança de 60% - isto é, exactamente onde o Estado Novo o deixou.
Não é de mais insistir, o Estado Novo correspondeu a um grande período de progresso económico, sobretudo a partir do início da década de 50. E a geração que agora tem 35 anos ou menos e que nunca conheceu o Estado Novo, faria melhor em estudar a realidade do que deixar-se embevecer com a propaganda que, literalmente, lhe meteram na cabeça.
Anexo: http://www.ics.ul.pt/publicacoes/workingpapers/wp2003/WP1-2003.pdf

L’insoutenable légèreté de l’être

domingo, 18 de fevereiro de 2007
O ministro das Obras Públicas já comunicou a Luís Pardal, presidente da Refer e da Rave, que alguém terá de explicar a estranha contratação pela Rave de um director dispensado e indemnizado em 210 mil euros pela Refer.
O próprio primeiro-ministro já fez saber que "alguém terá de ser responsabilizado" por esta transferência.

Fonte da presidência do Conselho de Ministros disse que "esta situação é insustentável".

Tudo indica, porém, que as culpas não venham a recair sobre a administração.

Assim sendo e porque é necessário responsabilizar alguém, o jardineiro já foi chamado ao gabinete da administração (para ser devidamente "demitido"...), visto a senhora da limpeza estar de baixa e o paquete dos jornais fazer falta ...

Humor negro ...

O metro de superfície de Mirandela afundou-se ...

Resolvido o problema

O mais famoso papagaio do mundo tem um vocabulário com cerca de 800 palavras, sabe identificar formas, cores, números e até sabe quanto vale zero.

De acordo com os investigadores que trabalham com Alex, a sua capacidade linguística corresponde à de uma criança de dois anos, embora o seu raciocínio para resolver problemas seja equivalente por vezes ao de uma criança de quatro.

Ora aqui está uma boa solução para o lugar de alguns políticos e governantes ...

Mariquinhas ...!!!

A direcção da Juventude Socialista (JS) definiu ontem os temas prioritários a desenvolver até ao final deste ano, excluindo os casamentos entre homossexuais ...

Ora, ora ... O que estvamos mesmo precisados para resolver os problemas do país era mais um debate sobre um tema "fracturante" ...

Mais uma ...

Herbie Hancock - Chameleon

Ilha

Herbie Hancock - Cantaloup Island - (com Pat Metheny)

Mudança de objectivos ...


Comprovada a sua ineptidão na Terra, a ONU vira-se para o espaço sideral ...


Até lá, resta-nos esperar que "o céu não nos caia na cabeça" ...

Terramoto insular ...

Jardim vai anunciar aos sociais-democratas que se demite de Presidente do Governo Regional da Madeira e formalizará a saída a meio da próxima semana. O PSD não indicará substituto forçando Cavaco a convocar eleições antecipadas. E o sucessor de Jardim será o próprio Jardim.

Ora logo agora que o PS (leia-se o seu secreário geral) já estava à espera de "deitar a unha" ao governo regional da Madeira, ajudado pelo "estrangulamento financeiro" causado pelo "aperto" da (sua) nova lei das finanças regionais...

Lá vai o PS ter que "penar" mais uns anitos a ouvir mais uns quantos impropérios e a "sofrer tratos de polé" ...

Afinal o PS não está completamente "morto" ...

A Comissão Política Concelhia do PS de Valença demitiu-se em bloco em protesto contra a decisão do Governo de excluir o concelho da rede nacional de urgências, disse hoje o presidente demissionário, Fernando Rodrigues.

Antes, já o presidente da Câmara Municipal se havia demitido da Comissão Política Nacional e a Comissão Política Distrital de Viana do Castelo do PS, não descartando também a hipótese de entregar o cartão de militante.

Curiosidades de como se olha para a governação autárquica ...

sábado, 17 de fevereiro de 2007
Parece que se diz que por haver autarcas constituídos arguidos na maioria que governa a autarquia de Lisboa deve haver novas eleições.

Podemos pois ficar descansados porque não há mais nenhum outro edil municipal arguido ou acusado do que quer que seja, já que não se ouve que seja pedida a dissolução de qualquer outra das 407 Câmaras Municipais sobrantes, nem a realização de novas eleições.

Tal é a crise ...

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007

Jardim diz que portugueses «não têm testículos» ...

Não demorou uma semana ...


Já se previa: a Juventude Socialista (JS) vai voltar a apresentar o seu projecto de lei para que o casamento de homossexuais seja legalizado em Portugal.

Minudências ...

Manuel Lopes Marques saiu a seu pedido, em Junho de 2006, da Refer - Rede Ferroviária Nacional, presidida por Luis Pardal, com uma indemnização de 210 mil euros

Três meses depois foi contratado para assessor do conselho de administração da Rave (Rede Ferroviária de Alta Velocidade), que também é presidida por Luís Pardal, com um vencimento mensal de 5.050 euros.

Anda tanta gente para aí à procura no IEFP de um empregozito com o salário mínimo nacional e estes gajos a preocuparem-se com estas ninharias ...

Desculpem ...


Mas porque é que a PGR não abre uma sucursal na Câmara Municipal de Lisboa?

Teve que ser ...


Belmiro lá teve que abrir os cordões à bolsa ...

Com as cotações em bolsa na casa dos 10,29 € e a promessa da actual gestão da PT de um dividendo de mais de 0,4, a Sonae lá teve que subir o preço por accção para os 10,50 €.

Será que agora é desta que a Associação dos Pequenos Acionistas da PT deixa entar a Sonae ...???

Medida de poupança e racionalização na administração pública


O governo decretou tolerância de ponto na terça feira de Carnaval ...
(Ele sabe que os funcionários públicos se revoltam se lhes tirar as "tolerâncias" mas que não se importam mesmo nada se lhes reduzir cada vez mais o seu já reduzido poder de compra ...)

Ainda não estava suficientemente "governamental" ...

Que Joaquim Oliveira tenha demitido a direcção do “Diário de Notícias”, compreende-se ...

Agora a do “24 Horas”...!!!

Maro(s)cas ...

Veja-se aqui o que é uma verdadeira "chapelada" eleitoral (via)

E veja-se aqui e aqui quem é que deveria ter sido eleito o "pior português de sempre" se não houvesse "chapéus" ...

Que pena ...!!! "Passou-se" por completo ...!!!

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007
A eurodeputada Ana Gomes acusou o governo de José Sócrates de proteger o executivo PSD/CDS-PP, de Durão Barroso e Paulo Portas, ao dar orientações aos deputados socialistas para a votação no Parlamento Europeu relativa aos voos da CIA.

Será que também funciona com políticos e primeiros ministros?

Portugueses criam novo «detector de mentiras»

E um bocadinho de Sibéria, não ...???

O Bloco de Esquerda apresentará hoje um projecto de lei que representa, indirectamente, uma forma de nacionalização da propriedade. O diploma actua sobre as mais-valias obtidas por donos de propriedades cujos usos legalmente permitidos sejam alterados pela administração pública.

Se, por exemplo, um proprietário agrícola vir a sua propriedade subitamente valorizada porque a respectiva câmara municipal lhe permitiu um novo uso para o terreno (habitacional, nomeadamente), então essa mais-valia, caso a propriedade seja vendida, será totalmente cativada para o Estado (que as redistribuirá pelas autarquias, através do Fundo Social Municipal).

O que mais tem faltado na questão ...

O Presidente da República defendeu hoje "soluções de bom senso" na regulamentação da nova lei do aborto

Como nos tempos da "velha senhora" ...

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007
Salazar ganhou a votação para "o pior português de sempre".

Quando estava no poder, Salazar também já ganhava votações ...

Moral da história: mudam-se os tempos mas não mudam os "mecanismos" de votação ...

Umas vezes sim, outras vezes não, consoante as conveniências ...

"Os portugueses têm de perceber que têm uma administração pública competente", que revelou no processo de criação do Cartão do Cidadão que sabe ser "moderna, exigente e ambiciosa", considerou José Sócrates.

Isto é só um teste ...

... mas nada obsta a que, ainda assim, se sigam as interessantes intervenções do debate...


(Aviso para os mais distraídos: apesar de incompreensível, não se trata de um debate entre o "sim" e o "não" ...)

Também aqui "as melhores práticas..."

... num país "moderno" ...

A loja de drogas leves «Cogumelo Mágico», que abriu recentemente em Aveiro esteve esta segunda-feira encerrada devido a ruptura de stock.

Esta situação foi inesperada e deveu-se à grande afluência de clientes que o estabelecimento teve durante o fim-de-semana.

Parceiros pensadores

Concessionárias pedem 2 mil milhões ao Estado

Isto é que é uma parceria "públic'ó privado"?

(O que não irá ser a Ota ...!!!)

O período de reflexão

terça-feira, 13 de fevereiro de 2007
Mulheres vão ser obrigadas a um período de reflexão antes de abortarem.

...

Entra uma mulher numa "clínica de abortos" (ou eufemisticamente uma "clínica de interupção voluntaria da gravidez", dirige-se à recepcionista e diz:
- Vinha fazer um aborto ...
- De quantas semanas é ...???
- Nove semanas e seis dias ... quase dez semanas ...
- A senhora é obrigada a um período de reflexão antes de poder fazer o aborto ...
A cliente fica estarrecida com esta "obrigatoriedade" (e só de ouvir quase tem um aborto espontâneo ...):
- Mas se o período de reflexão durar muito tempo, ultrapasso as dez semanas e depois já não posso fazer o aborto ...!!!
Calmamente, responde a recepcionista:
- A senhora não tem uma comprinhas para fazer ou uma montras para ver ...???
- ...???
- Olhe... Vá dar uma voltinha, faça umas compras, veja umas montras, reflicta um bocadinho se quer mesmo fazer o aborto ou não, e depois volte cá. Se então ainda quiser fazer o aborto, nós resolvemos isso num instantinho ...

"Tomba-gigantes"


Nesta jornada calha a vez à Académica ...

Os efeitos do referendo na economia ...

Três clínicas de aborto preparadas para abrir portas

Até qu'enfim...!!!

Depois do "sim" ganhar o referendo do aborto, "todo o mundo" - poderes públicos, partidos políticos, sociedade civil - "acordou" de repente e passou a preocupar-se com a necessidade de defesa da família e dos filhos, com a previsão de apoios que deviam ter e não têm, com a necessidade de aumento demográfico (para não ficarmos todos ucranianos ou moldavos ...), com o apoio às mães solteiras "e etc" ... Valha-nos isso ...

E dura, dura, dura ...

Depois dos debates pré-referendo sobre o aborto, agora eis os debates pós-referendo sobre o dito ...

Ora P

O Público conseguiu melhorar piorando ou piorar melhorando?

Afinal nem tudo é fácil ...

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007
Segundo a capa do Público de hoje, "O PS promete alterar depressa a lei e combater o aborto clandestino".

Então o aborto clandestino não desapareceria só e apenas por puro efeito da nova lei despenalizadora?

O aborto não era clandestino só por causa da penalização das mulheres?

Será que se admite já que mesmo com a nova lei despenalizadora continuará o aborto clandestino e contunua assim a ser necessário combatê-lo?

E como é que se combate a clandestinidade do aborto? Pune-se administrativamente? Pune-se penalmente? Persegue-se policialmente? Dão-se incentivos monetários para a sua práctica legal?

Ou decreta-se uma lei que obrigue a mudar costumes, mentalidades e a moral ainda reinantes, punindo quem o não faça?

Mais um "arredondamento do quadrado"

Os movimentos que defenderam o "sim" no referendo afirmaram hoje que a vitória da despenalização ... pode e deve conduzir também à realização de menos abortos.

E agora?

Passada esta, qual irá ser a próxima bandeira "moderna" que a esquerda irá agitar? A do casmaneto dos homosexuais?

E pronto ...

...lá voltamos nós a ter que nos defrontar com os quotidianos problemas da dura realidade ...!!!

A semana D

A 10ª semana vai passar a ser "a semana mais longa" ...

De vela ...

domingo, 11 de fevereiro de 2007
O Benfica lá foi ...

Mais uma medida de economia ...

Actualmente o Bilhete de Identidade custa 7,05 euros, enquanto a emissão dos cartões de contribuinte, Segurança Social e Saúde não tem custos para os utentes.

"A taxa de emissão do Cartão de Cidadão foi fixada em 12 euros, numa emissão normal", estando previstos custos adicionais "para os pedidos de urgência", disse hoje o ministro de Estado e da Administração Interna, António Costa.
Ainda segundo o ministro, "o Cartão do Cidadão financia-se a si próprio, porque é um serviço pago".

Como se vê, a cada dia que passa, o governo move-se apenas pelo objectivo de aliviar os encargos que impendem obrigatoriamente sobre os cidadãos, sempre que estão em causa obrigações legais.

Porém, sempre que não é possivel diminuir esses encargos, diminui a carga fiscal.

(Era bom, não era ...???)

Não é nada disso ... é isso mesmo ...!!!

1. (A especulação) O ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, garantiu hoje que as noticias sobre a alteração de vínculos laborais na função pública são "pura especulação".

2. (Blá, blá, blá, blá, blá ...)"Esta é uma questão que está a ser levantada no domínio mediático. Neste momento não tem qualquer fundamento em qualquer proposta ou documento do Governo", disse Teixeira dos Santos, na Feira do Fumeiro.

3. (No Brasil, a isto chama-se "conversa para boi ouvir") Nas negociações com os sindicatos "apenas as questões de princípio estão a ser discutidas". "Há uma questão de princípio definida: o sistema de vinculação da administração pública deve aproximar-se do sistema privado", frisou o ministro.

4. (Devagar ... devagarinho ...)Porém, o ministro referiu que o tipo de vínculo a privilegiar será o contrato individual de trabalho, restringindo-se a nomeação a algumas áreas que tenham a ver com a soberania do Estado.

5. (O chamado "argumento de m***a") "O que não quer dizer que as demais áreas não devam continuar a prestar um contributo importante para a sociedade portuguesa".

6. (Mais "conversa para boi ouvir") O responsável governamental afirmou que as referidas áreas ainda não estão definidas, mas realçou que "o Estado não abdica de considerar que a saúde e educação têm uma forte componente pública".

7. (Morrer sim ... mas devagar...) Em relação aos vínculos dos actuais funcionários públicos, Teixeira dos Santos disse que a sua transição ainda vai ser objecto de negociação com os sindicatos.

8. (A realidade. Ponto final, parágrafo)De acordo com a proposta do Executivo, o vínculo por nomeação passa a ser possível apenas para as funções nucleares do Estado, como, por exemplo, defesa, representação externa, administração directa da justiça e segurança interna.

Este adorável silêncio ...

Porque é que o "período de reflexão" que antecede todos os "domingos de voto" não começa no primeiro dia da campanha?

Está visto...!!! Deve ser mesmo um monte de quinquilharia ...

sábado, 10 de fevereiro de 2007
Sejamos realistas, embora a Colecção Berardo seja uma excelente colecção, não é o Palácio de Versalhes. Ou seja, não é a melhor colecção do mundo. O seu poder de atracção é muito grande em Portugal. É única. Mas não é considerada uma das 50 melhores do mundo. As coisas têm a sua escala.

Quem diz isto não é o Zé da Esquina.
Quem o diz é o presidente do Centro Cultural de Belém, onde vai ficar instalada aquela "coisa" que dá pelo nome horroroso de Colecção Berardo de Arte Moderna e Contemporânea.

Este devia ser um terrível despesista que não queria contribuir para a contenção da despesa pública ...

Um dos peritos da comissão encarregue de avaliar alternativas de financiamento do Serviço Nacional de Saúde (SNS) apresentou a sua demissão, por considerar demasiado economicista o relatório que o grupo está a preparar.

Em declarações à Lusa, Paulo Kuteev Moreira, professor da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), disse discordar do sentido "exclusivamente económico" das propostas elaboradas pela Comissão para a Sustentabilidade do Financiamento do SNS.

A propósito, é bom relembrar que o ministro das saúde dementiu há dias uma notícia que veiculava que o governo se aprestava para criar (mais) um imposto, este destinado precisamente ao financiamento da saúde ...

Dia de reflexão

Depois de desde o princípio do ano, e com redobrada frequência, nos últimos dias, ter repetidamente ouvido (e visto) uma "carrada" de "bosteiradas", hoje, dia de reflexão, o português (suave...) reflete assim:

- Voto "sim" ou voto "não"?

Ora é isto mesmo que era preciso ...!!!

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2007
Um grupo de cientistas britânicos e alemães afirma que conseguiu ler, pela primeira vez, a intenção de uma pessoa, através da análise de padrões de actividade do cérebro em imagens de alta-resolução.

O trabalho assenta noutras investigações que conseguiram, através de modernas técnicas de imagiologia, ler no nosso cérebro a mentira ou o comportamento violento, por exemplo.

Aqui temos a solução para muitas das nossas angústias e frustações: todo o candidato a primeiro ministro deve submeter-se a esta técnica antes de ocupar o cargo ...
Evitar-se-iam assim muitas arrelias e desilusões.

Parece que há aqui alguma falta de congruência ...

O PS chumbou hoje os projectos de lei do PCP, do Bloco de Esquerda e do CDS-PP para a atribuição do direito ao subsídio de desemprego aos docentes e investigadores do ensino superior, apesar dos votos favoráveis de toda a oposição.

O PS justificou o chumbo dos três projectos com a garantia de que o Governo vai apresentar até final de 2007 uma proposta no mesmo sentido, abrangendo os docentes e todos os trabalhadores da administração pública nas mesmas condições.

Incongruência ou verdadeira "ditadura da maioria" ???

Uma pequena palavra ...

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007
Prestes a acabar o berreiro da "campanha", terminadas as "tiradas" alarves e os argumentos cavilares, findas as campanhas "subliminares" em programas televisivos e artigos de jornais, finalmente aproxima-se um silêncio inteligente.

Algumas notas:

1. O primeiro ministro usou nesta campanha a táctica que já havia usado na campanha para a eleição do Presidente da República: manifesta-se a favor de uma posição, apoia-a o menos possível mas assegurando os mínimos da decência, arranja motivos plausíveis para que a sua participação na campanha da sua "côr" não seja lida como uma "não participação" e, no dia da votação, espera tranquilamente o resultado, para no dia seguinte se adaptar à situação que dela resultar.
Ou seja, tal como hoje convive harmoniosamente com Cavaco, do mesmo modo conviverá, pós referendo, com outra posição que não a sua, desde que isso lhe seja benéfico ou não prejudique a sua estratégia de poder. Senão veremos ...

2. Não existe ainda algum outro meio de "fazer" homens e mulheres que não seja através da gravidez da mulher. Para já e enquanto a clonagem se detém em ovelhas e quejandos, todo o ser humano vivo provirá inexoravelmente de uma gravidez. E uma gravidez, se não houver "acidentes de percurso", dará origem a um ser vivo.
De acordo com a natureza, a gravidez é a únca fonte de vida humana. Dissertar sobre o que ocorre na gravidez para se saber se é ou não é aquilo em que necessariamente há-de resultar - vida - é uma total estultícia.
O único caminho - o caminho da natureza - de uma normal gravidez leva-nos sempre à vida (salvo imponderáveis da natureza, que também os há, mas que não alteram esta lógica de coisas). Ou seja a gravidez não gera, ou não tem aptidão intrinseca, para gerar outra coisa que não uma vida. Ou ainda, da gravidez não pode resultar - de acordo com o normal decurso da leis da natureza - outra coisa que não seja a vida.
Por vezes as coisas podem não "funcionar" bem. Mas isso é um percalço e não uma regra.
Mas interromper este processo é assim interromper um processo de vida, quer se queira quer não.

3. A respeito do aborto a esquerda arroga-se o direito de deter a verdade e defender a liberdade.
Verdade e liberdade apenas suas, mas que não se dispensa de as querer impor aos outros ... de modo a negar-lhes o direito terem também (um)a sua verdade e (um)a sua liberdade ou então pretendendo conceder-lhas graciosa mas funcionalizadamente.
Mas porque a verdade dos homens (ainda) não é só uma, a liberdade (ainda) não é apropriável, (ainda) não foi descoberto processo alternativa à gravidez para a "produção" de vida, e porque o berreiro alvar não é argumentação para decisões sobre matérias fundamentais da sociedade, que devem ser profundamente reflectidas e ponderadas, vale a pena votar NÃO no referendo ao aborto ...

Francesices ...


Em França - naquela França republicana que se orgulha de ser muito laica - um jornal satírico, Charlie Hebdo (e o respectivo director) foi processado por ter publicado caricaturas do profeta Maomé. A queixa-crime partiu da Mesquita de Paris e da União das Organizações Islâmicas de França (UOIF).

Em França - naquela França republicana que se orgulha de ser muito laica - a queixa foi aceite e um jornal vai ser julgado não por infringir a liberdade de imprensa ou o direito que a regula, à luz dos cânones e valores da cultura e do direito ocidentais, e que a França integra, mas por estritas razões (de violação de normas) religiosas islâmicas.

Ora esta ...!!!

Deco acusa CP de "ilegalidade grosseira" nos últimos 20 anos

Então o Deco não costuma viajar só de avião e em executiva?

Quem anda com um coxo, ao fim de uns tempos, coxeia ...

A cada dia que passa, a campanha "oficial " do referendo à despenalização/liberalização do aborto está transformada num verdadeiro "aborto".
E não vale a pena acusar só um dos lados ...

Só uma pergunta

Será que há vida para além do (referendo do) aborto?

Olha só o "mau feitio" ...!!!

Um pouco fora-de-horas, mas ainda assim, sempre a tempo, um relato, via Corta-Fitas, do mau-feitio primeiroministerial, e do efeito replicador desse (mau) feito, que se sente na sua entourage. Esclarecedor.

Chamamento

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007
Alberto Costa chamado ao Parlamento por todas as bancadas

- Albeeeeeerto...!!! Oh Alberto! Anda cá, "carago"! Anda cá explicar à gente mais uma "borrada"...!!!

Sem salvação ...

Já nem os Magos salvam a terra ...

A Polícia Judiciária (PJ) realizou hoje buscas na Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, no âmbito de investigações sobre suspeitas de tráfico de influências e peculato. A presidente da autarquia, Ana Cristina Ribeiro, do Bloco de Esquerda, já terá sido constituída arguida.

E agora como é que o impoluto BE vai descalçar esta bota?
Vai expulsar a militante/presidente?
Ou vai sustentar que tudo isto não passa de vingança e perseguição políticas?

Aviso à população

Avisam-se todos os interessados que acaba de vir à luz do dia (não há aborto liberalizado para elas) mais uma "empresasinha" do Estado (o que é por dizer, do governo) "encarregue" da "Gestão Partilhada de Recursos da Administração Pública", a qual terá um Conselho de Administração composto por um presidente e dois vogais sujeitos ao estatuto de gestor público - o que, nos tempos que correm, até não é mau de todo, convenhamos.

É evidente que para ocupar os lugarzitos é necessário "cartão" ...

Mais uma história do "Capuchinho vermelho" ...

Numa reunião realizada na semana passada, a Sonaecom manifestou interesse em aderir à recém-criada Associação dos Accionistas minoritários da Portugal Telecom , bem como integrar a respectiva direcção.

Porém a Associação recusou o pedido da Sonaecom para a integrar, invocando "conflitos de interesse e incompatibilidades"...

Safa ...!!! Do que se livraram os "pequenos accionistas" da PT ...
Ter na sua associação a Sonaecom devia ser o mesmo que "dormir com um jacaré" ...

Mons parturiens ...

terça-feira, 6 de fevereiro de 2007

Revela uma fonte do Conselho Superior da Magistratura:

"Para o cidadão, e essa é a perspectiva mais relevante, conclui-se que não houve qualquer benefício com esta alteração do regime das férias judiciais".


A redução das férias judiciais foi uma das medidas emblemáticas do actual Governo socialista, anunciada no início do mandato e que gerou polémica no seio de magistrados, advogados e funcionários judiciais.


Porém o governo não é de se ficar com uma conclusão destas e vai daí o gabinete de imprensa do Ministério da Justiça adiantou que a tutela pretende, até final de Fevereiro, apresentar um balanço próprio sobre o novo regime das férias judiciais e medidas para descongestionamento dos tribunais.


Se for "coisa boa" e que dê "boa propaganda" a mediática sessão de apresentação do dito "balanço" (que, "está-se mesmo a ver", vai ser mais que positivo ...) não vai deixar de contar com a presença do primeiro ministro ...

Pragmatismo

Dispõe o artigo 140º do Código Penal

1 – Quem, por qualquer meio e sem consentimento da mulher grávida, a fizer abortar é punido com pena de prisão de 2 a 8 anos.
2 – Quem, por qualquer meio e com consentimento da mulher grávida, a fizer abortar é punido com pena de prisão até 3 anos.
3 – A mulher grávida que der consentimento ao aborto praticado por terceiro, ou que, por facto próprio ou alheio, se fizer abortar, é punida com pena de prisão até 3 anos.
Ora, se o problema do aborto é apenas a penalização da mulher grávida que aborta, esse problema fica desde logo resolvido se o mesmo artigo passar a ter a seguinte redacação:

1 – Quem, por qualquer meio e sem consentimento da mulher grávida, a fizer abortar é punido com pena de prisão de 2 a 8 anos.
2 – Quem, por qualquer meio e com consentimento da mulher grávida, a fizer abortar é punido com pena de prisão até 3 anos.
Mas, ao que parece, não é só a despenalização da mulher que aborta que está em causa no referendo ao aborto...

Para já, muita parra ...

Depois da designação de Maria José Morgado para coordenar as investigações no caso "Apito Dourado", vem agora abertura de um inquérito-crime conta desconhecidos sobre a realização de escalas em aeroportos nacionais de "voos secretos da CIA".

Tudo isto, que pode muito bem "dar em nada", garante, desde já, "boa imprensa" e "prime share", fazendo com que à "luz" da nossa "opinião pública" - aquela que se expressa começando por "eu cá para mim..." - este PGR esteja nas "boas graças"! A ver vamos, mais tarde, ... a quantidade "de uva"...

A papalvice nacional ...

O Ministério Público abriu um inquérito-crime contra desconhecidos para investigar os indícios da realização de escalas em Portugal por aviões da CIA.

Será que a polícia judiciária também irá efectuar buscas na Casa Branca, para apreender computadores e outros documentos secretos?

E será que, depois, o nosso Ministério Público vai constutuir aguido o Presidente Bush?

A verdade vem sempre à tona ...

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2007
"Se o 'não' ganhar, a lei ficará como está", afirmou José Sócrates

Quer isto dizer que afinal não é a despenalização do aborto o que está verdadeiramente em causa no referendo ...

"Dissonância cognitiva"

Pinus pinaster

RIP


Depois de ter prestado muitos e bons serviços, a disquete "morreu" ...!!!

A chantagem do costume ...

O secretário-geral do PS, José Sócrates, garantiu este domingo, em resposta ao desafio feito por vários movimentos do «não», que não mudará a lei que penaliza as mulheres que praticam aborto se o «sim» perder no referendo.

À falta de melhores argumentos ... o argumento ad terrorem ...

É no que dão as "modernices" ...

domingo, 4 de fevereiro de 2007
A nova versão do Blogger, pode ser muito boa, muito moderna, muito cheia de funcionalidades ...

Mas o que é certo é que causa problemas no "template" do(s) blog(s) e desconfigura a acentuação das palavras ...

Dá vontade de dizer: ora "gaita" para as "modernices" ...

Abaixo de Braga ...

sábado, 3 de fevereiro de 2007
Um vereador do PS da Câmara de Coimbra, com mandato suspenso, Luís Vilar, foi constituído arguido no âmbito de investigações sobre a alienação à Bragaparques de terrenos na Baixa de Coimbra, onde foi construído um estacionamento subterrâneo.

O sócio-gerente da Bragaparques, Domingos Névoa, também foi constituído arguido na sequência da mesma investigação.

Ela por ela

Enquanto encerra serviços de urgência médica, o governo afirma que, até 2013, o serviço Loja do Cidadão será alargado a todo o país.

Será que os doentes vão passar a ser atendidos nas lojas do cidadão?

Vale tudo ...

Parece que a rê-tê-pê anda a incitar a votação nos "grandes portuguese" através de múltiplos cartazes na via pública, onde em cada um retrata um dos "grandes portugueses" em votação final, apelando ao voto nele.

Parece também que o retrato menos "visível" (será que foi afixado...???) é o do Professor António de Oliveira Salazar.

Neste país de "morrinhanha", vale tudo ...

Está visto que vai ser preciso aumentar a voltagem do "choque tecnológico" ...

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2007
Um milhão de lares portugueses não mostra interesse em dispor de ligações de acesso à Internet.

Lei das compensações

Os combustíveis em Portugal estão entre os que mais subiram na Europa no ano passado.

Deve ser para compensar os salários (designadamente dos funcionários públicos), que foram dos que menos subiram ...

Se isto não é pretender coarctar escandalosamente a liberdade de expressão então o que é...???

A directora do Centro Distrital de Segurança Social de Setúbal (CDSS) considerou hoje «ilegítima» a utilização de crianças dos infantários do Centro Paroquial da Anunciada para distribuição de propaganda contra a despenalização do aborto no referendo de Fevereiro.

A directora do CDSS considera que «o teor da carta é demasiado expressivo e não merece qualquer comentário» e defende que a Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), que beneficiam do apoio do Estado, não podem tomar posição no referendo.

Esta agora????!!!
Então quem "beneficia do apoio do Estado" não se pode manifestar pelo "não" ...!!!

Porquê? O Centro Paroquial da Anuncida é um estabelecimento do Estado? O Estado estabelece "condições" de"silêncio e submissão" para atribuição dos subsídios às IPSS? O Estado tem posição sobre o aborto? Pelos vistos tem: é adepto do "sim"...!!!

E já agora: os reformados - que recebem apoios do Estado - também não podem tomar posição no referendo ???

Valha-nos Deus ...

E ainda se fala do "regulamento para atribuição de subsídios" do Rui Rio, onde eram apenas estipuladas regras de educação, bom trato e cortesia ...

O contrário é que seria de estranhar ...!!!

Aborto: maçonaria deseja vitória do «sim»

Conflito de classes

Pedreiro tentou matar barbeiro

Utilidades



Para um empresário chinês, a utilidade de "salários baixos" em Portugal é a mesma que "levar um cacho de bananas para a Madeira".