<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12023629\x26blogName\x3dPharm%C3%A1cia+de+Servi%C3%A7o\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/\x26vt\x3d5339164314434841800', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Pharmácia de Serviço

Há remédio para tudo ... pharmaciadeservico_at_gmail.com

Com ou sem telemóvel...???

sábado, 31 de julho de 2010
Armando Vara a caminho da Camargo Corrêa

Ainda poderemos ter esperança...??? - (II)



Freeport: processo pode ser reaberto

Depois de tantos tiros, será que ainda têm pés...???

O PSD passita não é diferente do tradicional PSD: tem uma enorme atracção pelo abismo ou no dizer de Camilo, pela asneira.

Depois da "história" do projecto de revisão constitucional, com divulgação mal conduzida (aquilo parecia-se mais com fugas de informação) e com propostas um tanto ou quanto duvidosas (ou seja estranhas e mal fundamentadas) que logo suscitaram críticas (o que é natural) e desmentidos do PSD a dizer que aquilo, afinal, até que nem era bem assim (o que já não é nada natural) volta a história das SCUT.

E aqui mais um tiro. O PSD quis marcar o ritmo e impor os seus princípios - todos pagam portagens e não há "abébias" para ninguém.
O PS, que disse que queria negociar, só queria, afinal, apoio para fazer o que lhe apetece e mais nada.
Os dois tomaram-se de razões e votaram um contra o outro. Ninguém ganhou. Ou antes o PSD nem sequer conseguiu impor o seu ponto de vista ou coisa parecida. O PS sabe que ganha no confronto e tem a seu favor o tempo. E,por isso, não perde tempo.

Como o PS já anda em campanha eleitoral, vá de anunciar que na Via do Infante, os autóctones vão circular à borla (ou melhor, à custa do resto do país). E como isto é uma notícia que cai bem em qualquer parte,designadamente quando comparada com a proposta do PSD que era de todos pagarem, o PSD já está entalado. Andou a "engonhar" e a exigir, sem ter previamente estabelecido ao PS condições draconianas para qualquer intervenção e apoio, e agora vai ter que se "vergar", contra sua vontade, a este anúncio e a outros anúncios de vontades do PS do mesmo teor.

E como a proposta de pagamento generalizado apresentada pelo PSD não é nada simpática nem dá votos, já se está a ver porque é que o PSD anda alegremente a descer nas sondagens...

Ainda poderemos ter esperança...???

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Para o Ministério Público, o papel de Sócrates no processo Freeport está longe de estar esclarecido

Desculpe... Importa-se de repetir...

Freeport: Procuradores quiseram ouvir Sócrates mas não tiveram tempo

Que isto é possível, é. Como se vê.

Mas que isto nunca seria admissível num país civilizado, também é verdade...

A morte é uma verdadeira treta...

Morreu António Feio

Felizmente que é só no ocidente que não há liberdade...

Embora continuem a negar a intenção de impor a lei islâmica (sharia) em Gaza, os líderes do Hamas proibiram esta semana a exibição de roupa íntima "provocante" nas vitrinas das lojas de lingerie.

Pois ... está bem...

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social concluiu que Sócrates não interferiu no fim do Jornal de Sexta, mas a administração da estação televisiva foi sensível às críticas do primeiro-ministro quando retirou o jornal de Moura Guedes de antena...

E se a ERC "fosse dar banho ao cão"...???

Informação completamente gratuita...

Para quem gosta de "capeia arraiana" ou não sabe se gosta mas gostava de ver, fica aqui o calendário das capeias - antes que um dia destes, por causa de uns "direitos" dos animais e em nome de uns "verdocas" quaisquer, também seja proibida...

A pia da casa...

quarta-feira, 28 de julho de 2010
Leitura da sentença do processo Casa Pia adiada para 3 de Setembro

Ora aqui temos justiça célere e pronta.
E será que, também neste processo, "a verdade acaba sempre por vir ao de cima" (ou seja, apesar do crime envolver, de forma evidente, o patrão, quem estava para ser condenado era a empregada doméstica [só porque sim, porque o patrão não podia ser condenado, mas alguém tinha que o ser…]; mas como ela tinha saído - foi à mercearia da frente comprar um repolho e um mólho de brócolos - calhou a sorte de ser condenado ao jardineiro [entretanto apanhado à noite a regar os malmequeres, ou seja, no lugar errado à hora errada…])...???

"Omo lava mais branco"...!!!

Manuel Pedro e Charles Smith irão responder pela acusação de extorsão na forma tentada no âmbito do processo Freeport

Devido à "brancura" da "limpeza" Sócrates até se dá ao luxo de afirmar: “A verdade acaba sempre por vir ao de cima”...

Será que também escreve "octágono"...???

Octagenário entrega-se à PSP após tentar matar a mulher

Felizmente, estes dois "pinóquios" estavam disponíveis...

terça-feira, 27 de julho de 2010
O processo Freeport, relacionado com o licenciamento do outlet de Alcochete, termina com apenas dois acusados, entre os sete arguidos: Charles Smith e Manuel Pedro.

Safa...!!! Se não fossem eles, ninguém era acusado...!!! Só por isso, mereciam um prémio...!!! Podia ser umas "luvas" novas...

...???

segunda-feira, 26 de julho de 2010
Pilar del Río requereu nacionalidade portuguesa

(É evidente que isso nada tem a ver com isto: O escritor José Saramago, falecido em Junho, foi condenado em Abril por um tribunal espanhol a pagar 717.651 euros de impostos, alegando ser em Espanha a sua residência fiscal.)

Não seria melhor...???

quinta-feira, 22 de julho de 2010
Porque é que em vez de se andar constantemente a "remover" despachos judiciais por causa das escutas ao primeiro ministro, não se "remove" antes o dito primeiro ministro...???

É preciso "apagar" também esta notícia...

quarta-feira, 21 de julho de 2010
Primo avisou Sócrates que ia usar o seu nome

"Quero lá saber. A minha mãe lava a roupa com Juá"...!!!

PGR manda destruir despachos sobre escutas a Sócrates

Uma pergunta se impõe:

Para que é que serve esta Assembleia da República, quando ela é causa de prejuízo para todo o país...???

As propostas do PS e do PSD que alteravam o decreto sobre Scut foram chumbadas hoje na comissão parlamentar de Obras Públicas, o que implica que o decreto-lei se mantenha em vigor.

Andam todos a brincar...???

A "consolidação orçamental" está a correr bem...

O défice do subsector Estado registou «7763 milhões de euros» no primeiro semestre deste ano, valor superior em 6,33 por cento em relação ao período homólogo de 2009, informou o Ministério das Finanças

Que elevação...!!! Que "politesse"...!!! Que classe...!!!

terça-feira, 20 de julho de 2010
Deputado do PS e dirigente do Bloco insultam-se em directo.

E é esta "maltósia" que diz que nos representa no Parlamento...
Parafraseando o discurso do "chefinho" de um desses deputados (que é, aliás, o maior fautor do argumentário de "tasca" na vida política) "representam é a tia deles"...!!!

A justiça é completamente crápula e inoperante...

Dos 3 assaltantes de bicicletas detidos esta segunda-feira no Algarve depois de uma perseguição policial, dois estiveram envolvidos no homicídio do chefe da PSP de Lagos em Dezembro de 2005.

Os três detidos foram ouvidos no Tribunal de Faro não por um juiz, mas por um funcionário judicial. Deram moradas de acampamentos ciganos em Portugal e Espanha. E foram mandados para casa.

Será difícil, assim, conseguir bons resultados na política externa...

Kwon Ho Ung, principal delegado de Pyongyang de 2004 a 2007 às conversações de alto nível com o então Governo liberal de Seul, foi executado por pelotão de fuzilamento por não ter obtido êxito na execução da política oficial.

(E por falar em "pelotão": alguém sabe alguma coisa da equipa norte coreana de futebol que andou pelo campeonato do mundo da África do Sul...??? Será que os seus elementos ainda respiram...???)

Como é que se chama a isto...???

segunda-feira, 19 de julho de 2010
A ministra diz (o que não devia) e desdiz-se em "dois tempos", dizendo que nunca disse o que disse e imputando a um jornal (e aos jornalistas) uma qualquer má-interpretação das suas palavras.

Depois o jornal apresenta as gravações: afinal a ministra disse mesmo aquilo que o jornal tinha dito que disse...

Como é que se chama a isto...???

A resposta é "total falta de vergonha"...

(É curioso de notar como mesmo o "his master's voice" do regime também já revela sinais de impaciência e de saturação com o governo e as suas "avarias"...)

Mais uma ...

A administração liderada por Almerindo Marques tem uma remuneração anual que corresponde ao dobro dos seus antecessores. Almerindo, o seu vice-presidente Eduardo Gomes e os seus três vogais custaram em 2008 aos cofres da empresa cerca de 808 mil euros, enquanto que a gestão de António Laranjo não ultrapassava cerca de 430 mil euros

Se isto for mesmo verdade é mais uma das ignomínias típicas da voragem socialista...

Isto ainda há-de acabar mal para muita gente...

A venda de automóveis de luxo em Portugal acelerou no primeiro semestre, com a Porsche e a Jaguar a registarem um crescimento acima dos 50 por cento, face ao período homólogo

Contas "à socialista"....

Em 2014 a Estradas de Portugal começa a pagar cerca de 376 milhões de euros pelas oito concessões lançadas por Mário Lino, ex-ministro das Obras Públicas do governo sócrates – valor a que se junta, nesse ano, cerca de 741 milhões de euros previstos para as sete SCUT "inventadas" pelo Governo de António Guterres.

Contudo, as receitas com portagens nas SCUT e nas novas concessões deverá ficar abaixo dos 530 milhões de euros – valor muito abaixo da factura de 1,1 mil milhões de euros que tem ser paga a partir de 2014.
O que poderá gerar um défice estrutural e anual nas contas da EP entre os 500 e os 600 milhões de euros até 2026.
Neste ano, as rendas das SCUT e das novas concessões começam a diminuir significativamente, sendo que em 2031 termina a esmagadora maioria dos contratos das SCUT.


Nesta altura as SCUT hão-de estar transformadas em "caminhos de cabras", completamente degradadas (as concessionárias, nos últimos anos, devem começar a "economizar" em conservação...), e portanto a necessitar de urgentes e inadiáveis obras de conservação, no valor de muitos milhões...

E continua o círculo vicioso...

(Uma pequena adenda: seria bom saber como é que foi calculado o valor destas rendas. É que, como se constata, o tráfego real gera, na melhor das hipóteses, menos de metade do valor total das rendas. Não haja dúvida que isto (parece mesmo que) foi um óptimo negócio para as construtoras...)

Não é o mesmo...???

ICN chumbou construção de cemitério no local onde veio a aprovar o Freeport

Não há direito...!! Aquilo também é um cemitério...!!! É que há imensa gente "enterrada" até aos cabelos por causa da sua construção...!!!

O pudor, a vergonha e a falta de ambos...

Apesar de anunciada a sua construção em 1873, apenas em 1906 o combóio chegou a Serpins, servindo várias localidades como Miranda do Corvo e Lousã, nome este pelo qual ficou conhecido o designado "ramal da Lousã". Desde 16 de Dezembro de 1906 que diariamente circulam por lá comboios e, mais recentemente, automotoras, servindo uma vasta população que o utiliza para se ligar a Coimbra.

Entretanto surgiu em Coimbra o projecto do Metro Mondego, destinado a instalar um metro de superfície, no qual se integraria a linha da Lousã. O projecto foi-se arrastando no tempo, na proporção directa da (perda de) influência de Coimbra junto do poder central, até que chegou ao poder o PS.
É preciso lembrar que o PS, ou melhor o primeiro ministro, tem uma zanga antiga com Coimbra, por causa da co-incineração em Souselas (e porque a Câmara é PSD...), que ele não cuida de disfarçar - antes tudo tem feito para remeter Coimbra para posições secundárias em todas as matérias essenciais, não compatíveis com a dimensão e influência da cidade.

Neste quadro, o Metro Mondego foi um joguete nas mãos dos políticos. E assim, aquilo que seria um projecto essencialmente urbano de transporte público por metro de superfície (eléctrico rápido), passou a ser fundamentalmente um projecto de ligação suburbana, por comboio eléctrico (tram-train), que na primeira fase pára às portas de Coimbra. Vai daí, o governo PS decidiu que havia que começar precisamente pela vertente suburbana - nem mais nem menos que a linha da Lousã (vão lá agora as más línguas dizer que foi por causa da câmara da Lousã ser do PS...). Isto sem sequer se analisar a sustentabilidade económica da exploração deste novo modelo. Ou seja, metro em Coimbra ("dentro" de Coimbra), fica "para depois", ou seja "para as calendas gregas".

Tomada a decisão, "mãos à obra": toca de "arrancar" os carris da linha da Lousã (de bitola ibérica), para começar a adaptação à nova utilização. Porém o dinheiro escasseia e agora o que é mais certo é que os utentes do velho combóio da Lousã fiquem sem combóio, sem metro, e sem nada...

Perante a indignação de todos aqueles que se sentem prejudicados pela forma o líder parlamentar do PS vem criticar os ditos "partidos da direita" por terem criticado a suspensão das obras (que se não ocorreu já, deve estar para próximo) afirmando que estes partidos criticam a realização de obras públicas mas agora querem que se faça o metro...

Para além da patetice do argumento, sempre seria bom lembrar ao senhor doutor Assis que uma coisa é realizar obras faraónicas e completamente loucas como o TGV, um novo aeroporto megalómano, auto-estradas "sem tom nem som" e outra é acabar uma obra que, se deixada a meio, retira a um vasto numero de pessoas um transporte público que foi suprimido exactamente para fazer essa obra, coma promessa de que o novo transporte seria mais cómodo e mais rápido. Ora, as obras de substituição de um tipo de transporte por outro em 36,9 km não não é exactamente a mesma coisa que fazer centenas de km de (nova) via férrea específica para TGV, como pontes sobre o Tejo à mistura...

O que o senhor deputado faz, não sem evidentes intuitos demagógicos, é confundir a beira da estrada com a estrada da Beira...

E isso é só falta de vergonha ou também é falta de pudor...???

"Sem rei nem roque"...

domingo, 18 de julho de 2010
O governo está completamente "sem rei nem roque". Os ministros falam sem coordenação, metem-se nas áreas de outros ministros, afirmam e negam no espaço de minutos, tudo como se nada se passasse e fosse tudo lógico e normal.

Agora foi a ministra do trabalho que resolveu falar mais do que devia (vontade de protagonismo...???) e logo depois veio negar o que antes tinha afirmado.

Em entrevista ao Diário de Notícias, a dita ministra do Trabalho e da Segurança Social garantiu que os trabalhadores da Função Pública iam ter, em 2011, os salários aumentados em 1,4%, valor da inflação previsto para 2010.

Ainda a tinta de impressão não tinha secado já a mesma ministra estava a desdizer-se, esclarecendo hoje que o aumento dos salários da Função Pública cabe ao Ministério das Finanças e assegurando que, neste momento, “não há qualquer decisão sobre esta matéria”.

É, pois, com este "desconchavo" que andamos a ser governados. Cada governante diz e faz o que lhe vem à cabeça. Para "compor o ramo", o primeiro ministro anda completamente "out of reality", como se vivesse noutra dimensão...

No meio de tudo isto não há políticos nem estadistas que se veja que sejam capazes de pegar neste estado de coisas, com a determinação e saber suficientes para nos tirar do "buraco" e nos reconduzir a uma situação estável. Assim, todos os poderes instituídos andam a "assobiar para o lado", sem ligar e sem querer meter-se na questão, a ver se, quando a situação económica ruir por completo (para o que já não falta muito...), as ruínas não os atinjam (demasiado) e, assim, eles, prontamente, possam estar em condições de começar o saque dos escombros, dizendo que são "equipas de salvamento"...

Podemo-nos, pois, preparar para o pior...

Anos...

Com que então caiu na asneira
De fazer na quinta-feira
Vinte e seis anos! Que tolo!
Ainda se os desfizesse...
Mas fazê-los não parece
De quem tem muito miolo!

Não sei quem foi que me disse
Que fez a mesma tolice
Aqui o ano passado...
Agora o que vem, aposto,
Como lhe tomou o gosto,
Que faz o mesmo? Coitado!

Não faça tal: porque os anos
Que nos trazem? Desenganos
Que fazem a gente velho:
Faça outra coisa: que em suma
Não fazer coisa nenhuma,
Também lhe não aconselho.

Mas anos, não caia nessa!
Olhe que a gente começa
Às vezes por brincadeira,
Mas depois se se habitua,
Já não tem vontade sua,
E fá-los queira ou não queira!

Dia de anos, João de Deus

Mais um "aborto" do governo...

sábado, 17 de julho de 2010
Governo aborta cheque-bebé

Este ministro anda completamente "zonzo"...

sexta-feira, 16 de julho de 2010
Primeiro, isto:
O ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça, disse hoje que as novas estradas transmontanas vão ter portagens e que os utilizadores também terão de contribuir para um investimento prometido para fazer justiça a uma região isolada

Depois, isto:
O ministro das Obras Públicas esclareceu hoje que as únicas portagens a pagar nas novas concessões rodoviárias de Trás-os-Montes serão as variantes de Vila Real e Bragança e o túnel do Marão

O senhor ministro está completamente "tóing, tóing, tóing"...!!!

Estado da Nação

O primeiro ministro inaugurou ontem, no Parlamento, a "silly season"...

(Será que depois de férias ainda temos país...???)

Falta saber a razão...

quinta-feira, 15 de julho de 2010
Desigualdade entre ricos e pobres abranda em 2009

Não parece que seja porque estejamos todos a ficar (mais) ricos; então é porque estamos todos a ficar (irremediavelmente) pobres....

Eis uma razão para o empobrecimento: Dívida pública cresce dois milhões por hora

E mais outra: Portugal marca nova emissão de dívida de 1,25 mil milhões

"Estamos feitos"...

quarta-feira, 14 de julho de 2010
Há uns anos atrás - há uns bons 15-20 anos atrás - foi-se criando a ideia de que o país tinha finalmente entrado "nos carris" do desenvolvimento, do progresso e da prosperidade. Criavam-se empresas, havia dinheiro a rodos, todo o mundo que queria ser gente comprava um BMW para acelerar nas novas auto-estradas, havia glamour e "social" e até parecia que, finalmente, o país tinha aderido à cultura e à arte.

Hoje estamos de rastos. Passado década e meia, em que geralmente fomos governados pelo PS, estamos pior do que estávamos antes do início desse período de desafogo económico. A sensação de que o país tinha finalmente entrado num irreversível caminho de prosperidade esvaiu-se como fumo - e deixou-nos atónitos. A loucura e preguiça dos sucessivos governos PS, desde 1995, atiraram-nos para o lodaçal onde havemos de penar muitos anos e de onde sairemos dificilmente, pagando um tributo de grandes e profundos sacrifícios.

As gerações jovens bem podem atribuir as culpas aos seus pais. Foram estes que na mira das prebendas de um estado social e, por isso, glutão e insustentável, "rebentaram" com as finanças públicas de tanto exaurirem os cofres do Estado. Foi a mania de que ao Estado cabe o sustento de todos que hoje estamos na delicada situação financeira em que nos encontramos.

Só quando percebermos que o Estado - que somos todos nós - não tem que sustentar toda a gente e que apenas o esforço dedicado, o trabalho com honra, o investimento com visão são capazes de gerar riqueza, expansão da economia e o consequente emprego, desafogo económico e bem estar, é que estaremos em condições de começar a tentar sair do lodaçal em que estamos enterrados até aos olhos. Enquanto continuarmos do olhos postos nas últimas moedas dos cofres públicos e à espera da sua distribuição estamos simplesmente a afundar-nos ainda mais.

Não vale a pena negar e renegar a realidade. Ainda que a não queiramos ver, outros há que no-la mostram de forma crua e trágica: Economia quase estagna no próximo ano.

Podíamos deixar aos filhos e aos netos um país economicamente sóbrio, sem grandes "larguezas" financeiras mas honesto, trabalhador e cumpridor, capaz de prometer esperança em melhores dias; mas não. Não vamos deixar isso. Vamos sim deixar um país arruinado, pobre, "pindérico" e hipotecado, que vive assente em expedientes, com uma cultura de "chico-espertismo" nas "exploração" do Estado, sempre à espera de um prebenda, favor ou subsídio. Em vez do trabalho deixamos a preguiça, em vez de valores deixamos a "bandalheira", em vez de prosperidade económica, a indigência total, em vez de um país, um "pocilga"...

Exemplaridade

É tudo exemplar. O autarca é "exemplar" e a justiça também: Relação desagrava penas a Isaltino Morais

Why not...???

terça-feira, 13 de julho de 2010
Ernâni Lopes quer corte de 15 a 20% nos salários da Função Pública

E porque não despedir antes aqueles que nada fazem - os seja os tais 20% - e deixam os que trabalham a trabalhar em paz e sossego...???

Porque é que hão-de ser todos a "pagar da favas" dos "favores" dos lugares que uns tantos conseguiram à conta de sucessivos governos e de integrações e reclassificações completamente "malucas" e absurdas....???

Porque é que para se conservar o emprego de gente que mal sabe ler e escrever mas está colocada em categorias para as quais não tem nem capacidade, nem conhecimentos, nem aptidões profissionais, se sacrificam os que se esfalfam a trabalhar e a suprir as insuficiências dos "colegas" reduzindo-lhes o seu vencimento...???

Se querem ser duros tomem medidas duras... Não utilizem é aquelas medidas fáceis populistas e "igualitárias".
É que não há igualdade nenhuma: na função pública há uns que são uns acabados mandriões e ignorantes e há outros que são verdadeiros e abnegados "burros de carga". Então para se proteger os mandriões sacrificam-se os que trabalham...???!!!

Mas que grande fartura...

Mais cinco países - Austrália, Indonésia, Luxemburgo, Suazilândia e Ucrânia - manifestaram interesse em aderir à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Isto sem contar com três países com o estatuto de membro associado: Guiné Equatorial, Senegal e Ilhas Maurícias, sendo que entretanto, a Guiné Equatorial já formalizou o pedido de adesão plena.

Austrália...???!!! Indonésia...???!!! Ucrânia...???!!! Na verdade não há "falantes" mais puros da língua portuguesa do que estes...

Na final do Mundial...

domingo, 11 de julho de 2010
... será que volta a dar-se a maldição do "Flying Dutchman"...???

Chá e miolos...

"Celebrar" a demissão de um Director Geral e ainda por cima da forma semanticamente excessiva como foi feita (de mais a mais quando o poder de demissão de um director geral é um dos poderes mais "corriqueiros" que assiste a um ministro) não parece ser de quem tenha "grande miolo".
Ou então há que entender que a efusividade da celebração daquilo que parece ter sido entendido como uma "vitória" (que só pode ser "pírrica"...) é próprio de quem, eufemisticamente, tem "ausência de chá"...

Estado social(ista)....

Pai, mãe e filha, que já tinham sido condenados por usurpação, fazem fortuna com negócio ilegal. Mas recebem todos Rendimento Social de Inserção.

Quando é que estes tipos ganham (alguma) vergonha...???

Notícia do Expresso de ontem:

O primeiro-ministro, José Sócrates, tentou um acordo com o CDS/PP e em Fevereiro deste ano e abordou Paulo Portas durante um jantar em casa de Basílio Horta.

Reacção oficial a esta notícia:

"É tudo pura mexeriquice. O primeiro-ministro nunca convidou Paulo Portas para qualquer cargo no Governo, nomeadamente para ministro dos Negócios Estrangeiros", garantiu ontem o gabinete de José Sócrates
.

Mas esta gente do PS e do governo nunca mais aprende...??? Será que não percebem que a realidade não se desmente nem apaga, mesmo que nos "desmentidos" empreguem excessos e violência verbal?

A notícia, por si, não teria mais qualquer efeito - a não ser confirmar mais uma ve os métodos "invios" de como o PS faz política.
Porém, com o desmentido, fica confirmado que houve mesmo jantar e que esse jantar tinha o fim indicado na notícia, mas que afinal não houve convite "formal" (como, aliás, já era dito na notícia do Expresso).
E fica também confirmada a "lata" (que é directamente proporcional à falta de vergonha) com que os lideres do PS dizem e se desdizem...

Socorro...!!! Estou endividada...!!!

sábado, 10 de julho de 2010
A Estradas de Portugal enviou uma carta aos Ministérios das Obras Públicas e das Finanças a dizer que precisa de 95 milhões até Setembro.

Têm bom remédio: portagens em todas as SCUT sem excepções e sem descontos... Já...!!!

Olha que grande admiração...!!!

Carga fiscal vai disparar até 2013

A carga fiscal não vai disparar... A carga fiscal disparou desde 2005, ou seja desde que o PS está no governo.
Esta mania de usar eufemismos... "vai disparar"... Ora...ora...

Pronto. Conseguiram o que queriam...

quinta-feira, 8 de julho de 2010
O PS e o seu governo conseguiu aquilo que queria: acabar com a Red Bull Air Race no Porto.
Se a corrida não era em Lisboa, como queriam, também não há-de ser no Porto, que é "terra da oposição"...
As velhas posições maniqueístas do PS "quilharam" tudo (como de costume): não há mais corridas de aviões...
Moral: "vão dar banho ao cão"...

Qualquer coisa serve para nos entreter...

quarta-feira, 7 de julho de 2010
Primeiro foi a crise e o aumento de impostos. Durou até chegar o Mundial.

Chegado o Mundial a questão passou a ser a selecção. Durou até sermos eliminados pela Espanha (uma verdadeira ignomínia...).

Acabado o sonho do Mundial, vem agora o calor.
Não se sabe até quando vai durar, mas é certo que é a única coisa que é capaz de fazer suar o país...

Já se nota que começou o período de férias....

terça-feira, 6 de julho de 2010
Há muito menos gente com tempo para andar a visitar os blogues...

Se fosse possível

Robô submarino Luso recuperado hoje do fundo do mar

Se fosse possível utilizar a mesma tecnologia para recuperar o país do fundo do "buraco" em que estamos metidos, era bom não era...???

Aqui temos um ex-jogador e ex-capitão do Sporting...

Boas notícias para o Benfica

segunda-feira, 5 de julho de 2010
O Meireles vai para o estrangeiro e o Moutinho vai para o Porto...

Mas não é só ele...

Marinho Pinto acredita que o processo Casa Pia vai prescrever

Aliás, tudo tem sido feito para que esse venha a ser o desfecho...

Mais uma ...

sábado, 3 de julho de 2010
A Espanha, com mais uma ajuda da arbitragem (anulação de um golo legal) e a "vaca" do costume no que toca a marcação de golos, lá consegue estar nas meias finais...

São mesmo necessárias

Se outras razões não houvesse, a introdução de portagens nas SCUT era essencial para, ao menos, repartir o transito por outras vias de comunicação, designadamente por outras auto estradas portajadas que sirvam a mesma zona.
É que isto de haver uma auto estrada portajada ligada por uma SCUT a outra SCUT que "vai" para o mesmo destino da auto estrada portajada dá origem a que não se consiga circular na SCUT de tanto veículo pesado a circular, a ultrapassar, a fazer manobras mais ou menos loucas, tudo isto porque a SCUT é "de borla" e o pesado em vez de contunuar na auto estrada pprtajada por onde circulava, faz um peque desvio e acaba a viagem numa SCUT não paga...

Não só por isso, mas também por isso, é necessário portajar as SCUT. Sob pena de uma dia destes se tornarem vias privativas de veículos pesados...

Duas notícias, uma má boa e outra má...

sexta-feira, 2 de julho de 2010
Começando pela notícia má: o Brasil foi eliminado do Mundial.

A boa, finalmente: Armando Vara demite-se do BCP

Mudança de designação

Desemprego oficial subiu para 10,9 por cento em Maio

Por este andar, mais vale que o ministério do Trabalho e da Segurança Social passe a designar-se Ministério do Desemprego e da Segurança Social. É que é mais adequado à realidade...