<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12023629\x26blogName\x3dPharm%C3%A1cia+de+Servi%C3%A7o\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/\x26vt\x3d5339164314434841800', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Pharmácia de Serviço

Há remédio para tudo ... pharmaciadeservico_at_gmail.com

O grito mais ouvido, hoje, lá para as bandas da Luz...

domingo, 28 de fevereiro de 2010
Spooooorting...!!!

Facto político dos últimos dias:

... O mau tempo...!!!

Alguém tinha que ser o primeiro

sábado, 27 de fevereiro de 2010
Sócrates vai ser o primeiro chefe do Governo a depor na AR

O que é verdadeiramente lamentável são os motivos que levam um primeiro ministro a (ter que) ser ouvido numa comissão parlamentar de inquérito...

De excepção em excepção...

... até não haver ninguém a quem se aplique a regra...!!!

A CGD admite pedir o “estatuto de excepção” para fazer aumentos salariais em 2010, ponderando assim juntar-se à TAP e à REN, que já anunciaram que aumentam ordenados.

Lá diz o ditado:

«Quem parte e reparte e não fica com a melhor parte, ou é burro ou não tem arte»...

O Governo quer aumentar a penalização das reformas antecipadas e alterar a fórmula de cálculo das pensões na Função Pública mas as subvenções dadas aos políticos para toda a vida, um benefício que já foi extinto mas pode ser acumulado com outra pensão, não sofrem limitações.

Tal como qualquer pessoa que se desloque lá...

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010
...Inês de Medeiros deverá ter de pagar viagens a Paris

A menos que vá de boleia...

Mistério...

Mas que novidade...!!!

A procuradora-geral adjunta Cândida Almeida confirmou hoje, ainda que forma indirecta, que o primeiro-ministro, José Sócrates, não deverá ser alvo de qualquer acusação no caso Freeport.

Não é coisa que não se esperasse...

Olha que grande espiga...!!!

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010
O Ministério das Finanças acaba de anunciar a decisão de que os salários dos gestores e funcionários das empresas que compõem o sector empresarial do estado (SEE)(onde se incluem, entre outras, as grandes empresas de transportes como a CP e a Refer, os CTT ou a RTP) não poderão sofrer aumentos em 2010, à semelhança do que foi decretado para a Função pública

É preciso dizer, para que as coisas fiquem bem claras, que os gestores do sector empresarial do estado auferem vencimentos bastantes superiores aos dos dirigentes do estado; e que os trabalhadores dessas empresas «públicas» têm salários e outras benesses que não existem para os trabalhadores do estado.

Assim, o congelamento dos salários representa um esforço financeiro bem diferente para os trabalhadores dessa empresas e para os trabalhadores do estado.

Portanto, e mais uma vez, aquilo que parece igual não o é...

Debandada...

Governo apela aos funcionários para não se precipitarem nas reformas antecipadas

Pelo que se tem visto na história recente, não deixa de ser curioso este «carinhoso» apelo governamental.

Há cinco anos atrás, o governo começou por atacar os funcionários públicos, dizendo-os uns calaceiros e uns privilegiados...

Depois decidiu que, para diminuir a dimensão da administração pública apenas poderia ser recrutado um trabalhador por cada dois que saíssem...

A seguir alterou o regime de aposentação dos funcionários públicos, em nome de uma demagógica «igualdade» com os demais trabalhadores, prejudicando deliberadamente todos aqueles que, já com longas carreiras, viram as suas expectativas de aposentação - fundadas em regimes definidos pelos Estado, nos quais confiaram e sobre os quais assentaram as suas expectativas de vida - completamente frustradas...

Por outro lado estas alterações – demagogicamente designadas de «convergência de regimes» – inicialmente prometidas para um período mais ou menos longo, foram sendo, sucessiva e subrepticiamente, introduzidas de surpresa, agravando a cada dia as condições em que os funcionários poderiam obter a sua aposentação. Em cinco anos subverteu-se completamente o regime de aposentação...

Perante o agravar das condições de aposentação – e fartos de aturar o caos em que, lenta mas seguramente, o governo vai conseguir transformar a administração pública – os funcionários, apesar de penalizados na sua aposentação, começaram a debandar. Geralmente foram os melhores e mais experientes que decidiram ir-se embora, mas isso pouco contou para o governo...

Os professores, os médicos, e, em geral, todos aqueles que, a cada agravamento das condições de aposentação, já nada mais tinham a perder, saíram. Saíram sem penalização, com penalização, saíram de qualquer forma. O que não estiveram foi para aturar mais isto...

O governo ficou impante com a debandada. A demagogia de apodar os funcionários públicos de «calaceiros» e «incompetentes» é aceite facilmente e colhe votos. A perseguição dos quiméricos «privilégios» dos funcionários públicos é um terreno sempre fértil, num país de pindéricos invejosos. A coisa funcionou e o governo sentiu-se legitimado para continuar a fronda, fundado na ideia que cumpria, para além dos seus objectivos, um desígnio nacional, ao mesmo tempo que poupava umas massas para o défice…

Agora, perante a ameaça de novas alterações no sentido do agravamento do regime de aposentação, os funcionários públicos intensificaram a debandada, pedindo cada vez mais a passagem à aposentação. Mas agora o governo «tremeu» com a ameaça cada vez mais visível de desertificação dos serviços, pois não se acredita que os seus apelos se devam à consideração que tem pelos funcionários públicos ou à vontade de os proteger…

Os funcionários públicos fazem funcionar a máquina do Estado. Maus ou bons são eles que fazem funcionar essa máquina. É evidente que a máquina pode ser grande demais – então que se diminua. É evidente que há maus funcionários – por mais que os sindicatos digam que são todos exemplares e que a cada ano que passa peçam aumentos salariais gerais pelos «ganhos de produtividade» que se são justos para uns são absolutamente injustos para outros, que se limitam a arrastar-se pelos serviços. Mas, ainda assim, é com os funcionários públicos que existem que se faz funcionar, e efectivamente funciona, a máquina do Estado.

O governo deu-se conta que a debandada geral, para além de sobrecarregar dramaticamente a CGA, pode pôr em causa o funcionamento da máquina do Estado - e parece lembrar-se agora de que precisa mesmo dos funcionários públicos. Tarde piaste…

O que os funcionários públicos têm a fazer é aposentar-se massivamente. Quantos mais melhor. Onerar, de forma súbita, a Caixa Geral de Aposentações e esvaziar os serviços públicos. Pode ser que assim o governo compreenda que há métodos que sendo muito do agrado popular, podem vir a dar maus resultados. E pode ser, também, que assim, todos aqueles que não se cansam de apodar os funcionários públicos de mandriões, incompetentes e privilegiados, vejam como é bom poder chegar a um, outro e outro serviço público e não estar lá ninguém para os atender. Vão, finalmente, poder ver concretizado o seu sonho: um país sem saúde pública, sem escolas públicas, sem segurança pública, sem prestações públicas, sem segurança social, sem subsídio de desemprego, sem rendimento mínimo garantido, sem…, sem…, sem funcionários públicos a quem possam chamar de incompetentes e privilegiados porque «têm esse direito»: se pagam impostos podem insultar livremente quem trabalha para eles…

Vai ser tão bom quando os funcionários públicos debandarem todos, sem ficar nenhum, e o último a sair apagar a luz da última repartição…

A esquerda está toda muito calada ...

Opositor ao regime de Cuba morre após 85 dias em greve de fome

Começa a ser um hábito...

FC Porto alvo de buscas da PJ ... mas os dirigentes do Porto não são alvos da investigação. Desta safaram-se ...!!!

Mais «conversas privadas»...

José Sócrates pressionou o director do "Expresso" para não publicar notícia sobre licenciatura

Uma conspiração de mentirosos

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010
PT assumiu o controlo da Taguspark em 2007 com apoio de Isaltino, Vara e Governo

Procurador-geral da República escondeu arquivamento das escutas durante três dias

Começa a poder dizer-se, sem grande margem de erro que andamos a ser governados, a todos os níveis, por gente mentirosa, com falta de principios, de moral e de ética.
Perante isto, ninguém faz nada...???

Vale a pena ir ver

A Pordata - Base de Dados de Portugal Contemporâneo, da Fundação Francisco Manuel dos Santos (Jerónimo Martins), dirigida por António Barreto.

Com os números disponíveis nesta base de dados, é agora possível termos uma visão mais «real» da realidade portuguesa, sem termos que «embarcar» nos dados estatísticos, mais ou menos manipulados, que nos são servidos amiúde.

Uma questão de forma...

Director do JN garante que não censurou crónica de Mário Crespo

Pois não. Limitou-se apenas a impedir a sua publicação...
O que, formalmente, não é a mesma coisa...!!!

Se calhar, para garantir mesmo o segredo de justiça, o melhor seria escutarmo-nos uns aos outros...

... e depois de nos termos escutados, delatavamo-nos...!!!
Isso é que ia ser mesmo uma alegria...!!!

Cândida Almeida defende escutas a magistrados para preservar segredo de justiça

Será que o Curral das Freiras fica lá para o meio do oceano...???

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010
De acordo com o Expresso Ainda não há previsões para o restabelecimento da única via de comunicação que liga a ilha à localidade (Curral das Freiras)...!!!

«Deu em nada»...

MP sem provas para acusar Sócrates no caso Freeport

Aliás, como já se esperava...

E já que falaram em «uso do nome sem autorização»...

...o que será feito do «filho do tio» do primeiro ministro, recém regressado de Shaolin, que também usou o nome do seu querido primo sem autorização...??

Nunca mais ninguém o viu...!!!

A serenidade do «chefe»...

Entrevista de José Sócrates à SIC: 47 minutos, 23 dos quais à defesa. Bastaram três minutos, e uma pergunta sobre o apoio de Luís Figo, para o primeiro-ministro franzir o sobrolho

«Chefe é chefe». Ainda que não o tratem por «chefe». E «chefe» que não franze o sobrolho não é «chefe»...!!!

Tão amigos que nós somos...

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010
O primeiro ministro do(s) governo(s) (do PS) que passou os últimos cinco anos a hostilizar a Madeira (por causa do presidente do governo regional) resolveu agora tornar-se afável e atencioso...

Ao menos os «apertos» do primeiro ministro com o caso das escutas e do plano de controle da comunicação social já produziram algum efeito: o Governo decreta três dias de luto nacional e vai reunir segunda-feira de manhã num Conselho de Ministros extraordinário. Nada como «ver o cu perto das calças», para «dar uma de simpatia»...

Mas o que é isto...???

Onde é que nós já chegámos...???

Câmara de Lisboa apoia adopção gay

Então agora as Câmaras Municipais tomam explicitamente partido sobre questões de fundo da sociedade e do pais...???

E é assim que são gastos (ou melhor «esbanjados») os nossos dinheiros públicos...???

Neste país todo o mundo mente e não (lhe) acontece nada...

1 - Face Oculta: PGR terá mentido para impedir o acesso aos seus despachos de arquivamento das escutas

2 - Lino cai em contradição

3 - Sócrates diz que nada teme com divulgação de escutas

Mais um píncaro de idiotice...

domingo, 21 de fevereiro de 2010
Perestrello: escutas publicadas no Sol estão “descontextualizadas"

Pois... As escutas estão «descontextualizadas» e nós somos todos parvos...

Efeitos do temporal

O primeiro ministro foi à Madeira...!!!

(Ora digam lá se isto não é o que se pode chamar de «voo do abutre»...???)

Mais outro «encornado»...

sábado, 20 de fevereiro de 2010
Presidente do Taguspark só soube há dois dias do negócio com Figo

Palavras para quê...???

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

«25 de Abril sempre»

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010
Carta aberta de militares de Abril contra "aberração" da lei do casamento homossexual

«A coalidade da noça diplumassia»...

Mais de 700 dos 1180 candidatos a diplomatas chumbaram nos testes de português.

Por tudo isto, mesmo os 30 finalistas rigorosamente escolhidos deverão agora ter aulas sobre diversas matérias, nomeadamente ligadas à cultura portuguesa.

Apesar da confusão e sabujice que por lá reina, ainda há quem tenha alguma clarividência...

O ex-deputado socialista e actual membro da distrital do PS-Porto Pedro Baptista afirma que "o PS não é propriamente um rebanho que avança quando os sinos tocam a rebate só porque o líder está a passar por um momento difícil".

Acusando Sócrates de desrespeitar os estatutos do partido ao não convocar dentro dos prazos fixados a comissão nacional do PS ("que não se reúne há nove meses"), Baptista pergunta: "Por alma de quem é que de repente querem pôr a funcionar as estruturas do partido, quando está meses sem se reunir, e ainda por cima convocando estruturas que não existem nos estatutos, como acontece, por exemplo, com o plenário de militantes da distrital do Porto?" "Isto é um paradoxo!", diz, declarando que o partido "tem vivido numa ditadura do silêncio e agora, porque o líder tem um problema, carrega-se no botão e acciona-se o rebanho".

Foi por acaso ou combinado...???

Rui Pedro Soares renuncia ao cargo na PT

O país bem precisa de assistência médica internacional...

Fernando Nobre quer ser Presidente da República

Na verdade, tem sido esse o costume, vá-se lá saber porquê...!!!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010
Suspeitas sobre Sócrates vão traduzir-se em nada mais uma vez, diz Almeida Santos

Confirma-se o que já se suspeitava: não foi escolhido pelas suas qualidades...

É convicção generalizada em Bruxelas de que a nomeação de Constâncio resultou acima de tudo de um acordo concluído entre a França e a Alemanha e negociado com a maioria dos outros países para a partilha dos dois cargos de topo do BCE. A lógica é que a escolha de Constâncio para "número dois" do BCE, tido como uma "pomba" na gestão de uma política monetária sensível às necessidades do crescimento económico e originário de um pequeno país do Sul da UE, garante que a presidência (que ficará livre em Outubro de 2011) será assumida por um "falcão" partidário do combate firme à inflação e proveniente de um grande país do Norte. Ou seja, Axel Weber, presidente do Banco Central Alemão, que Berlim quer ver suceder ao francês Jean-Claude Trichet, cujo mandato termina no próximo ano.

Mas vale a pena ler todo o artigo...

Alguém acredita hoje que o Governo não teve mesmo nada a ver com o chumbo da OPA da Sonae? É curioso, aliás, ver as fotos que o Negócios hoje publica desse crucial dia, em que em assembleia geral a PT aniquila a OPA. Está lá toda a gente: dos que servem a empresa aos que se servem dela. No segundo seguinte à vitória, muitos subiram ao palco da administração de Granadeiro e Zeinal Bava para passarem a fazer parte da "equipa dos vitoriosos". Soubemos então que ganharam. Sabemos agora o que ganharam.

Pedro Santos Guerreiro, no Jornal de Negócios

Estes já são «irresponsáveis»

Sabe-se como actua o fisco: cobra (executa) primeiro e pergunta depois.
Mas não é uma máquina fria quem faz isso.
Quem faz isso são funcionários, dos mais bem pagos da administração pública (dizem que eles têm que ser bem pagos pela responsabilidade que é cobrar impostos...), com avultados prémios de desempenho (ou seja, prémios pela arrecadação de cada vez mais impostos...), que aplicam a lei com uma total sem cerimónia...

Só que agora há uma lei da responsabilidade civil extracontratual do estado (já existia antes mas o governo alterou-a de modo a estendê-la também aos juízes, vá-se lá saber porquê...) que, grosso modo, abrange (e responsabiliza) todos os funcionários públicos por danos causados a terceiros (cidadãos) por actuações inadequadas.

Perante isto, os senhores funcionários das finanças sentiram o perigo que poderiam correr ao ter que trabalhar dentro da lei e não com base num semi-obscuro «direito circulatório» (de «ofícios circulares» e «ofícios circulados»...), malha (em que os cidadãos podem ser apanhados, mas) à qual poderiam reagir responsabilizando o(s) funcionário(s) que fez uma aplicação «torta» da lei (de acordo com o conhecido princípio «in dubio pro fisco») e protestaram que queriam um seguro, pago pelo estado, para continuarem a cobrar impostos «livres» de qualquer «constrangimento» (designadamente legal)...
E conseguiram: Os funcionários do Fisco já estão protegidos do regime de responsabilidade civil do Estado, que possibilita que os contribuintes coloquem os funcionários das Finanças em tribunal e possam pedir indemnizações

Os outros funcionários públicos, esses são «carne para canhão»: não têm direito a nada. Que se lixem, que sejam responsabilizados, pois que só dão despesa e não obtêm receita...

É no que dá a demência megalómana...

Há cinco anos era assim:


Hoje é assim:

Afinal não foi mesmo por mérito próprio

Constâncio eleito para o BCE no interesse da Alemanha

Onomatopeia

Já «méééééééééé»..!!!!

Oportunismo ou oportunista

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010
Joe Berardo disponível para comprar ‘golden share’ do Estado na PT

Este capitalista aceita qualquer negócio - até pôr-se ao serviço do PS...

Então e agora...

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010
... quem é que vai passar a «calcular os défices monstruosos» (de orçamentos ainda não executados) e a dar, em antecipação, as previsões e notícias (das políticas) económicas já que Vítor Constâncio deverá ser hoje nomeado vice-presidente do BCE...???

O governo e o primeiro ministro (e o ministro das finanças) vão sentir muito a falta deste «compagnon de route»...

Gritaria e consolo

Depois da gritaria sobre a violação do segredo de justiça por causa das revelações das conversas de várias «entidades» sobre o projecto de dominio da comunicação social, agora já podemos estar descansados: parece que Santana Lopes e Paulo Portas receberam (ou não, mas isso também não importa) verbas de Manuel Godinho.

É que agora, com estes nomes na liça, já não há nenhuma razão para apelar ao segredo de justiça - quando eles estão em causa não há nenhum segredo de justiça.

Resta um consolo: pode ser que assim se venha a saber mais alguma coisa do «polvo» socialista e das manobras do primeiro ministro...

Talvez assim a actual crise se perceba melhor...

Os instrumentos financeiros que estimularam a crise financeira nos Estados Unidos foram usados por Wall Street para ajudar a Grécia e outros países a ultrapassar os limites de endividamento da União Europeia na última década

abyssus abyssum invocat

O PSD tem uma inegável atracção pelo abismo. Ou no dizer de Camilo, pela asneira.
Numa altura em que, perante o descalabro em que se encontra o país, a nulidade que é o governo, e a incapacidade do PS de lidar com a crise e o mal estar que nele se vai instalando (tão mais graves quanto o PS entre em negação), seria essencial uma eleição esclarecedora e inequívoca de um verdadeiro líder, capaz de conduzir o partido de forma unida e clarividente, tendo em consideração que, mais tarde ou mais cedo, o poder e o governo lhe há-de cair nas mãos - em vez disso gastar-se primeiro em plúrimos candidatos e depois em apelos à unidade sempre rejeitada...
O PS agradece...

É o cancro, estúpido...!!!

A radicalização da mensagem socialista traduziu-se no desafio para que a oposição apresente uma moção de censura ao Governo

O PS ou não percebe, ou faz-se de estúpido. O que está em causa, em toda esta questão das escutas, do (evidente) envolvimento do primeiro ministro em cabalas mais ou menos escuras, e das mentirolas que ele vai deixando pelo caminho, não é o governo PS nem o PS - é tão simplesmente o primeiro ministro e líder do PS.

Neste momento o primeiro ministro e líder do PS é como que um «cancro» que vai corroendo, lenta mas inexoravelmente, o PS e o seu governo. Deixá-lo prosseguir a sua senda sem nada fazer é assinar uma sentença de morte certa - para a qual nem sequer é necessário convocar qualquer «carrasco».

O que está em causa é o PS «livrar-se» da doença que consome o seu corpo e por via disso, o governo e o país. Somente isto. Mas isto está apenas nas mãos dos dirigentes e militantes do PS. Ninguém o pode fazer senão eles próprios. O que é preciso é que abram os olhos e vejam... O pior cego não é aquele que não vê, mas o que não quer ver.

Ora a posição ora defendida pelo PS de pretender uma moção de censura ao governo (para resolver a questão do primeiro ministro) é mesmo de quem não quer ver.
É exactamente o mesmo que um doente pedir ao médico que, para o curar de vez da gripe que o atormente, o mate, para com ele desaparecer a gripe...

Será bom que o PS se lembre de que pode bem estar a ser instrumentalizado por quem, escudando-se atrás do partido, apenas pretende conservar a sua posição e o seu poder, furtando-se ao julgamento a que não poderá deixar de se sujeitar...

Se não o fizer, porém, o PS passa a cúmplice da destruição do país, perpetrada nos últimos cinco anos, pelos governos comandados pelo seu líder. E será julgado por isso. Depois que se não queixe do deserto que não deixará de ter que atravessar...

Esperemos que isto não se torne um «vírus»...

domingo, 14 de fevereiro de 2010
SMS convoca socialistas para manifestação de apoio a Sócrates na Alameda da Fonte Luminosa

(Uma pergunta: Estes SMS só circulam na rede TMN...???)

Atenção "laranjinhas"...!!!

sábado, 13 de fevereiro de 2010
Não se esqueçam de que se não lhes agradar votar em Passos Coelho, Rangel ou Aguiar Branco, podem sempre escolher Castanheira Barros...!!!
Pensem nisso...!!!

Pelos vistos, "cornos" é o que está a dar...

Granadeiro diz-se "encornado" por dois administradores da PT

A economia também «apantanou»...???

Economia ficou estagnada no quarto trimestre do ano passado

Efeito providencial...

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010
Nunca um providência cautelar produziu um efeito mais providencial: o Sol esgotou e vai lançar, esta tarde, uma edição extra ...

(É caso para dizer que há «providências» (cautelares) que são uma completa desgraça...)

Tipicamente português...

A maioria dos portugueses concorda com o congelamento dos salários dos funcionários públicos

Pois é. «Pimenta no cu dos outros é refresco»...

Agora perguntem aos mesmos que concordam com o congelamento dos salários dos funcionários públicos, se concordam com o congelamento do seu próprio salário. É o concordas...!!!
Há logo desculpas: «mas eu farto-me de trabalhar»... (os outros não trabalham...); «o meu salário é baixo»... (o dos outros é «chorudo»...); «eu tenho família para sustentar»... (os outros podem deixar morrer a família à fome...).
Enfim. É o país e o povo que temos.

Um dia destes ainda nos acontece o mesmo e pelas mesmas razões...

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010
O governo do Irão está a bloquear o acesso ao Gmail no país, avançando com a criação de um serviço de e-mail próprio.

Fontes do governo iraniano que afirmam que o bloqueio do Gmail tem como finalidade fomentar o desenvolvimento tecnológico do país, através da criação de um serviço de correio electrónico próprio, bem como gerar uma maior confiança entre os cidadãos e o governo

«Cólinho»...!!!

Parece que com a chusma de candidados que está a aparecer, a presidência do PSD vai cair, "de borla", no "cólinho" de Passos Coelho...
Até se pode pensar mesmo que quase nem vale a apena fazer campanha...
(...e não esquecer que há quatro candidatos...!!!)

Novas regras para entrega de petições na Assembleia da República...

1. Só há recepção de petição pelo Presidente da AR se não houver manifestação simultânea à porta da Assembleia.
2. Se simultâneamente com a entrega da petição, houver lugar a manifestação à porta da Assembleia, a petição será entregue na portaria do Parlamento, como qualquer encomenda.


O chefe de gabinete de Jaime Gama enviou hoje um email à porta-voz dos peticionários, Ana Margarida Craveiro, explicando que, por princípio, o presidente da Assembleia não recebe subscritores de petições que, ao mesmo tempo, efectuem concentrações ou manifestações em frente ao Parlamento, devendo, nesses casos, o texto ser entregue na Assembleia da República e encaminhado ao gabinete.

Confirmação de todas as suspeitas

Tudo o que tem vindo a ser relatado acerca da interferência do primeiro ministro nos negócios da comunicação social com a finalidade de calar vozes incómodas e condicionar o conteúdo noticioso de alguns órgãos de comunicação social (procurando ainda atingir, transversalmente, outros órgãos de soberania) é a mais pura das verdades.
Este facto á a sua inequívoca confirmação: Providência cautelar tenta impedir publicação de mais escutas no semanário "Sol

Pântano...

Manuela Moura Guedes contou à Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC) que o socialista António Vitorino foi o homem escolhido por José Sócrates para pressionar o grupo espanhol Prisa – proprietário da TVI – no sentido de acabar com o ‘Jornal de 6ª’.

Segundo revelou a revista SÁBADO, no seu depoimento à ERC, a ex-subdirectora de informação disse que Bernardo Bairrão, actual CEO da Media Capital, lhe tinha passado essa informação na TVI.

António Vitorino diz que não comenta 'mexericos'
.

E se fosses «dar banho ao cão»...!!!

O presidente da Portugal Telecom explicou que só falou do negócio TVI com José Sócrates um dia depois de o primeiro-ministro garantir ao Parlamento que não sabia de nada e admitiu ter cometido um lapso quando afirmou ao Diário Económico que falou com Sócrates uma única vez antes de enviar o comunicado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o que aconteceu a 23 de Junho do ano passado.

Esta quarta-feira na RTP, o presidente da PT esclareceu que afinal só falou com o Chefe do Governo depois de informar o regulador dos mercados, no dia 25 ...

Ele há cada um ...!!!
Estes tipos não têm vergonha nenhuma. Dizem e desdizem-se com a mesma cara... Que cambada...

Ele são quatro...!!!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010
Povo social democrata: Afinal são quatro. É favor não esquecer este candidato...!!!

Mais uma desvantagem...

O contrato estava assinado e o noivo ia beijar a noiva. A noiva destapou o rosto. Só então um embaixador árabe se apercebeu que tinha casado com uma mulher barbuda e vesga.

Quem tratou dos preparativos – inclusive saber quem era a pretendente – foi a mãe do noivo, a quem a comadre mostrou fotografias de outra mulher, que não a noiva
...

Não há fome que não dê em fartura...

Aguiar-Branco também se candidata a líder do PSD

O costume...


Grande equipa foi a Académica.
O Féquêpê, esse, lá teve mais uma vitória «cagadinha»...

Está bem: perdeu...

... mas também não vale a pena «bater mais no céguinho»...

O «messias»...

O eurodeputado Paulo Rangel vai anunciar hoje a sua candidatura à presidência do PSD

Depois do nervosismo dos últimos tempos, o PSD «tradicional» vai finalmente poder dormir descansado depois da «vinda» de mais um lider messiânico.
Espera-se, contudo, que, caso ganhe , não o comecem a «esturraçar» logo de seguida por os resultados e as prebendas não aparecerem imediatamente ou não chegarem para todos...

Até que enfim...!!! Estão finalmente a cair na realidade...!!!

Vários dirigentes do PS começam a olhar Sócrates como um problema que está a ganhar proporções cada vez maiores, sobretudo porque aguardam a divulgação de mais escutas comprometedoras para o primeiro-ministro.

Então foi ele...

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010
José Sócrates disse que todos aqueles que dizem que o Governo tinha conhecimento do caso “estão a faltar à verdade”. E acrescentou: “Mantenho tudo o que disse no Parlamento e que nunca o Governo deu nenhuma orientação à PT para comprar nenhuma estação de televisão”.

Daqui se pode deduzir, com meridiana certeza, que se não foi o governo a dar orientações, então foi mesmo ele...

Debandada...

Já se ouvindo vozes, lá para as bandas do PS, a clamar contra o actual estado de coisas, ao mesmo tempo que outros, também «rosas», sopram para o ar à espera que as nuvens se afastem - não parece que pelas hostes ainda haja muitos que estejam dispostos a defender o seu líder.

Ou antes: há um, que está e estará sempre disposto a tudo, mesmo que isso implique pôr de parte a independência e objectividade que devem ser sempre e em qualquer circunstância apanágio de um académico: Santos Silva critica divulgação de escutas e rejeita interferência do Estado

Mansidão...

Pela forma «mansa» como andam a ser tratadas (por responsáveis, políticos e cidadãos) as revelações da intenção do poder em controlar a comunicação social e o papel preponderante que o primeiro ministro teve nessas manobras cavilosas, o mínimo que se pode pensar é que este país está transformado num país de «mansos»: desde que «a coisa» «chegue» para ele e para «o outro», que importa o resto...???!!!

Megalomanias socialistas...

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010
Com o Europeu de futebol de 2004, o Estado português gastou, pelo menos, 1035 milhões de euros, o equivalente ao custo da Ponte Vasco da Gama. Apurado por uma auditoria do Tribunal de Contas, realizada em 2005, este valor inclui, por exemplo, os encargos com os estádios (384 milhões), acessibilidades (228 milhões), bem como os apoios indirectos das câmaras do Porto (152 milhões) e de Lisboa (59 milhões).

Agora Braga paga seis milhões de euros por ano à banca, Leiria paga cinco milhões anuais só em amortizações e juros, Aveiro despende quatro milhões no pagamento de empréstimos e na manutenção, enquanto Faro e Loulé gastam, em conjunto, 3,1 milhões por ano em empréstimos e manutenção. Coimbra é que menos paga e mesmo assim, este ano, vai transferir para a banca 1,8 milhões de euros. Somando estes valores (e em alguns casos a manutenção não está contabilizada), as seis câmaras que construíram os recintos para o Euro 2004 gastam anualmente 19,9 milhões de euros, ou 54.520 euros por dia, montante que terá tendência para aumentar com a subida das taxas de juro.

E agora, que estamos «de tanga», ainda nos vamos meter em mais obras públicas...???

Série «grandes cubes»...

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Jornalismo de «buraco de fechadura»...

Perante a gravidade dos factos, que o envolvem pessoalmente, o primeiro ministro diz apenas que as notícias que claramente o ligam inequivocamente a manobras, no mínimo, «sórdidas» são «jornalismo de buraco de fechadura»...!!!
E que as conversas onde se discutem essas manobras sórdidas que põem em causa os fundamentos do estado de direito - já que envolvem personalidades que ocupam lugares e e exercem funções de poder publico e político que lhes permitem concretizá-las - são «conversas privadas»...!!!
Apenas isto.

É a suprema falta de dignidade, de vergonha e de respeito pelo país.

É triste ...

sábado, 6 de fevereiro de 2010
Depois de tanta ameaça, depois de tanto debate, depois de tanta declaração, chegamos ao fim de semana e ninguém se demitiu ...!!!

Ora bolas ...!!! Assim não vale ...!!!

É mau, mas é o que temos...

A imprensa revela mais escutas e despachos judiciais, eventualmente dando mais uma facada no já muito defunto «segredo de justiça».

Alguém já se terá questionado, porém, que as violações do segredo de justiça - com o inerente «trial by newspapers» - só têm terreno para frutificarem porque a nossa justiça não funciona, não é «justa» e equitativa, nem cumpre em tempo oportuno a sua função de julgar...???

A ineficiência da justiça agrava as densas suspeitas que sobre ela e sobre o conteúdo das suas decisões recaem a cada dia (em muitos casos, com razão), criando um ambiente social propício a todas as fugas de informação que alimentam a curiosidade «justiceira».

É certo, contudo, que não fossem as violações do segredo de justiça, nenhuma punição teriam as maiores ignomínias perpetradas pelos poderosos deste país.

Há silêncios espantosos...

O influente político e governante nacional que não se escusou de falar na «má moeda» no tempo de Santana - por coisas que, comparadas com o que hoje se passa, até fazem sorrir - não diz nada sobre a «vergonhosa» «moeda» que anda presentemente em circulação, apesar dela ser completamente «falsa»...

«Bear»

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Bolsa de Lisboa volta a terreno fortemente negativo

«passadista, retrógrado e conservador»

O secretário de Estado da Administração Pública, Gonçalo Castilho dos Santos, disse hoje que compreende o descontentamento dos funcionários públicos relativamente ao congelamento salarial, mas lamentou que a Frente Comum tenha um discurso "passadista, retrógrado e conservador"

O discurso do senhor secretário de estado é tão básico, vácuo, e despropositado como os sindicatos, o discurso sindicalista e as «acções de rua».
Ambos se merecem.

O segredo de justiça já tem companhia

Ao que é dado saber, o dito «segredo de justiça» já arranjou companhia: a dita «reserva» sobre o conteúdo das reuniões do Conselho de Estado.

«Espírito animalesco»...

European and American stock markets plunged yesterday as investors took fright over the difficulties in debt-ridden countries such as Greece and Portugal and fears mounted over the health of the world’s biggest economy.

Mas porque razão havemos nós de cumprir as leis tributárias e pagar impostos ...

... quando o ministro das finanças ameaça recorrer "a todos os instrumentos legais e políticos" para evitar que a alteração da lei seja concretizada...???

Crash test...

A bolsa de valores portuguesa fechou hoje com uma das maiores quedas de sempre, ao perder 4,98%

Está explicado

Ferreira Leite chamada a São Bento para reunião com Sócrates para não ouvir o ministro Teixeira dos Santos lançar ultimato à oposição

Ministro das finanças e agência de rating...

POIS

O respeitoso membro de azevedo e silva
nunca perpenetrou nas intenções de elisa
que eram as melhores. Assim tudo ficou
em balbúrdias de língua cabriolas de mão.

Assim tudo ficou até que não.

Azevedo e silva ao volante do mini
vê a elisa a ultrapassá-lo alguns anos depois
e pensa pensa com os seus travões
Ah cabra eram tão puras as minhas intenções

E a elisa passa rindo dentadura aos clarões


Alexandre O'Neill

Em conclusão II

Se o PS quer sair do governo, pois que saia.
Contudo, pelo ambiente, não parecer que «depois do adeus», haja alguém «na praça» quese apreste a ir (voluntariamente) para lá...
Parece pois que a solução passa por se tornar a tarefe da governação uma espécie de «serviço militar obrigatório», com recruta e tudo...

Em conclusão

O PS quer sair rapidamente do governo. Só que quer sair mas não quer ficar «preso» à imagem pública de que foi ele quem abandonou a governação.
E também não quer que se fique com a ideia de que foi um governo PS que, nos últimos cinco anos, nos conseguiu pôr na situação miserável em que hoje nos encontramos...
Ou seja, «borrou a escrita» mas não quer que se diga...

Uma completa esterqueira...

Só bons indicadores...

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010
Bolsa registou a maior queda desde finais de Outubro

Clonação...

Parece que o Sporting vai «clonar» Sá Pinto onze vezes ... a ver se um «sá pinto» «mal disposto» por cada jogador faz a equipe passar a render um bocadito mais...
É que aquilo com o fêquêpê foi mesmo uma vergonha...

A típica «gestão camarária»...

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010
Câmara de Lisboa aprova realização da Red Bull Air Race com um apoio financeiro até um máximo de 350 mil euros, verba a que há que somar parte dos encargos logísticos que a realização da prova envolve

Agora o governo que se vá queixar ao totta...

Risco da dívida portuguesa dispara para valor recorde

«Calhandrice fiscal» ou «manobra de diversão» (como de costume quando as coisas não vão de feição...)...???

O PS vai propor uma lei que implicará a divulgação na Internet do rendimento de todos os cidadãos

E depois, a «calhandrice» dos vizinhos, dos invejosos, dos inimigos, ou simplesmente dos fiscais das finanças, também vai ser tributada...???

Entretanto, depois de «criada a confusão» e distraídos os espíritos de mais um caso de intenção de «saneamento político» de um jornalista (Mário Crespo) que põe o primeiro ministro em maus lençóis, eis que o PS deixa cair proposta para divulgar rendimentos dos contribuintes e tudo volta à normalidade...

Foi ou não foi mais uma «manobra de diversão»...???

Comeu e calou

Pelos vistos, Nuno Santos, o executivo de Televisão que ouviu os impropérios do primeiro ministro e comandita sobre Mário Crespo «comeu e calou».
Diz assim o próprio Mário Crespo a certo momento do artigo não publicado: Portugal, com José Sócrates, Pedro Silva Pereira, Jorge Lacão e com o executivo de TV que os ouviu sem contraditar, tornou-se numa sociedade insalubre.

Ingratos...!!! Tanto esforço do governo para isto...!!!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010
Portugueses consideram que a vida piorou nos últimos cinco anos

Se o desacerto já aconteceu com o défice do OE, porque é que não há-de acontecer também com a Red Bull...???

Corrida Red Bull pode custar a Lisboa mais do que o anunciado

Há tanto tempo que não aparecia... !!! Já cá fazia falta...!!!

O ministro da Defesa, Augusto Santos Silva, considerou hoje que "não merece nenhum crédito" a informação sobre alegadas críticas de membros do Governo ao jornalista Mário Crespo numa conversa privada

Vamos lá então «malhar na direita»...

If I Were a Rich Man

Obama aumenta impostos às famílias que ganhem mais de 250 mil dólares por ano (179 mil euros), para uma taxa de 39,6%.

Obama ainda não descobriu, porém, os métodos portugueses no que toca a capacidade contributiva: por cá os «ricos» - ou seja, quem tem o «magnífico» rendimento colectável de 64 623€ ou superior - paga «apenas» 42%...!!!

Se o Obama descobre isto...!!!

E agora...???

O caso Mário Crespo é exemplar.
Nos últimos cinco anos, o primeiro ministro e o seu governo, acobertados pela maioria absoluta de que dispunham, praticaram impunemente todas as tropelias, sempre protegidos em todas as áreas, às claras ou subliminarmente, por um conjunto de próceres.

Ele foi o caso da licenciatura ao domingo, da assinatura dos «projectitos» das «maisons» lá nas beiras, o mal explicado e já «mal-cheiroso» caso freeport, o o caso «maunela moura guedes», enfim: um rol de coisas de arrepiar.
Enquanto uns exultavam (decerto que à espera das prebendas do poder) o resto do país «amochava», ainda que indignado, debaixo da sempre invocada (por tudo e por nada) «legitimidade» da maioria absoluta...

Agora já não há maioria absoluta.
Mas houve alguém inventou a necessidade de estabilidade, assim permitindo que se continue a viver debaixo da mais inaudita prepotência...
Está-se à espera de quê...???
Que nos deixemos aniquilar completamente...??? Que nos deixemos subjugar...??? Por causa de quê...???

Afinal, quem mente...???

O primeiro-ministro considerou hoje que o aumento do défice para 9,3 por cento não resultou de "descontrolo", mas sim de uma decisão do Governo

O ministro das Finanças assumiu hoje na Assembleia da República que se enganou nas previsões das contas públicas

«Isto» já não é «má moeda»...???

Élégance et bonnes manières

Caso Mário Crespo: Uma fonte do Ministério dos Assuntos Parlamentares disse que "o Governo não se ocupa de casos fabricados com base em calhandrices"

Já não considerando as «boas maneiras» da «fonte» e a subida elegância das suas expressões, resta uma coisa: aquilo de que Mário Crespo se queixa aconteceu mesmo.
Esta frase confirma-o.

Um fadinho...

... para comemorar as comemorações do 31...

Corram com o Zé ...!!!

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010
Príncipe Real: moradores mobilizam-se contra Sá Fernandes

Afinal, como se previa, o Zé faz tanta falta «como um pífaro num enterro»...

Borda-fora...

Ao que parece, Mário Crespo é o próximo a ir «borda-fora»...

A «uniformização» continua a sua marcha inexorável..

(Via 31 da Armada)

Ou seja: ninguém sabe o que se passou...

O ministro das Finanças assumiu hoje na Assembleia da República que se enganou nas previsões das contas públicas

Entretanto o primeiro-ministro José Sócrates disse, há momentos, que o aumento do défice ficou a dever-se apenas à quedas das receitas e não ao descontrolo da despesas

Mas alguém percebe este «desconchavo»...???

Depois dos areeiros os carrocéis...

Será que os «buzinões» dos carrocéis prenunciam o fim do governo, tal como o bloqueio da ponte sobre o Tejo pelos areeiros prenunciou a queda de Cavaco...???

Palavras intemporais

Incrível! No momento grave em que a Nação
Dorme (ou finge dormir!) à beira dum vulcão,
Nesta hora tremenda, hora talvez fatal,
Há quem graceje como em pleno carnaval!
E assim vamos alegremente, que loucura!
Cavando a todo o instante a própria sepultura...
No dia d'àmanhã ninguêm pensa, ninguêm!
Os resultados vê-los hão... caminham bem...
Divertem-se com fogo... Olhem que o fogo arde...
E extingui-lo depois (creiam-me) será tarde...
Já não é tempo... As lavaredas da fogueira
Abrasarão connosco a sociedade inteira!
A mim o que me indigna e ruborisa as faces
É ver o exemplo mau partir das altas classes,
Sem se lembrarem (doida e miserável gente!)
Que as vítimas seremos nós... infelizmente!


Guerra Junqueiro, Pátria

Uma questão de contas

Se, como os «republicanos» não se cansam de sustentar, o estado novo foi uma interrupção da república, então a república não faz, este ano, cem anos...

Cem anos só daqui a mais quarento e oito...!!!

Uma fuga Rapid...

F.C. Porto: Sapunaru a caminho do Rapid Bucareste

Ao que parece as imagens do Benfica – FC Porto da 14.ª jornada confirmam agressões de Hulk e Sapunaru