<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12023629\x26blogName\x3dPharm%C3%A1cia+de+Servi%C3%A7o\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/\x26vt\x3d5339164314434841800', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Pharmácia de Serviço

Há remédio para tudo ... pharmaciadeservico_at_gmail.com

Assim é que é ...!!!

segunda-feira, 31 de março de 2008
A 14 de Janeiro passado, a ASAE visitou o Centro de Dia de Póvoa da Atalaia, Fundão. Aí impôs obras caras, destruiu a marmelada que tinha sido oferecida pelos vizinhos e levou frangos e pastéis dados como esmola (Lusa, 06.03.2008)

É assim mesmo ...!!!
Podem matam-se os velhinos à fome, mas não se deixam que comam alimentos "não licenciados" ...!!!

Desculpa de mau pagador ...

O ministro da Economia, Manuel Pinho, negou hoje alguma vez ter exigido um pedido de desculpas a António Borges sobre as acusações que fez sobre a EDP e disse não se lembrar de ter falado com o economista após o congresso do PSD de 2005

Esta de não se lembrar de ter falado com António Borges "cheira" mesmo a "desculpa esfarrapada", muito próxima da "mentirola" ...

Sofisma ...

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago, garantiu hoje, na Figueira da Foz, que o número de licenciados em situação de desemprego é idêntico desde há cinco anos, recusando que haja cada vez mais recém-formados sem emprego

Dito assim, até parece verdade; mas não é ...!!!

O que presentemente acontece é que os licenciados, porque não conseguem um trabalho compatível com a sua licenciatura, aceitam os mais variados trabalhos, de carácter indiferenciado, como caixas de supermercado, empregados de balcão, vendedores, comissionistas, delegados de informação médica e quejandos ...
Vai daí que o senhor ministro diga que o número de licenciados desempregados não aumentou (o que, ainda assim, e sem querer contrartiar o senhor ministros e dos dados oficiais, parece um bocado estranho ...)

Agora, o que o senhor ministro devia dizer - mas não disse - é que todos os licenciados que estão presentemente empregados, estão em empregos compatíveis com as suas habiliatações e todos aqueles que se encontram no desemprego irão encontrar um emprego para o qual detêm a habilitação académica requerida. Não disse, porque essa realidade não existe.

Não existe, e vai ser cada vez mais dificil que venha a existir, porque para o governo o que contam são as estatísticas - o "sucesso escolar" e o "número/percentagem de licenciados" - sem cuidar de que uma licenciatura com a qual não é possível conseguir um emprego compatível é um puro lôgro ...

É com este "sofisma" que se continuam a enganar milhares de estudantes, fazendo-lhe crer que se tirarem um curso superior vão logo arranjar um emprego milionário ...

Afinal o homem "faz teatro" ...

domingo, 30 de março de 2008
"Um político tem o dever de disfarçar os seus estados de alma e apresentar boa cara e ânimo", disse o primeiro-ministro

... o problema é que se esquece muito das "deixas" ...!!!

Não tenha grande esperança ...

sábado, 29 de março de 2008
... que nestes produtos não vai sentir a descida de 1% da taxa do IVA:



Bens sujeitos à taxa de cinco por cento


1. - Produtos alimentares
1.1. - Cereais e preparados à base de cereais:
1.1.1 - Cereais.
1.1.2 - Arroz (em película, branqueado, polido, glaciado, estufado, convertido em trincas).
1.1.3 - Farinhas, incluindo as lácteas e não lácteas.
1.1.4 - Massas alimentícias e pastas secas similares, excluindo-se as massas recheadas.
1.1.5 - Pão e produtos de idêntica natureza, tais como gressinos, pães de leite, regueifas e tostas.
1.1.6 - Seitan.

1.2. - Carnes e miudezas comestíveis, frescas ou congeladas de:
1.2.1 - Espécie bovina.
1.2.2 - Espécie suína.
1.2.3 - Espécie ovina e caprina.
1.2.4 - Espécie equídea.
1.2.5 - Aves de capoeira.
1.2.6 - Coelhos domésticos.

1.3 - Peixes e moluscos:
1.3.1 - Peixe fresco (vivo ou morto), refrigerado, congelado, seco, salgado ou em salmoura, com exclusão do peixe fumado, do espadarte, do esturjão e do salmão, quando secos, salgados ou em conserva e preparados de ovas (caviar).
1.3.2 - Conservas de peixes (inteiros, em pedaços, filetes ou pasta), com excepção do peixe fumado, do espadarte, do esturjão e do salmão, quando secos, salgados ou em conserva e preparados de ovas (caviar).
1.3.3 - Moluscos, com excepção das ostras, ainda que secos ou congelados.

1.4 - Leite e lacticínios, ovos de aves:
1.4.1 - Leite em natureza, concentrado, esterilizado, evaporado, pasteurizado, ultrapasteurizado, condensado, fermentado, em blocos, em pó ou granulado e natas.
1.4.2 - Leites dietéticos.
1.4.3 - Manteiga, com ou sem adição de outros produtos.
1.4.4 - Queijos.
1.4.5 - Iogurtes, incluindo os iogurtes pasteurizados.
1.4.6 - Ovos de aves, frescos, secos ou conservados.
1.4.7 - Leites chocolatados, aromatizados, vitaminados ou enriquecidos.
1.4.8 - Bebidas e sobremesas lácteas.
1.4.9 - Bebidas, iogurtes e sobremesas de soja, incluindo tofu.

1.5 - Gorduras e óleos gordos:
1.5.1 - Azeite.
1.5.2 - Banha e outras gorduras de porco.

1.6 - Frutas frescas, legumes e produtos hortícolas:
1.6.1 - Legumes e produtos hortícolas, frescos ou refrigerados, secos ou desidratados.
1.6.2 - Legumes e produtos hortícolas congelados, ainda que previamente cozidos.
1.6.3 - Legumes de vagem secos, em grão, ainda que em película, ou partidos.
1.6.4 - Frutas frescas.

1.7 - Água, incluindo aluguer de contadores:
1.7.1 - Águas, com excepção das águas adicionadas de outras substâncias.
1.7.2 - Águas de nascente e águas minerais, ainda que reforçadas ou adicionadas de gás carbónico, sem adição de outras substâncias.

1.8 - (Eliminada)

1.9 - Mel de abelhas.

1.10 - Sal (cloreto de sódio):
1.10.1 - Sal-gema.
1.10.2 - Sal marinho.

1.11 - Batata fresca descascada, inteira ou cortada, pré-frita, refrigerada, congelada, seca ou desidratada, ainda que em puré ou preparada por meio de cozedura ou fritura.

1.12 - Refrigerantes, sumos e néctares de frutos ou de produtos hortícolas, incluindo os xaropes de sumos, as bebidas concentradas de sumos e os produtos concentrados de sumos.

1.13 - Produtos dietéticos destinados à nutrição entérica e produtos sem glúten para doentes celíacos.

2. - Outros:
2.1 - Jornais, revistas e outras publicações periódicas como tais consideradas na legislação que regula a matéria, de natureza cultural, educativa, recreativa ou desportiva. Exceptuando-se as publicações de carácter pornográfico ou obsceno, como tal consideradas na legislação sobre a matéria.

2.1-A - Contribuição para o audiovisual cobrada para financiamento do serviço público de radiodifusão e de televisão.

2.2 - Papel de jornal, referido na subposição 48.01 do sistema harmonizado.

2.3 - Livros, folhetos e outras publicações não periódicas de natureza cultural, educativa, recreativa e desportiva, brochados ou encadernados. Exceptuam-se: a) Cadernetas destinadas a coleccionar cromos, decalcomanias, estampas ou gravuras; b) Livros e folhetos de carácter pornográfico ou obsceno; c) Obras encadernadas em peles, tecidos de seda, ou semelhante; d) Calendários, horários, agendas e cadernos de escrita; e) Folhetos ou cartazes promocionais ou publicitários, incluindo os turísticos, e roteiros ou mapas de estradas e de localidades; f) Postais ilustrados.

2.4 - Produtos farmacêuticos e similares e respectivas substâncias activas a seguir indicados: a) Medicamentos, especialidades farmacêuticas e outros produtos farmacêuticos destinados exclusivamente a fins terapêuticos e profilácticos; b) Preservativos; c) Pastas, gazes, algodão hidrófilo, tiras e pensos adesivos e outros suportes análogos, mesmo impregnados ou revestidos de quaisquer substâncias, para usos higiénicos, medicinais ou cirúrgicos; d) Plantas, raízes e tubérculos medicinais, no estado natural. e) Tiras de glicémia, de glicosúria e acetonúria, agulhas, seringas e canetas para administração de insulina utilizadas na prevenção e tratamento da Diabetes mellitus. Compreendem-se nesta verba os resguardos e fraldas.

2.5 - Aparelhos ortopédicos, cintas médico-cirúrgicas e meias medicinais, cadeiras de rodas e veículos semelhantes, accionados manualmente ou por motor, para deficientes, aparelhos, artefactos e demais material de prótese ou compensação destinados a substituir, no todo ou em parte, qualquer membro ou órgão do corpo humano ou a tratamento de fracturas e as lentes para correcção de vista, bem como calçado ortopédico, desde que prescrito por receita médica, nos termos a regulamentar pelo Governo no prazo de 30 dias.

2.5-A - As prestações de serviços médicos e sanitários e operações com elas estreitamente conexas, feitas por estabelecimentos hospitalares, clínicas, dispensários e similares, não pertencentes a pessoas colectivas de direito público ou a instituições privadas integradas no Serviço Nacional de Saúde, quando estas renunciem à isenção, nos termos da alínea b) do nº 1 do artigo 12º do Código do IVA.

2.5-B - Soutiens, fatos de banho ou outras peças de vestuário, de uso medicinal, constituídas por bolsas interiores, destinadas à colocação de próteses utilizadas por mastectomizadas.

2.6 - Utensílios e quaisquer aparelhos ou objectos especificamente concebidos para utilização por pessoas com deficiência, desde que constem de uma lista aprovada por despacho conjunto dos Ministros das Finanças, da Solidariedade e Segurança Social e da Saúde.

2.7 - Utensílios e outros equipamentos exclusiva ou principalmente destinados a operações de socorro e salvamento adquiridos por associações humanitárias e corporações de bombeiros, bem como pelo Instituto de Socorros a Náufragos e pelo SANAS - Corpo Voluntário de Salvadores Náuticos.

2.8 - Prestações de serviços, efectuadas no exercício das profissões de jurisconsulto, advogado e solicitador a reformados ou desempregados, identificados como tais, às pessoas que beneficiem de assistência judiciária, a trabalhadores, no âmbito dos processos judiciais de natureza laboral, e a qualquer interessado, nos processos sobre o estado das pessoas.

2.9 - Electricidade.

2.10 - Utensílios e outros equipamentos exclusiva ou principalmente destinados ao combate e detecção de incêndios.

2.11 - (Eliminada)

2.12 - Transporte de passageiros, incluindo aluguer de veículos com condutor. Compreende-se nesta verba o serviço de transporte e o suplemento de preço exigido pelas bagagens e reservas de lugar.

2.13 - Espectáculos, provas e manifestações desportivas, prática de actividades físicas e desportivas e outros divertimentos públicos. Exceptuam-se: a) Os espectáculos de carácter pornográfico ou obsceno, como tal considerados na legislação sobre a matéria; b) As prestações de serviços que consistam em proporcionar a utilização de jogos mecânicos e electrónicos em estabelecimentos abertos ao público, máquinas, flippers, máquinas para jogos de fortuna e azar, jogos de tiro eléctricos, jogos de vídeo com excepção dos jogos reconhecidos como desportivos.

2.14 - (Revogada)

2.14-A - Gás natural

2.15 - Alojamento em estabelecimentos do tipo hoteleiro. A taxa reduzida aplica-se exclusivamente ao preço do alojamento, incluindo o pequeno almoço, se não for objecto de facturação separada, sendo equivalente a metade do preço da pensão completa e a três quartos do preço da meia-pensão.

2.16 - As empreitadas de construção de imóveis de habitações económicas ou de habitações de custos controlados, independentemente do promotor, desde que tal classificação esteja certificada por autoridade competente do ministério da tutela.

2.17 - As empreitadas de bens imóveis em que são donos da obra autarquias locais, sociedades de reabilitação urbana, associações de municípios, organismos públicos responsáveis pela rede pública de escolas secundárias ou associações e corporações de bombeiros, desde que, em qualquer caso, as referidas obras sejam directamente contratadas com o empreiteiro.

2.18 - Locação de áreas reservadas em parques de campismo e caravanismo, incluindo os serviços com ela estreitamente ligados.

2.19 - Portagens nas travessias rodoviárias do Tejo, em Lisboa.

2.20 - Prestações de serviços relacionadas com a limpeza das vias públicas, bem como a recolha, armazenamento, transporte, valorização e eliminação de resíduos.

2.21 - As empreitadas de reabilitação urbana, tal como definida no artigo 1.º do Decreto-Lei n.º 104/2004, de 7 de Maio, realizadas em imóveis ou em espaços públicos localizados em áreas de reabilitação urbana (áreas críticas de recuperação e reconversão urbanística, zonas de intervenção das sociedades de reabilitação urbana e outras) delimitadas nos termos legais.

2.21-A - As empreitadas de reabilitação de imóveis que, independentemente da localização, sejam realizadas, no âmbito de regimes especiais de apoio, financeiro ou fiscal, à reabilitação de edifícios ou ao abrigo de programas apoiados financeiramente pelo Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, I. P. (IHRU, I. P.)

2.22 - As empreitadas de construção de imóveis e os contratos de prestações de serviços com ela conexas, cujos promotores sejam cooperativas de habitação e construção, incluindo as realizadas pelas uniões de cooperativas de habitação e de construção económica às cooperativas suas associadas no âmbito do exercício das suas actividades estatutárias, desde que as habitações se integrem no âmbito da política social de habitação, designadamente quando respeitem o conceito e os parâmetros de habitação de custos controlados, majorados em 20%, desde que certificadas pelo Instituto Nacional de Habitação.

2.23 - As empreitadas de conservação, reparação e beneficiação dos prédios ou parte dos prédios urbanos habitacionais, propriedade de cooperativas de habitação e construção, cedidos aos seus membros em regime de propriedade colectiva, qualquer que seja a respectiva modalidade.

2.24 - As empreitadas de beneficiação, remodelação, renovação, restauro, reparação ou conservação de imóveis ou partes autónomas destes afectos à habitação, com excepção dos trabalhos de limpeza, de manutenção dos espaços verdes e das empreitadas sobre bens imóveis que abranjam a totalidade ou uma parte dos elementos constitutivos de piscinas, saunas, campos de ténis, golfe ou minigolfe ou instalações similares. A taxa reduzida não abrange os materiais incorporados, salvo se o respectivo valor não exceder 20% do valor global da prestação de serviços.

2.25 - As prestações de serviços de assistência domiciliária a crianças, idosos, toxicodependentes, doentes ou deficientes.

3. - Bens de produção da agricultura:
3.1 - Adubos, fertilizantes e correctivos de solos.
3.2 - Animais vivos, exclusiva ou principalmente destinados ao trabalho agrícola, ao abate ou à reprodução.
3.3 - Farinhas, resíduos e desperdícios das indústrias alimentares e quaisquer outros produtos próprios para a alimentação de gado e de outros animais, incluindo os peixes de viveiro, destinados a alimentação humana.
3.4 - Produtos fitofarmacêuticos.
3.5 - Sementes, bolbos e propágulos.
3.6 - Forragens e palha.
3.7 - Plantas vivas, de espécies florestais ou frutíferas.
3.8 - (Eliminada)
3.9 - Bagaço de azeitona e de outras sementes oleaginosas, graínha e folhelho de uvas.
3.10 - Sulfato cúprico, sulfato férrico e sulfato duplo de cobre e de ferro.
3.11 - Enxofre sublimado.
3.12 - Ráfia natural.

4 - Prestações de serviços silvícolas:
4.1 - Prestações de serviços de limpeza e de intervenção cultural nos povoamentos, realizadas em explorações agrícolas e silvícolas.


Bens sujeitos à taxa de 12 por cento:

1. - Produtos para alimentação humana:
1.1. - Conservas de carne e miudezas comestíveis:
1.1.1. - (Revogada)
1.2. - Conservas de peixes e de moluscos:
1.2.1. - Conservas de moluscos, com excepção das ostras.
1.3. - Frutas e frutos:
1.3.1. - Conservas de frutas ou frutos, designadamente em molhos, salmoura ou calda e suas compotas, geleias, marmeladas ou pastas.
1.3.2. - Frutas e frutos secos, com ou sem casca.
1.4. - Produtos hortícolas:
1.4.1. - Conservas de produtos hortícolas, designadamente em molhos, vinagre ou salmoura e suas compotas.
1.5 - Gorduras e óleos comestíveis:
1.5.1. - Óleos directamente comestíveis e suas misturas (óleos alimentares). 1.5.2. - Margarinas de origem animal e vegetal.
1.6. - Café verde ou cru, torrado, em grão ou em pó, seus sucedâneos e misturas.
1.7. - Aperitivos à base de produtos hortícolas e sementes.
1.8 - Produtos preparados à base de carne, peixe, legumes ou produtos hortícolas, massas recheadas, pizas, sandes e sopas, ainda que apresentadas no estado de congelamento ou pré-congelamento e refeições prontas a consumir, nos regimes de pronto a comer e levar ou com entrega ao domicílio.
1.9 - Aperitivos ou snacks à base de estrudidos de milho e trigo, à base de milho moído e frito ou de fécula de batata, em embalagens individuais.
1.10 - Vinhos comuns.

2. - Outros:
2.1. - Flores de corte, folhagem para ornamentação e composições florais decorativas. Exceptuam-se as flores e folhagens secas e as secas tingidas.
2.2. - Plantas ornamentais.
2.3. - Petróleo, gasóleo e gasóleo de aquecimento, coloridos e marcados, e fuelóleo e respectivas misturas.
2.4 - Aparelhos, máquinas e outros equipamentos exclusiva ou principalmente destinados a: a) Captação e aproveitamento de energia solar, eólica e geotérmica; b) Captação e aproveitamento de outras formas alternativas de energia; c) Produção de energia a partir da incineração ou transformação de detritos, lixo e outros resíduos; d) Prospecção e pesquisa de petróleo e ou desenvolvimento da descoberta de petróleo e gás natural; e) Medição e controlo para evitar ou reduzir as diversas formas de poluição.
2.5 - Utensílios e alfaias agrícolas, silos móveis, motocultivadores, motobombas, electrobombas, tractores agrícolas como tal classificados nos respectivos livretes, e outras máquinas e aparelhos exclusiva ou principalmente destinados à agricultura, pecuária ou silvicultura.

3. - Prestações de serviços:
3.1. - Prestações de serviços de alimentação e bebidas.


***
Depois de ter lido tudo isto, pense onde é que irá sentir - se é que se irá mesmo sentir ... - a descida da taxa do IVA ...!!!

E a professora? Também vai ser transferida de escola?

Numa das reuniões do conselho executivo, a professora Adozinda Cruz confirmou que autorizou os alunos a manterem os telemóveis ligados, permitindo-lhes que ouvissem música. Patrícia terá extravasado a ordem atendendo uma chamada da mãe.

Está tudo (vagamente) doido ...!!!

O chamado "argumento anormal" ...

sexta-feira, 28 de março de 2008
Este défice de 2,6 por cento em 2007 não foi obtido com a venda de nenhuma rede fixa à PT; este défice também não foi obtido com nenhuma titularização dos créditos fiscais (cujas consequências ainda agora estamos a pagar); nem foi conseguido com nenhuma transferência de um fundo de pensões para a Caixa Geral de Aposentações - declarou Sócrates, num ataque às medidas dos governos PSD/CDS

Isso sabemos nós! Este défice foi conseguido á custa de grandes sacrifícios de todos, por via do aumento da carga fiscal, explicito ou encapotado, de há três anos a esta parte.

Défice e "sacrifício fiscal"

O governo apregoa, muito ufano, "alto e bem som", ter conseguido reduzir o défice orçamental através das "reformas" e "medidas" que diz ter adoptado nesse sentido.

Afinal isso não corresponde à realidade - quem reduziu o défice fomos todos nós ao suportar uma carga fiscal excessiva e descontrolada, que gerou receitas que nem o próprio giverno previa. Ou seja, mau grado a despesa pública ter vindo sempre a aumentar, os impostos - leia-se o sacrifício fiscal - aumentou ainda mais, e completamente fora do controlo e das previsões do governo, permitindo a baixa do tão famigerado "défice". Como se confirma: A carga fiscal portuguesa subiu, durante o ano passado, a um ritmo mais elevado do que o esperado pelo próprio Governo, contribuindo de forma decisiva para a descida do défice público até aos 2,6 por cento do Produto Interno Bruto (PIB)

Pode dar jeito ...

Em tempos de "aperto financeiro", saber onde a gasolina é mais barata pode permitir poupar uns "tostões" ...

Como é complicado andar de posto de abastecimento em posto de abastecimento a ver preços para depois comparar, a solução práctica é vir aqui. Lá dizem tudo - e para quem não perceber, há um desenho ...

Se fosse assim, já não era mau ...


(tirada daqui)

Isso é porque já estamos todos "anestesiados" ...

quinta-feira, 27 de março de 2008
Consumidores não vão sentir corte no IVA

Está tudo na mesma linha ...

PS vai propor o fim do divórcio litigioso com base na culpa

Homem casado está grávido de cinco meses

Supercalifragilisticexpialidocious

Baixa do IVA fará reduzir gasolina em um cêntimo e gasóleo em 0,9 cêntimos

Espantoso ...!!!

Só pode ser doença ...

O mesmíssimo primeiro ministro que ainda há bem poucos dias afirmava peremptoriamente que quem fala em baixar impostos demonstra «leviandade e irresponsabilidade», acabou por anunciar ontem que o IVA vai baixar 1% ...

Ora porque de um primeiro ministro responsável não são de esperar actos de incoerência e muito menos actos levianos e irresponsáveis, resta considerar que o homem tem, certamete, um problema de "dupla personalidade" ... Coitado ...

Então e os outros ...???

Patrícia e Rafael, a aluna que agrediu a professora de Francês na Escola Secundária Carolina Michaelis e o colega que filmou o incidente, vão ser transferidos de escola

Então e o resto dos marmajos da turma que presenciaram o espectáculo sem qualquer reacção - ou antes, rindo e "ajudando" a que a cena pudesse continuar ...
Esses ficam na escola e continuam todos juntos ...???

Jeito ...

Isto costuma atacar os "engenheiros" ...

Pronto ...!!! A campanha eleitoral começou mesmo ...!!!

quarta-feira, 26 de março de 2008
José Sócrates acaba de anunciar que o défice baixou e que as contas públicas do país estão em ordem. «É altura de aliviar o esforço de todos os portugueses». A primeira medida anunciada foi a redução o IVA de 21% para 20%

Espera-se que, não obstante este "prato de lentilhas", os portugueses, na altura de votarem, não se esqueçam dos anos de "terror fiscal" (por exemplo, este governo, mal entrou e mau grado todas as promessas, aumentou o IVA em 2%, de 19% para 21%) ...

Adenda: a benesse é, na verdade, enorme - a baixa do IVA começa "já" a partir de Julho ...!!!

Isto não é nada demagógico nem populista (e, muito menos, oportunista) ...

O Governo poderá anunciar hoje a redução de impostos, avança o negocios.pt, nomeadamente uma baixa de um ponto percentual do IVA, para 20 por cento

E se não for hoje, é mais daqui a alguns dias ...

"Técnicos" ...

As escolas com problemas graves de indisciplina podem apresentar ao Ministério da Educação uma proposta para a contratação de técnicos ...

Por exemplo, polícias ...

E andam os de cá a lutar por telemóveis ...

Segundo o Daily Mail, dois adolescentes falsificaram assinaturas e conseguiram a autorização para organizar uma festa nas instalações da escola.

Os professores explicaram que a festa rapidamente se transformou numa orgia, na qual chegaram a participar 200 alunos e cuja maioria teve relações sexuais sem protecção.

O comportamento dos alunos obrigou a escola a distribuir pílulas do dia seguinte pelas alunas dos 14 aos 16 anos e a enviar uma carta aos pais advertindo para a possibilidade de os filhos terem doenças sexualmente transmissíveis ou gravidezes indesejadas.

Influências

Diz o Sol que uma das mais influentes professoras de Direito, ex-juiza do Tribunal Constitucional, foi hoje nomeada para o Conselho Superior do Ministério Público. Fernanda Palma é casada com o ministro da Administração Interna, Rui Pereira

Mas ... influente em quê ou porquê? So se for more uxoria ...

O estado da advocacia portuguesa

Já não se fala do valor de 1,67 € por análise do processo e elaboração da proposta de decisão administrativa, "no mínimo de 30 propostas por dia e por advogado", dos muitos milhares de processos de infracções ao direito estradal; já não se fala da meta de "separação "por estado de auto", no mínimo de 1000 processos físicos por dia e por advogado"; já nem se tem em conta que separar 1000 processos todos os dias ao longo de um mês (com 21 dias, excluindo fins-de-semana), dão o ganho de 1050 euros; e na situação, já pouco importa que no caso de fazer 30 propostas de decisão por dia, o advogado tem direito a 1052 euros ao final do mês.

O que é grave é que para evitar a prescrição de milhares de processos - sobretudo relativos a 2005 e segunda metade de 2006 - que obrigaram o Governo a contratar juristas, ao abrigo de um protocolo com a Ordem dos Advogados, nos termos atrás apontados, tenham sido recebidas pela Ordem 680 candidaturas em apenas seis dias ... 680 advogados que se disponibilizaram para fazer este trabalho, decerto por não ter outro ...

A advocacia, ou antes, muitos dos advogados deste país, devem andar mesmo muito mal ...
Começa a ser tempo de se repensar o sistema de "fábricas de juristas" que são todas as faculdades de direito, públicas e privadas, que "debitam" anualmente centenas de licenciados sem futuro, que se "refugiam" (quando conseguem) na advocacia, por falta de outro futuro ...
Talvez já chegue de tantos "enganos" e de outros tantos "desenganos" ...

Pelos vistos ...

terça-feira, 25 de março de 2008
... "toda a gente" (leia-se gasolineiras e estado) se "governa" com os combustíveis ... à custa dos automobilistas.

Os preços dos combustíveis sem impostos estão a subir em Portugal face à média da União Europeia a 15. O preço da gasolina sem chumbo 95 regista “sistematicamente” o valor mais elevado, de acordo com um estudo da Autoridade da Concorrência, relativo ao último trimestre de 2007.

Nem mais, nem menos ...!!!

O secretário de Estado da Educação, Valter Lemos, disse hoje, em entrevista à TSF, que a violência nas escolas se deve a factores externos às instituições

Aí está ...!!! O senhor secretário de estado acertou em cheio ...!!! A violência nas escolas deve-se a factores externos às instituições ...!!!

Por exemplo: ao ministério da educação, às políticas educacionais que segue e às lei que as corporizam ...!!!

Um novo "acontecimento isolado"

A agência do Banco Comercial Português, no Parque das Nações, foi assaltada esta tarde por um indivíduo armado «que se pôs em fuga a pé»

O "varejo" dos casamentos ...

As informações inquisitoriais das finanças sobre as despesas dos noivos a propósito do seu casamento poderiam muito bem ser obtidas de modo fácil e discreto através de um outro "interveniente" no casamento: o Padre ...!!!

Bastava "obrigar" o Padre a dar às finanças todas as informações pretendidas: quantos convidados - o Padre poderia calcular isso facilmente pelo número de bancos ocupados na cerimónia; o local da boda - o Padre nunca deixa de estar presente no repasto; o fotógrafo - ou não seja o Padre um dos mais fotografados neste eventos; a florista - há sempre que varrer a igreja depois da cerimónia ...

O mais complicado seria informar de onde vem o vestido da noiva. Que se saiba, a noiva não tem que mostar ao Padre a etiqueta do vestido ...

Faculdade obrigatória ...

segunda-feira, 24 de março de 2008
O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Carlos Lobo reconheceu hoje que nos pedidos de informação a contribuintes recém-casados exigidos por algumas direcções distritais de Finanças relativos aos custos de festas de casamento, “faltou acrescentar” que a informação “era de ordem facultativa”.

Pois deve ter faltado ...!!! É que os "pedidos" avisavam logo que à falta de resposta atempada, haveria lugar à aplicação de coima avultada ... Na verdade, não deve haver nada mais facultativo do que uma obrigação cujo incumprimento é sancionado a coima ...!!!

Ver o cisco e não ver o sol ...

Enquanto as finanças se entretêm a obrigar noivos a "chibar" quem lhes presta os serviços do seu casamento à procura de uma eventual evasão fiscal, é a polícia judiciária quem descobre esquemas monstrosos de verdadeira fraude fiscal ...

O estado actual do "nosso" ensino" ...

Espera-se que a menina não venha a ser incomodada e que a (colaborante) turma não sofra qualquer sanção, até porque estava em causa não prejudicar as filmagens...
Se não um lovor, quando muito uma avaliação suplementar, para todos poderem "transitar" de ano com boa nota ...
Já agora: seria bom conhecer-se a posição dos "papás" da menina sobre o acontecimento ...
Curioso é que perente estas mais que evidentes imagens, a escola tenha decidido instaurar um processo de averiguações ... Mas averiguar o quê?

Pois, pois ...!!! Há crise, há crise, mas vende-se tudo ...!!!!

Em Troia, todos os apartamentos T0 junto à praia, custam 250 mil euros e estão vendidos ou sinalizados.

Quem não tem cão, caça com gato ...

Há mais mediadores de seguros em Portugal do que nos Estados Unidos.

Quando se trata do Estado, já é legal ...

Teixeira dos Santos, ministro das Finanças, garantiu que o investimento de 235 milhões de dólares em paraísos fiscais, denunciados pelo Expresso, "é frequente e totalmente legal" , não sendo feita pelo Estado mas por accções "participadas e fundos".

Os casamentos estão cada vez mais caros...


Agora, para além das despesas directamente ligadas ao casamento - bôda, aluguer de tenda ou sala, vestido de noiva, transportes, viagem de núpcias, alojamentos, vestimentas diversas, flores, decoração e demais despesas - agora os noivos devem também passar a orçamentar uma verba suplementar - a destinada ao pagamento dos 2.500 € da coima por não fornecer estas informações às finanças ...

Voltando ao francês

Depois de ter sido revelada em vídeo do You Tube, mais um caso bem elucidativo da situação calamitosa em que se encontra o nosso ensino, ocorido com uma professora de francês do Carolina Micaelis a propósito de um telemóvel, houve logo quem viesse dizer que os telemóveis deviam ser proibidos na escola.

Era que mais faltava ...!!!

Então se não fosse facto do aluno-realizador ter filmado com o seu telemóvel, nunca aquela "cena canalha" tinha chegado ao grande público ...

Há uma coisa, porém, algo confusa: quem, pela primeira vez, disponibilizou a filmagem no You Tube queria denunciar a situação vivida pela professora ou queria "glorificar" o "edificante" comportamento da aluna e do resto da turma?

Tempo de Páscoa

Depois das cerimónias pascais, das procissões, do "compasso", das amêndoas, dos bolos de Páscoa, do sarapatel e do cabrito assado, dos padrinhos (muito "úteis" nesta época), dos folares, dos ovos de chocolate (mais uma invenção consumista), dos "engarrafamentos" e da circulação "com resistência" à ida e à vinda - estão passadas a festas da Páscoa.

Falta de concorrência

sexta-feira, 21 de março de 2008
Um membro da equipa de Vitor Constâncio foi nomeado para chefiar a autoridade da concorrência ...

Está tudo explicado ...

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, aconselhou hoje prudência no julgamento dos incidentes que se têm registado no Tibete, afirmando que a violência dos últimos dias tem como "objectivo político comprometer os Jogos Olímpicos" na China.

Ora pois ...!!! Aqui está a razão que faltava ...!!!

Aula de francês - parte 2

A coisa afinal tem explicação.

No noticiário da noite a SIC avançou que a mãe da aluna foi chamada à escola e tentou agredir a presidente do Conselho Executivo.

Portanto a menina do vídeo tem a quem saia ...!!!
Pelos vistos, a genética não erra: os genes transmitem-se de pais para filhos ...!!!

Uma pergunta: quando é que se criminalizam (especificamente) estas condutas dos pais e se pasam a prever para elas as devidas punições (exemplares)?

E ainda dizem que a mulher não é fonte de equilíbrio ...

quinta-feira, 20 de março de 2008


Aula de francês ...

Porque o YouTube não consegue carregar videos para aqui, fica apenas o link - http://www.youtube.com/watch?v=srDBa5fleZM - se bem que nada garanta que não venha a ser removido ... - de (mais uma) cena canalha que se passou numa escola portuguesa ...

Espera-se que a protagonista aluna não seja punida por tão digno comportamento, nem aos seus colegas do 9º C da Escola Secundária com 3.º ciclo Carolina Michaelis, no Porto, seja aplicada qualquer censura por não terem intervindo imediatamente, permitido assim a qualidade da filmagem ...

Qualquer reparo que seja feito, se a ele houver lugar, deve merecer, quando muito, uma avaliação suplementar de modo a que os alunos possam "transitar" de ano com altas classificações - porque merecem ...!!! - e porque não se pode prejudicar a taxa de sucesso escolar, tão do agrado do goveno ...

Já agora, seria bom saber qual a posição dos "papás" da menina, sobre este "desempenho" da sua pupila ...

Agora noutro registo.
Há situações escolares que são absolutamente intoleráveis.
Enquanto persistirmos em manter na escola, a qualquer preço, corrécios e bandalhos, arricamo-nos a só piorar o estado das coisas. A escola - pública ou privada - não pode acolher e manter na sua comunidade gente que não observa as mínimas regras de educação e respeito e se comporta como se fossem foragidos.
Há situações que só se resolvem com medidas drásticas. E, nestes casos, a medida apropriada é a expulsão, sem mais, da escola ou mesmo do sistema de ensino ... Não há que ter contemplações ...

Por outro lado, há muita coisa que se resolvia fácil e rapidamente com um par de estalos ou umas "canadas" valentes ... Oh se resolvia ...!!!

Afinal o PSD está a "toda a velocidade" ...

Marco António Costa e José Guilherme Aguiar, vice-presidentes da Câmara Municipal de Gaia, foram alvo de uma operação stop na manhã desta quinta-feira, em plena auto-estrada 1, porque o carro onde se faziam deslocar, dirigido pelo motorista oficial, atingiu os 183 km/h.

Isso é que é uma pena ...!!!

Paula Teixeira da Cruz, ex-líder da distrital de Lisboa, diz que não se revê na actual liderança do PSD, «nem no discurso nem no estilo do dr. Luís Filipe Menezes»

Meneses até pode ter problemas vários no seu partido. Mas esta declaração é decerto "o lado para onde dorme melhor" ...

Abriu a época do "vale tudo"

O Governo apresentou em duas cerimónias públicas realizadas no Algarve, no domingo e ontem, um vídeo de propaganda com as obras de requalificação que vão ser realizadas na Estrada Nacional 125 (EN125) em que surge o jornalista José Rodrigues dos Santos na abertura do ‘Telejornal’.

Na verdade, as eleições aproximam-se a passos largos ...

Qual será a razão?

Os estudantes universitários portugueses estão a acabar os cursos num menor número de anos, dado que aponta para uma descida do insucesso escolar ... ou então, do aumento da "balda" ...

Record em terra alheia ...

Cristiano Ronaldo marcou dois golos no jogo entre o Manchester United e o Bolton, ultrapassando o registo de 32 golos pertencente ao mítico George Best

Cada um sabe de si ...

O primeiro ministro, azêdo, como de costume, com a oferta de "amêndoas de Portalegre" (talvez as últimas) pelo líder do CDS-PP, resolveu classificar o gesto como "pimba"...

Ora quem fala assim é porque sabe do que fala ...

Metade de coisa nenhuma ...

O primeiro ministro anunciou, de forma tronitruante, no Parlamento, que o valor das taxas moderadoras a pagar por "maiores" de 65 anos ia ser reduzido para metade!

Grande anúncio ...!!! Mais uma medida de fundo ...!!! Palmas calorosas (dos "sacristãos") do PS ...!!!

Porém, "apertado" pelo lider parlamentar do PSD, o primeiro-ministro, naquela suas reacções explosivas de atirar "às canelas" sempre que "leva nas orelhas", retorquiu sem sequer se dar conta do que dizia: disse que mais de 80% dos idosos já estavam isentos de taxas moderadoras ...

O que significa que a magnânime medida de redução das taxas moderadoras, de âmbito geral para idosos de mais de 65 anos - cuja efectivação ele atribuiu à miraculosa receita do governo para eqilíbrio das contas públicas na saúde - vai abranger apenas menos de 15% do seu público-alvo, porque os demais já estão isentos ...

Se isto não é pura "propaganda política enganosa", não se sabe então o que seja ...

Se a lógica não é uma batata ...

quarta-feira, 19 de março de 2008
1. Os museus portugueses vão estar abertos na Sexta-Feira Santa e no domingo de Páscoa

2. Porque segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública, não foi apresentado o habitual pré-aviso de greve de três dias mediante o qual os trabalhadores dos museus e palácios protestavam contra o trabalho em feriados sem a respectiva remuneração suplementar

3. Este protesto repetia-se desde que o ex-ministro da Cultura, Manuel Maria Carrilho, decidiu decretar administrativamente a obrigatoriedade de aqueles trabalhadores laborarem na Sexta-Feira Santa e no Domingo de Páscoa sem qualquer remuneração suplementar

4. A situação arrastou-se durante o período em que Isabel Pires de Lima tutelou a Cultura

5. mas este ano os museus vão mesmo estar abertos

6. não tendo sindicato adiantado as razões da não repetição do protesto

Ora, se a lógica (ainda) não é (completamente) uma batata, 2+2 ainda serão 4, ou coisa que o valha ...

Então se a greve tem sido sucessivamente convocada porque não tem sido pago aos trabalhadores qualquer remuneração suplementar e se este ano ela não foi convocada, isso dever-se-á a quê? À boa vontade do sindicato e dos trabalhadores? Está-se bem em crer que não ...!!!

Quer isto dizer que o governo ou pagou as exigidas remunerações suplementares ou compensou de alguma forma os trabalhadores, de modo a "calar" o sindicato ...

Por outro lado, o Sindicato dos Enfermeiros Por-tugueses e o Ministério da Saúde chegaram ontem a acordo sobre os prémios de desempenho nas unidades de saúde familiar (USF), ficando, no entanto, ainda em aberto a definição da modalidade de pagamento desses incentivos.

Estamos em crer que a apregoada (pelo governo) existência de privilégios na função pública afinal não é mesmo uma miragem ...

Porém o governo, na sua decidida acção para erradicar essa "praga" dos privilágios (que põem em causa o principio da igualdade ...), comporta-se exctamente como um Robim dos Bosques: tira a uns (mas curiosamente, sempre os mesmos grupos de funcionários) para dar a outros (mas também eles, sempre os mesmos grupos de funcionários) ...

A ignomínia já não engana ...

A descida em seis por cento do preço dos medicamentos decretada pelo Ministério da Saúde no início do ano passado praticamente não favoreceu os doentes, mas apenas o Estado. Os eventuais benefícios da baixa de preços nos bolsos dos utentes foram anulados pelos cortes nas comparticipações decretados nesse mesmo ano pelo Ministério da Saúde

Há "igualdades" mais "iguais" que outras ...

Um costumeiro articulista do Público afirma, em escrito de sua lavra, que os funcionários públicos gozavam de muitos privilégios face aos trabalhadores do sector privado.
Seja!

Mais diz que esse privilégios iam desde remunerações em geral mais elevadas até uma generosa abertura à acumulação com funções privadas ...
Seja!

Aduz também que dentro do sector público havia ainda vários regimes especiais que conferiam consideráveis vantagens adicionais ...
Seja!

Refere que se conhece o "ataque" que o actual governo moveu a esta situação, em nome da igualdade de condições, de eficiência e qualidade do sector público e da disciplina financeira. Foi o fim, ou drástica redução, dos regimes especiais ...
Assim seja!

Estamos então para ver o artigo que o citado articulista vai escrever quando o governo reformar o Estatuto da Carreira Docente Universitária - carreira à qual pertence - retirando aos professores universitários as prerrogativas de que vêm gozando, não permitindo que acumulem com a sua actividade docente outras funções privadas, não pagando adicionalmente aos que abdicam dessa possibilidade, obrigando-os ao cumprimento do horário de trabalho em vigor na função pública, com controlo de horário (o "pica-ponto" ...), passando o seu vínculo a ser também o contrato de trabalho - tudo isto em nome da igualdade de condições, de eficiência e qualidade do sector público e da disciplina financeira ...

Espera-se então escrita do mesmo teor - directo e apologético - sem manifestações de resitência à mudança, protestos, ou reacções surdas ou corporativas (que é, como se sabe, coisa muito feia) ou invocações (mais ou menos sibilinas) da sua "não pertença" à função pública ...!!!
Tanto mais que, as reformas no sector público, quando claramente dirigidas a melhorar os serviços e a reduzir o seu custo orçamental, tendem a obter apoio popular, mesmo perante o protestos do seu pessoal ...

A não ser que - vá-se lá saber porquê - aos professores universitários nada venha a acontecer, (tudo isso sempre) em nome da igualdade de condições ...

Cargo "complicado" ...

terça-feira, 18 de março de 2008
Logo a seguir à tomada de posse, o novo governador de Nova Iorque, David Paterson, admitiu ter tido uma relação extra-matrimonial, estando ainda a pairar nos media o escândalo do seu antecessor, Eliot Spitzer

Parece que o cargo de governador de NY tem uma qualquer conotação sexual ...!!!

Ih, ih, ih ...!!!

Polónia ameaça referendar Tratado de Lisboa

Isto vai (mesmo) ter graça ...!!!

Só pode ter sido mesmo ele ...

O governo chinês exigiu hoje uma investigação internacional ao envolvimento do Dalai Lama nos protestos de Lhasa contra a administração chinesa no Tibete

É que as manifestações só podem mesmo ter sido urdidas por aquele senhor careca, de óculos enormes, e com umas vestimentas pouco ortodoxas ...
A carinha dele não engana: longo estorial de violência, tortura, prisões arbitrárias, desaparecimentos misteriosos, ausências perpétuas, perseguições pessoais, revoluções culturais, grandes saltos em frente, pena de morte, deportações, julgamentos sumários, massacres, julgamentos populares, repressão violenta, etc, etc, etc, ...
Está visto ... As manifestações são mesmo da sua autoria ... E assim sendo está legitimada qualquer violência na repressão dessas manifestções ...!!!

Subsidiação socialista tipo "scut"

A secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, anunciou esta segunda-feira a criação de gasóleo profissional mais barato, até final do primeiro semestre, para os transportadores rodoviários de passageiros

Com esta forma "scutística" de subsidiação do gasóleo dos transportes de passageiros, o que vai acontecer é um sistema em que cada passageiro paga o seu o bilhete e todos nós pagamos o gasóleo da viagem ...

Tapar o sol com uma peneira ...

Europa não está ameaçada, de momento, por uma recessão

O que é preciso é calma ...

Na Grande Lisboa o comércio está em pânico com assaltos

Ora o que é preciso é calma ...!!! Cada um desses assaltos não passa de um "acontecimento isolado" ...!!!

Já começam a tornar-se habituais ...

Ontem foi mais um "dia negro" nas bolsas de valores.

Como será o dia de hoje? "Em branco"?

Flexi-piercing ...

PS disponível para suavizar proibições no uso de 'piercings' e tatuagens

Admiração ...???

O (bloquista) colunista do Expresso Daniel Oliveira foi condenado pelo Tribunal de Lisboa a pagar ao presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, a quantia de dois mil euros pelo crime de difamação, num processo interposto por Jardim contra o semanário Expresso pelo artigo de opinião intitulado "O Palhaço Rico", assinado pelo colunista e publicado naquele semanário em 10 de Junho de 2005, na coluna designada "Choque e Pavor".

Não deixa de ser curioso que o autor da acção seja também autor de um conjunto de "pérolas" e disparates que "fervem" ...
Mas também é verdade que há colunistas que julgando-se detentores da "verdade para todos", dizem o que lhes apetece, apetite tanto maior e mais voraz quanto os visados não sejam da sua côr ...

O grande mal deste país é que toda a gente pensa que pensa ...

De novo, o oráculo ...


A ex-ministra das Finanças Manuela Ferreira Leite recusou segunda-feira que o PSD esteja em «polvorosa», considerando que as polémicas das últimas semanas são apenas «acidentes de percurso» e que os sociais-democratas estão «unidos».

Ainda bem ...

segunda-feira, 17 de março de 2008
... que o ministro da agricultura não é ministro da justiça ...!!!

O Ministério da Agricultura tem em preparação um despacho que obrigará os donos dos cães considerados perigosos a procederem à sua esterilização no prazo de dois meses ...

À razão de 5% ...

O governo parece que encontrou um número mágico para quantificar as adesões à greve da função pública - 5%.

Na greve de Novembro de 2006 o governo estimou a percentagem de adesões à greve precisamente em 5,11%

Na greve da passada sexta feira o governo calculou as adesões em 5,3%.

Tal coincidência de números dá que pensar: ou são sempre os mesmo que fazem greve ou o governo pretende ser o "senhor 5%" dos dados das adesões às greves da função pública...

Ora esta ...

Os combustíveis não param de aumentar. Os preços reflectem já os sucessivos recordes do petróleo.

Mas não foi para aí dito e redito que foi precisamente para controlar as fontes de petróleo que os americanos e demais aliados invadiram o Iraque? Não se percebe então esta escalada de preços ...!!!

O "negócio" está difícil ...


Bancos em saldo ...

O banco norte-americano JPMorgan Chase anunciou domingo a compra do banco de negócios Bear Stearns, ameaçado de falência, por apenas 236 milhões de dólares, cerca de 151 milhões de euros.
Os conselhos de administração das duas empresas aprovaram a transacção, por troca de acções, atribuindo um valor de apenas dois dólares a cada título do Bear Stearns. As acções do Bear Stearns fecharam a semana a 30 dólares, na sexta-feira, quando o seu valor bolsista chegava aos 3,5 mil milhões de dólares (2,2 mil milhões de euros).

A crise começa a deixar de ser um "cenário" para passar a ser uma realidade ...

Mais um "acontecimento isolado" ...

Um dos três militares da GNR que surpreenderam trio de assaltantes a arrombar o portão de uma fábrica, em Santa Maria da Feira, foi ferido a tiro, com gravidade, na cara

Haja quem nos proteja da "voragem fiscal" do governo ...


Comissão e Parlamento europeus querem equiparar as taxas cobradas no gasóleo e gasolina sem chumbo na UE, impedindo países como Portugal, que têm os impostos mais altos, de os aumentar

Impostos levianos ...

O ministro das finanças falou, há dias, na "ambiência" de mais uma "sessão" de contestação ao governo, na possibilidade de poder vir a dar-se uma baixa de impostos.

Ficou agora a saber-se, pela boca do seu "chefe", que isso - baixar impostos - é "leviano" e "irresponsável" ...

Assim sendo, então é nas mãos de uma pessoa "leviana e irresponsável" que estão as finanças do país - a menos que tais epítetos sejam aplicados "selectivamente": quando a "baixa de impostos" é proposta por gente do PS ou do governo é "correcta"; porém, quando é proposta por qualquer político dos demais partidos então passa a ser "leviana e irresponsável" ...!!!

Concedem-se...

Parece que as rotundas, os semáforos, os buracos e os "engarafamentos" da 125 vão ser concessionados ...

O mal e a caramunha ...

sábado, 15 de março de 2008
O demissionário presidente da secção de Cascais do PSD, António Capucho, afirmou hoje que Luís Filipe Menezes «terá de pedir desculpa» pelas críticas que lhe dirigiu na quinta-feira, acusando-o de «sair cronicamente dos lugares de responsabilidade».

Porque vai ser pouquinha gente ...

Segundo a Polícia de Segurança Pública (PSP) foi a «avaliação do risco» que esteve na origem da decisão de não enviar agentes às federações distritais e concelhias do PS, no sentido de tentar apurar qual o número de autocarros que os socialistas prevêem que se desloquem ao Porto para o comício de celebração dos três anos de Governo deste sábado

O governo é que sabe o que é bom para o nosso bem ...

O governo vai proibir o uso de roupas leves no Inverno, e a impor a utilização de um chapéuzinho no Verão, a fim de evitar que as pessoas apanhem constipações ...

As mães escondem sempre os defeitos dos filhos ...

sexta-feira, 14 de março de 2008
«Sou um homem generoso, pelo menos é o que diz a minha mãe» diz o primeiro ministro.

"Com Fafe ninguém fanfe" ...

O bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho Pinto, considera que o encerramento de tribunais (previsto no mapa judiciário) pode exaltar um sentimento de “justiça pelas próprias mãos” na população ...

Ora pois: generalização da "justiça de Fafe" ...

Velocidade de antecipação ...

O governo mesmo antes de criar um "balcão electrónico" para o "casamento na hora", já criou um para o "divórcio na hora" ...

O respeito das cores ...

Vermelho é a cor da vitória no futebol, dizem investigadores.

Daí o Benfica ter mudado a camisola para "côr-de-rosa" ...

Instruções de lavagem ...

Se alguém fosse capaz, faria uma obra de misericórdia se explicasse como é que o pagamento de quotas de um partido em dinheiro pode representar um perigo de "lavagem de dinheiro" ...

E já agora: só quotas de partidos políticos?
Ou o perigo é o mesmo com quotas pagas em dinheiro a clubes de futebol, associações de beneficência, confrarias de diversa ordem, bandas de música, e outras agremiações congéneres?

É que há imensa gente a inventar formas de "lavar dinheiro" mas esta "mecânica", decerto, nunca lhes tinha passado pela cabeça ...

Os responsáveis ...

Parece que o ministro da administração interna se prepara para ter em conta na insuficiência no combate aos incêndio deste ano, o facto do Tribunal do Contas ter recusado o "visto" a contratos por "ajuste directo" a empresas de aluguer de helicópteros de combate a incêndios ...

Portanto, quando houver incêndios, chamem os conselheiros do TC ...!!!

Isto não tem importância nenhuma ...

quinta-feira, 13 de março de 2008
O arcebispo caldeu de Mossul, sequestrado no passado dia 29 de Fevereiro, foi encontrado morto, esta manhã, nos arredores daquela cidade do Norte do Iraque, anunciou o bispo auxiliar de Bagdad. Paulos Faraj Rahou tinha sido sequestrado há duas semanas por um grupo armado que abateu no local os três seguranças que o acompanhavam.

Do lado muçulmano não se notam reacções. No ocidente, cada vez mais decrépito e decadente, "assobia-se para o lado", ou, quando muito, culpa-se a América pelo facto, pois se não tivesse invadido o Iraque, nada disto era realidade ...

Porém, certo é que, se o mesmo tivesse acontecido a um qualquer imã ou dignitário religioso muçulmano num país católico, "aqui d'el rei", o que não havia de ser ...: manifestações e ameaças dos muçulmanos, "excumunhões" e decretamento de perseguições, um côro das "vozes do costume" - sempre muito "pacifistas" e muito "esquerdistas" - a condenar o ocidente por mais uma atrocidade, o costumeiro ataque à Igreja Católica e à América ...

Mas afinal que importância tem o arcebispo caldeu de Mossul, quando ele nem sequer é muçulmano?

"Paris vale bem uma missa" ...


Não será exactamente o caso. Mas então, se calhar, há que adaptar a frase de Henrique IV de França: "Ashley Dupré vale bem o cargo de governador de Nova York ..."

O azar de preferir mulheres ...

O governador de Nova Iorque apresentou ontem a sua demissão do cargo.O democrata Eliot Spitzer, conhecido pelas suas cruzadas moralistas contra grandes nomes de Wall Street, reconheceu ter estado com uma prostituta num hotel de Washington.

Se em vez da dita senhora tivesse passado a noite com um homem, decerto que, para além de não lhe acontecer nada, isso ainda era motivo de orgulho ...

Não haja dúvida: há qualquer coisa de errada com estes "moralismos" ...

Vaca ...

(by mail)

O regresso da Pitonisa


Curioso: a mesma "destacada militante" do PSD não criticou as atitudes de (vários) militantes do PSD para com a direcção do partido legitimamente eleita (pelo menos, ninguém se queixou ...) não considerando que a guerra que movem aos actuais dirigentes dão um "sinal de fragilidade" e de que eles não se podem dar ao luxo de tratar mal quem os militantes elegeram, quando esses mesmos críticos nem sequer se propuseram ir a eleições ...
Ou será que os oráculos são "unidireccionais"?

Linguagem cifrada ...


Fenprof mantém: «Avaliação deve ser suspensa»

Decifrando: Fenprof (e os sindicatos em geral) não querem avaliação - esta ou qualquer outra (*) ...

(*) O que se comprova, desde logo, por esta posição: A Fenprof anunciou, esta quarta-feira, que só haverá acordo com o Ministério da Educação em matéria de avaliação de desempenho se o processo for suspenso este ano lectivo e aplicado a título experimental em 2008/09, havendo depois uma negociação com os sindicatos para eventuais alterações e correcções.
Já se está a ver a "história" ...

Azul-laranja ...

quarta-feira, 12 de março de 2008

O novo "logo" do PSD ...

Não obstante a fotografia ...

...ainda não houve desmentidos ...!!!

Já cá faltavam estes ...


Ambientalistas contra terceira travessia do Tejo

Para esta "artistas", ainda estávamos no tempo das "passagens a vau"...

Bucolismo ...


A polícia holandesa quer liberalizar a partir de setembro o sexo em parques públicos

Limpeza "interior" ...


PSD: «A purga começou»

Lei das compensações


Para compensar o fecho de 121 serviços locais do Fisco - as antigas repartições de Finanças -, dispensa de pelo menos dois mil funcionários tributários em todo o país em resultado de concentrações de serviços, fusões das tesourarias com os serviços de cobrança das autarquias e da Segurança Social, o ministro da Administração Interna, Rui Pereira, garantiu hoje que o Governo pretende abrir novas esquadras da PSP e mais postos da GNR, além de manter as actuais estruturas, no âmbito do programa "Policiamento de Proximidade".

Flexi-avaliação

O Ministério da Educação (ME) anunciou hoje estar disponível para adoptar "soluções flexíveis" na aplicação do processo de avaliação de desempenho dos professores e admitiu introduzir "correcções" ao modelo, mas apenas no final do próximo ano lectivo

Felizmente que as manifestações dos professores não impressionam o governo ... Fará se impressionassem ...

A diferença ...

terça-feira, 11 de março de 2008
O FC Porto emitiu ontem um comunicado a avisar a Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) de que houve "contactos" para a renovação com Jesualdo Ferreira, mas que "não foram concluídos os termos da renovação, nem tão-pouco formalizado qualquer tipo de acordo". No sábado, o professor tinha garantido à imprensa que em 2008/09 continuaria a treinar o FC Porto.

Ao menos, o treinador do Benfica, quando saiu, saiu mesmo - não houve "tétézices" ...

Isso é que era bom ...!!!

Finanças prevêem fechar um terço das repartições

E também deixam de cobrar os correspondentes impostos ...???

A vida é terrível ...

Por outras palavras: o estado de graça de Sócrates dá sinais de fraquejar; pelo contrário, o estado de desgraça do PSD dá sinais de grande saúde. Está vivo e recomenda-se.

Grão a grão ...

O Governo poderá contratar seguros de Saúde privados para substituir a ADSE se seguir a proposta da comissão que elaborou o Relatório do Programa de Reestruturação da Administração Central do Estado (PRACE) para o Ministério das Finanças

Depois basta que os seguros passem a ser pagos pelos próprios funcionários, e pronto ...!!! O Estado lá se conseguiu livrar da assitência na doença dos seus trabalhadores ...

Operação "charme" ...

No seu programa de comentário político Falar Claro na RTP, António Vitorino disse ontem que o Governo deve aceitar que a aplicação do novo modelo de avaliação seja “aferida” ao longo do tempo e não concretizado “instantaneamente”.

Chama-se a isto "abrir caminho" ...
Há políticos/comentadores que fazem mais pelo governo que os próprios governantes.

Oh! Quem me dera ser juiz ...!!!

O ministro da Justiça, Alberto Costa, decidiu actualizar o subsídio de renda de casa dos juízes. O valor passa de € 700 para € 775 mensais, com efeitos retroactivos a Janeiro deste ano. Este subsídio é livre de impostos.

É assim este governo. Depois de muito atribular os juizes com a intenção de cortar drásticamente nas "perrogativas" do seu estatuto profissional (até queriam aplicar-lhes as regras dos funcionários públicos), agora, de pé para a mão, vá de aumentar-lhes o subsídio de renda de casa.
Sim, coitados deles...!!! Que os juízes são, de entre os vencimentos pagos pelo Estado, os que auferem montantes mais elevados ...

Desconchavo total

A concentração dos serviços de saúde e a deficiente rede de estradas e transportes torna num calvário a vida de muitos doentes do distrito de Bragança, que perdem em penosas deslocações os benefícios dos tratamentos que recebem cada vez mais longe de casa. A situação é "preocupante e merece reflexão", alerta Berta Nunes, coordenadora da sub-região de Saúde de Bragança.

A reforma do sistema de saúde, mau grado as afirmações do ex-ministro e o silêncio da actual ministra-anestesia, foi feita de forma "desconchavada" e gerou em alguns casos, pelo menos, situações graves de inacessibilidade e onerosidade de acesso a cuidados de médicos e de saúde.
Mas, pelo menos, já é possível falar nisso sem correr o perigo de ter logo o ministro Campos a insurgir-se ameaçadoramente ...

Na América, aquilo é que é tecnoclogia ...

segunda-feira, 10 de março de 2008
Variados fármacos, incluindo antibióticos, anti-compulsivos e hormonas sexuais, foram encontrados na água potável dos EUA que abastece pelo menos 41 milhões de americanos

Onde é que eles terão feito a recolha da água? Não se terão enganado no sítio?

Música (de baile) ...

Logo após o ministro das finanças ter dito que havia possibilidade de baixar os impostos, o primeiro-ministro considerou hoje ser ainda cedo para se falar em descida de impostos ...

Esta é a forma do governo fazer política: dizer uma coisa hoje, desmenti-la amanhã, para logo a (re)anunciar depois ...

E assim, com estas "papas e bolos" se vão enganando os "tolos", já lá vão três anos ...

Há formas mais elegantes de tratar estas coisas ...

O Governo aprovou em Conselho de Ministros, na passada quinta-feira, uma proposta de alteração de lei, relativa ao pagamento do complemento de pensão de reforma a militares, no mesmo dia em que a Associação Nacional de Sargentos foi ouvida no Ministério da Defesa, após ter sido convocada por essa tutela

... mas só são exigíveis a quem tem princípios.

Crença socialista

Espanha tem na calha programa de obras públicas para dinamizar a economia

Afinal não é só por cá ...

Mais vozes que nozes ...

Corre para aí que o próximo treinador do Benfica se chama José ...

Tomara o Benfica ...!!!

Os nomes dos vizinhos ...

Neste momento, e depois do resultado com o Guimarães, decerto que o Sporting adorava que o seu treinador se chamasse Camacho ...

Mas, como se sabe, não chama ...

Mais socialismo ...

PSOE vence legislativas mas sem maioria absoluta

Chicotada psicológica

Benfica "despedido" por Camacho ...

"Melhoras" que são "pioras" ...

domingo, 9 de março de 2008
Há dias, o Diário Económico, noticiava que novos salários da Função Pública vão ser mais altos. Dito assim até parecia poder ser verdade. Desde logo não era. Mas parece que o dito jornal adora veicular propaganda governamental ...

Certo é que a verdade vem sempre ao de cima. E parece que afinal os ditos "salários mais altos" vão ser, afinal, salários mais baixos. Pelo menos para as carreiras do regime geral da administração pública - pois que as demais, porque compostas por grupos profissionais com forte "consciência de classe" e uma capaciadade reivindicativa que não têm pejo em utilizar, essas devem ficar fora deste "benefício", ou até venham a ter melhores remunerações.

É que depois das "manifestações de descontentamento" por razões não salariais, a última coisa que se está a ver é o governo "comprar" um guerra com os médicos ou com os professores por causa dos vencimentos. No estado em que estã as coisas, daí até à desobediência civil seria um passo...

É evidente que quem "paga sempre as favas" são os funcionários do regime geral, uma mole de gente em que se misturam juristas, engenheiros, administrativos, topógrafos, operários e quejandos, as categorias mais baixas sempre a reboque da categorias mais altas à luz duma inexplicável "igualdade" de estatuto, "liderados" por sindicatos "semi-operários", que nada mais reivindicam que melhores vencimentos, mesmo que isso signifique hipotecar o futuro. Mas quanto a diferenciar estatutos é que nada ... Para eles um jurista é exactamente o mesmo que uma empregada de limpeza, um engenheiro é o mesmo que um operário carpinteiro de limpos e um economista o mesmo que um fiel de armazém ...
Para agravar a posição dos licenciados da administração pública - os designados técnicos superiores - agora até os misturam com os técnicos - os designados "engenheiros técnicos" (como o primeiro ministro antes da "independência" ...) - numa mesma carreira.
O princípio do governo é simples: quanto mais "divisão" e confusão de interesses, melhor - mais de dilui a "consciência de classe" e o poder de reivindicação ...

Por uma questão de (cintos de) segurança ...

A Brigada de Trânsito da GNR reteve ontem na área de serviço de Aveiras 20 autocarros que transportavam cerca de mil docentes e já não conseguiram chegar a Lisboa à hora da manifestação. As viaturas foram detidas numa operação de fiscalização da polícia pelo facto de haver passageiros em pé, o que indicava que não iam a respeitar a obrigatoriedade de uso do cinto de segurança

É de assinalar o desvelo da brigada de trânsito com a segurança dos manifestantes ...

País de absurdos ...

O «maior concerto do Mundo», promovido por músicos de Santarém, alcançou às 16:00 deste domingo o recorde de 186 horas de música sem parar, mas o objectivo é prosseguir até à meia-noite de terça-feira

A "primavera" do nosso descontentamento

Depois da "marcha do descontentamento", agora o "manifesto do descontentamento".
Parece que chegou a "primavera dos descontentamentos" ...

As promiscuidades do costume ...

sábado, 8 de março de 2008
Um documento de Catalina Pestana apareceu misteriosamente nas mãos do advogado de Paulo Pedroso. E quem o passou foi o chefe de gabinete do ministro Vieira da Silva. A juíza já participou ao Ministério Público. O caso prova as ligações entre o Governo e Paulo Pedroso, num caso em que este processa o Estado.

Pois é, pois é... Mas o casino é que é uma coisa gravíssima ...

A dialéctica da democracia ...

Perante a manifestação dos professores, a ministra da educação diz que não muda de política.
Perante a irredutibilidade da ministra os professores dizem que não desistem.

Em que é que tudo isto contribui para o ensino (de qualidade) dos jovens?

É mesmo pena ...

sexta-feira, 7 de março de 2008
... que as leis e as regras que cada um se encontra obrigado a cumprir, não sejam de sua própria autoria.

É que o Parlamento aprovou por unanimidade esta sexta-feira o fim da obrigação de os partidos terem um número mínimo de filiados

A ver pelo exemplo, não se consegue imaginar até onde nos poderia levar esse poder de cada um fazer para si as suas própias regras ...

Mais um ...

Os partidos políticos espanhóis decidiram suspender a campanha eleitoral, a dois dias das legislativas, na sequência do assassinato, esta manhã, de um ex-vereador socialista do País Basco, acção que a polícia atribuiu à ETA.

Nem são precisos comentários ...

Finanças não comentam comparações da ministra da educação sobre avaliações de funcionários públicos e de professores

Um acontecimento absolutamente pontual ...

Os exames periciais às balas dos homicídios de Alexandra Neno, em Sacavém, e de Diogo Pereira, em Oeiras, indicam que a arma utilizada terá sido a mesma

Uma questão de controlo

quinta-feira, 6 de março de 2008
Agentes da PSP estiveram, esta quarta-feira, em duas escolas de Ourém para saber quantos professores irão à Marcha da Indignação do próximo sábado em Lisboa, justificando o pedido de informação «com a necessidade de controlar o trânsito».

Pois ... "controlar o trânsito" ...

Confirma-se

Havia bombeiros perto, a 400 metros, mas INEM chamou outros, a 57 quilómetros de distância. Entretanto a pessoa morreu à espera de assistência.

Na verdade, não houve qualquer mudança na política de saúde ...

Manifestações "de pavilhão" ...

Socialistas transferem comício nacional no Porto para pavilhão desportivo e desistem da Praça de D. João I

Não vá o diabo "tecê-las" ....

Isto não é perseguição aos notários privados, não senhor ...

Finanças colocam associações empresariais e notários privados nos sectores de risco

Como um bom título esconde uma "inverdade" ...

Parangona o Diário Económico: Novos salários da Função Pública vão ser mais altos

Umas bresves notas:

1. Os salário não vão ser mais altos porque a passagem do actual regime de escalões para o novo sistema de níveis é efectuada com base no valor monetário do vencimento. Assim transita-se para o nivel salarial que corresponda ao vencimento actualmente auferido, ou para o nível salarial imediatamente inferior, mantendo-se contudo o valor do vencimento que se aufere actualmente.

2. As especativas de melhoria salarial de quem já se encontra no topo das carreiras é tão ténue e longínqua que verdadeiramente ela não existe mesmo.
Na verdade, na maior parte dos casos, quem está no topo das carreiras estará perto da aposentação. Com as regras que agora vigoram para mudança de nível, e face à contracção dos orçamentos dos serviços, é evidente que não vai haver dinheiro para progressões, ou pelo menos para todas as progressões. Então os funcionários vão acumular pontos para progressão. Ora esta regime de acumulação de pontos para progressão aumenta de forma sensível o periodo de tempo que há-de mediar entre uma mudança de nível salarial e a a seguinte. Sendo preciso 10 pontos para a mudança obrigatória de nível salarial e sendo que a classificação de serviço mais elevada concede três pontos, significa isto, se a matemática ainda não é uma batata, que só ao fim de quatro anos é que será possível a mudança de nível salarial. O que significa também que foi aumentado o período de tempo necessário para a subida salarial, relativamente ao sistema do NSR.

3. Pelom menos alguns dos últimos escalões das diversas carreiras não têm uma correspondência exacata com o valor dos níveis salariais. Assim o funcionário que já esteja nesse escalão vai ficar posicionado no nível salarial imedatamente inferior, ainda que lhe continua a ser pago o actual vencimento. Significa isto que ele fica posicionado no "intervalo" entre dois níveis salariais. Contudo, para progredir, tem que preencher os requisitos exigidos como se estivesse em causa uma verdadeira mudança de nível salarial. O que quer dizer que, na hipótese de não haver dinheiro no serviço para mudanças de nível salarial, ainda que o fncionário tenha sempre notas máximas na classificação de serviço, vai ter que esperar quatro anos para mudar de nível. Melhor: para mudar apenas "meio" nível salarial, pois que, em termos financeiros, ele vai "subir" apenas "meio nível salarial" já que na mudança para o novo regime, ele tinha sido colocado no nível salarial imdiatamente inferior ao valor do salário que aufere.

Concluindo: salários "mais altos" aonde ...???

Na verdade o Diário Económico parece ser um activo porta-voz das posições governamentais ...

Avaliação sim, mas devagar ...

Não temos medo da avaliação. Sempre defendemos a avaliação mas queremos uma avaliação formativa e não punitiva (professor sindicalista, agarrado ao megafone)

Pois ...! Avaliação "formativa" ...!!! O que será isto? Será a "parte boa" da avaliação: "muito bom" e "excelente"? Ou, mais simplesmente, (ou "porreiramente", avaliações "sem nota"? Ou progressões automáticas para todos (muito ao estilo sindical, porque sendo "todos iguais", se um é "muito bom" os outros também têm que ser "muito bons" ...)?

E a avaliação "punitiva", o que será? Será avaliação com notas? Será aquela que mostra a insuficiência e/ou incapacidade e/ou inadaptação funcional e/ou, muito simplesmente, ignorância profissional?
Na verdade, num tempo em que todo o "estudante" tem aproveitamento sem sequer saber o que significa "aproveitamento", para quê classificar professores?

Foi sempre este sindicalismo reividicativo da utupia que (com a maior ou menor mas sempre evidente complacência dos governos, inclusive ou principalmente de dois deles que produziram grande parte do actual elenco governativo ...) conseguiu pôr a função pública, em geral, no "estado" e com a "fama" que ela actualmente tem ...

"Fama" e "estado" que a fazem agora suportar todas as inquietações, desconsiderações, enganos e vitupérios - como o de ser imposto um sistema de classificação de professores que é aplicado (experimentado ...!) à medida que vai sendo construído e articulado ...

Lá está ...

quarta-feira, 5 de março de 2008
Fenprof diz ter 40 mil para marchar contra ministra

Então e o PS só arranja 7.000 para a sua manifestção no Porto ...??? Assim não vai lá ...

Ora agora ...!!!

Depois de tantas promessas defeitas e "ditos e contraditos" é agora que o CDS-PP exige que Sócrates peça desculpa por ter recuado na admissão de novos agentes policiais

Já se sabe que o primeiro ministro pede tudo, diz tudo, faz tudo e logo a seguir "não se ensaia" nada para pedir, dizer e fazer exactamente o contrário ... Estão agora a chateá-lo com minudências ...

Inclinações ...

Polícia Judiciária inclina-se para acidente na morte de informador

Por "inclinação", terá sido acidente ...
Resta saber o que o provocou ...

"Chain reaction" ...

Devido ao anúncio da próxima realização de um concurso para admissão de novos elementos para as forças policiais, já se sente, de forma sensível, um aumento do "clima de segurança" e uma diminuição drástica da criminaliade violenta ...

Os "pilantras", assim que ouviram o anúncio ficaram logo "bloqueados" ...

Mais um "tiro no pé" ...

O presidente do PSD, Luís Filipe Menezes, declarou hoje que "há um paradoxo. É que, da mesma maneira que o PSD ainda não merece - vai merecer - ser Governo, o PS já não merece ser Governo. Portanto temos aqui um vazio complicado, que o maior partido da oposição vai ter de resolver rapidamente merecendo ser Governo".

Mais um anúncio ...

Governo anuncia admissão de dois mil elementos para as forças de segurança

"À força" de tanto anúncio, isto há-de "compor-se"...!!!

Uma ambição um bocadinho "pobre" ...

PS quer juntar sete mil pessoas no comício de apoio a Sócrates, na Praça de D. João I, no Porto

"Curto", demasiado "curto", quando os professores se reúnem (dizem que expontâneamente ...) aos milhares ...

Advertência

Em 2007, a criminalidade violenta e grave diminuiu cerca de dez por cento, relativamente a 2006.

O governo adverte os assassinos, ladrões e demais delinquentes "graves" que, em virtude das estatísticas da criminalidade indicarem um decréscimo de crimes de 2006 para 2007, se devem abster de praticar crimes em 2008 para não afectar "os números" e a imagem do governo ...

Afirmações "à borla" ...

terça-feira, 4 de março de 2008
Miguel Cadilhe afirma que Portugal se encontra em “recessão grave” desde 2002/2003 e defende que “o mau desempenho económico” do país deveria levar o Governo a accionar as cláusulas de excepção do Pacto de Estabilidade e Crescimento (PEC).

O ministro das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos, qualificou hoje, em Bruxelas, de “gratuita”, “alarmista” e “sem fundamentação técnica” a afirmação de Miguel Cadilhe de que Portugal “está em recessão económica grave”.

Porém o ministro das finanças também não apresentou qualquer "fundamentação técnica" para fundamentar a contestação à posição de Cadilhe. Por isso a sua contestação é também "gratuita".
E é "alarmante" que um ministro das finanças se pronuncie sobre a situação económica do país sem fundamentar a sua posição ...

Mais outro "acontecimento pontual" ...

Confirmada morte de segurança esfaqueado no Centro Comercial Colombo

Pontualmente ... acontece ...

Mecanismos processuais

O Ministério da Educação vai recorrer de três sentenças que obrigam ao pagamento aos professores das aulas de substituição como horas extraordinárias, assegurando que ainda não transitaram em julgado, disse hoje o secretário de Estado Jorge Pedreira.

Dantes havia uma "coisa" nos códigos de processo que se chamava "litigância de má-fé" na qual alguns litigantes (os de "má-fé") eram condenados ...

Parece que o "martírio" vai continuar ...

O dirigente socialista António Vitorino afirmou-se convicto que o primeiro-ministro, José Sócrates, vai segurar até ao fim a ministra da Educação, advertindo que a sua eventual substituição seria «uma derrota muito pesada para o Governo»

Pudera... !!! Ao preço que está o petróleo ...

As autoridades colombianas anunciaram ter descoberto no acampamento das FARC no Equador documentos que comprovam que o Presidente da Venezuela, Hugo Chávez, financiou a guerrilha em 300 milhões de dólares.