<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d12023629\x26blogName\x3dPharm%C3%A1cia+de+Servi%C3%A7o\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttps://pharmaciadeservico.blogspot.com/\x26vt\x3d5339164314434841800', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Pharmácia de Serviço

Há remédio para tudo ... pharmaciadeservico_at_gmail.com

2010 - Política educativa em Portugal

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010
Alunos não sabem raciocinar nem escrever

Não se deve exigir demais aos alunos. Quanto mais "broncos" melhor, porque transitam de ano mais facilmente...

Tenhamos esperança

Um óptimo Novo Ano de 2011...!!! (apesar de todo o desatino em que andamos mergulhados, sem conseguirmos saber quem nos possa tirar dele).

Vício governativo...

O governo insiste em querer passar-nos a todos por parvos...

A explicação está aqui.

Uma completa (falta de) vergonha...

Reza assim o preâmbulo da Portaria n.º 1329-A/2010 de 30 de Dezembro, publicada em Diário da República:

O Instituto de Informática, I. P., é o organismo que prossegue as atribuições e competências na área das tecnologias de informação e comunicação (TIC) do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social (MTSS).
A missão que lhe foi confiada implicou a sucessão de atribuições e competências, nos termos do Decreto-Lei n.º 211/2007, de 29 de Maio, alterado pelo Decreto-Lei n.º 154/2008, de 6 de Agosto, aos serviços e organismos do MTSS, designadamente os que integram o perímetro do sistema de segurança social, em execução do Programa de Reestruturação da Administração Central do Estado (PRACE).
O quadro referido de alargamento da actividade, juntamente com as disposições constantes da Lei n.º 2/2004, de 15 de Janeiro, torna propícia a ocasião para se proceder à qualificação e grau dos seus dirigentes e à adaptação da sua estrutura funcional
.

Assim, de mansinho, com este "paleio mole" "como quem não quer a coisa", a dita Portaria diz no seu artigo 2.º: São aditados os artigos 3.º-A e 3.º-B aos Estatutos do II, I. P., aprovados pela Portaria n.º 635/2007, de 30 de Maio, com a seguinte redacção:

Vamos então ver o que diz o dito artigo 3.º-B, agora aditado, epigrafado "Cargos dirigentes":

1 — O director de departamento é um cargo de direcção intermédia de 1.º grau, sendo equiparado, para efeitos remuneratórios, a cargo de direcção superior de 1.º grau.
2 — O coordenador de área é um cargo de direcção intermédia de 2.º grau, sendo equiparado, para efeitos remuneratórios, a cargo de direcção superior de 2.º grau.
3 — Às remunerações base dos dirigentes acrescem despesas de representação de 30% e 20% da remuneração base do cargo de director de departamento para, respectivamente, directores de departamento e coordenadores de área.


Conclui, no artigo 4º a dizer que A presente portaria produz efeitos a 1 de Janeiro de 2010.

Troquemos agora tudo isto por "miúdos":

A disciplina dos designados "cargos dirigentes" está contida na Lei nº 2/2004 (alterada pela Lei nº 51/2005), designada, por isso, Estatuto do Pessoal Dirigente:

E o seu artigo 1º diz:

1 - A presente lei estabelece o estatuto do pessoal dirigente dos serviços e organismos da administração central, local e regional do Estado.
2 - A presente lei é aplicável aos institutos públicos, salvo no que respeita às matérias específicas reguladas pela respectiva lei quadro
.

Depois o artigo 2.º diz:

2 - Os cargos dirigentes qualificam-se em cargos de direcção superior e cargos de direcção intermédia e subdividem-se, respectivamente, em dois graus, em função do nível hierárquico, das competências e das responsabilidades que lhes estão cometidas.
3 - São, designadamente, cargos de direcção superior do 1.º grau os de director-geral, secretário-geral, inspector-geral e presidente e do 2.º grau os de subdirector-geral, adjunto do secretário-geral, subinspector-geral, vice-presidente e vogal de direcção.
4 - São, designadamente, cargos de direcção intermédia do 1.º grau o de director de serviços e do 2.º grau o de chefe de divisão.
5 - (Revogado.)
6 - Os diplomas orgânicos ou estatutários dos serviços e organismos referidos nos n.ºs 1 e 2 do artigo anterior deverão estabelecer expressamente a qualificação e o grau dos respectivos cargos dirigentes de acordo com o n.º 2 do presente artigo, bem como a sua designação
.

Temos então, que:

- os cargos de direcção superior de 1º grau são os correspondentes, p. ex., aos cargos de director geral, secretário geral;
- os cargos de direcção superior de 2º grau correspondem aos cargos de subdirector geral, adjunto do secretário geral, etc...

- os cargos de direcção intermédia de 1º grau designam-se "directores de serviços"
- os cargos de direcção intermédia de 2º grau designa-se "chefes de divisão".

E o nº 6 deste artigo é muito claro: Os diplomas orgânicos ou estatutários dos serviços e organismos referidos nos n.ºs 1 e 2 do artigo anterior deverão estabelecer expressamente a qualificação e o grau dos respectivos cargos dirigentes de acordo com o n.º 2 do presente artigo, bem como a sua designação. Quer isto dizer que a qualificação e grau dos cargos dirigentes é que que se encontra definido no artigo e não outro qualquer que se decida inventar na ocasião.

Por outro lado a remuneração destes cargos dirigentes é taxativamente estabelecida em função da sua qualificação e grau e é a seguinte:

- os cargos de direcção superior de 1º grau (cargos de director geral, secretário geral, etc.) auferiam até ao dia de hoje, 31 de Dezembro de 2010, um vencimento ilíquido de 3734,06€ a que acresciam 778,03€ de despesas de representação. Com o corte de vencimentos e subsídios determinado pelo governo para 2011 passam a auferir, a partir de amanhã 3386,61 € de vencimento e 700,22€ de despesas de representação o que representa um corte total de 425,25€, correspondente a 9,42%;

- os cargos de direcção superior de 2º grau (subdirector geral, adjunto do secretário geral, etc) auferiam até ao dia de hoje, 31 de Dezembro de 2010, um vencimento ilíquido correspondente a 85% do vencimento base de director geral, ou seja 3173,95€ a que acresciam 583,81€ de despesas de representação. Com o corte de vencimentos e subsídios determinado pelo governo para 2011 passam a auferir, a partir de amanhã 2916,12 € de vencimento e 525,43€ de despesas de representação o que representa um corte total de 316,21€, correspondente a 8,41%;

- os cargos de direcção intermédia de 1º grau (directores de serviços)auferiam até ao dia de hoje, 31 de Dezembro de 2010, um vencimento ilíquido correspondente a 80% do vencimento base de director geral, ou seja 2987,24€, a que acresciam 311,21 € de despesas de representação. Com o corte de vencimentos e subsídios determinado pelo governo para 2011 passam a auferir, a partir de amanhã 2759,28 € de vencimento e 280,09€ de despesas de representação o que representa um corte total de 259,08€, correspondente a 7,85%;

- os cargos de direcção intermédia de 2º grau (chefes de divisão) auferiam até ao dia de hoje, 31 de Dezembro de 2010, um vencimento ilíquido correspondente a 70% do vencimento base de director geral, ou seja 2613,84€, a que acresciam 194,79 € de despesas de representação. Com o corte de vencimentos e subsídios determinado pelo governo para 2011 passam a auferir, a partir de amanhã 2445,63 € de vencimento e 175,31€ de despesas de representação o que representa um corte total de 187,69€, correspondente a 6,68%.

Ora de acordo com a referida Portaria acontece que:

O director de departamento que é qualificado como um cargo de direcção intermédia de 1.º grau, equivalendo, portanto, a director de serviços, é contudo equiparado, para efeitos remuneratórios, a cargo de direcção superior de 1.º grau ou seja a director geral.

O coordenador de área é um cargo de direcção intermédia de 2.º grau, equivalendo, portanto, a chefe de divisão, é, contudo, equiparado, para efeitos remuneratórios, a cargo de direcção superior de 2.º grau ou seja a subdirector geral.

Quer isto dizer que a Portaria em questão proporcionou as seguintes benesses aos dirigentes do Instituo de Informática da Segurança Social:

- aumento de vencimento retroactivo ao início do ano que agora finda;

- remunerações completamente díspares das fixadas para os cargos dirigentes.

É fácil comparar:

O director de departamento do dito Instituto, que é um cargo de direcção intermédia de 1.º grau (director de serviços), deveria receber em 2010 um montante mensal total ilíquido de 3298,45€ mas vai auferir rectroactivamente um vencimento mensal de 4512,09€ (director geral) - o que representa um aumento salarial de 1213,64€ ou seja de 26,9%.
Em 2011 fica a receber (como director geral) e já considerados os "cortes", o montante total de 4086,83€, bem superior ao montante de 3039,37€ que auferirá um "vulgar" director de serviços.

O coordenador de área do I.I., que é um cargo de direcção intermédia de 2.º grau (chefe de divisão), deveria receber em 2010 um montante mensal total ilíquido de 2808,63€ mas vai auferir rectroactivamente um vencimento mensal de 3757,76€ (subdirector geral) - o que representa um aumento salarial de 949,13€ ou seja de 25,26%.
Em 2011 fica a receber (como subdirector geral) e já considerados os "cortes", o montante total de 3441,75€, bem superior ao montante de 2620,94€ que auferirá um "reles" chefe de divisão.

É portanto a mais completa vigarice e a mais descarada falta de vergonha vir agora o governo dizer, pela boca do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social que as chefias de quatro institutos da Segurança Social terão vencimentos mais baixos a partir de 2011 e que que a remuneração dos dirigentes dos institutos mencionados será reduzida no próximo ano.

Como se pode ver, o governo anda "cândidamente", a inventar expedientes para beneficiar (só) os seus boys. Ou seja, continua o desaforo socialista. Até quando?

"A toque de caixa"...

O ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Pedro Silva Pereira, disse no final do conselho de sinistros, perdão, ministros, que «foi feita de facto uma acusação muito grave à actual administração da CGD porque é ela a actual responsável pela gestão do BPN. Compete à administração CGD defender a sua honra e eu espero que o faça porque os contribuintes não podem ficar com essa dúvida». Todo este "latinório" por causa das declarações do candidato presidencial Cavaco Silva que fez quarta-feira críticas à actual gestão do BPN.

Logo depois, pressurosamente, a dita Caixa-Geral de Depósitos veio criticar Cavaco...

Pode-se assim dizer que a Caixa anda "ao toque de caixa" de pereira...

Debates das presidenciais

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010
Agora que o Coelho da Madeira é candidato às presidenciais é que se acabaram os debates. Não há direito...!!! Seria uma delícia vê-lo a debater com os outros "marretas"...

Mais uma...

O ministro Augusto Santos Silva vai nomear uma ‘girl’ (feminino inglês de ‘boy’) do PS para o cargo de secretária-geral do Ministério da Defesa, uma das funções mais importantes na organização interna deste ministério.
Como experiência refere-se que é licenciada em Economia, e ocupa a vice-presidência da Autoridade Florestal Nacional do Ministério da Agricultura...

Pós-modernices

terça-feira, 28 de dezembro de 2010
Segundo o pensamento pós-moderno do pós-moderno sociólogo Boaventura Sousa Santos, Portugal não é dos países que “mais se ofendem, pois viveu muito tempo com a mediocridade escondida do salazarismo”.

O pós-moderno sociólogo esquece-se, porém, de dizer que no tempo do salazarismo nunca se viu a presente absoluta mediocridade governativa (socialista, convém que se diga) que conseguiu atirar o país, que se pretendia um país desenvolvido e moderno, para uma situação económica semelhante a um país terceiromundista. E não o fez de forma escondida, já que meio mundo fala da dívida pública portuguesa...

Mais uma ignomínia

O Estado português, governado de forma perdulária, completamente endividado e falido, pretende endireitar as suas contas cortando nos salários (de alguns) dos seus funcionários (a que passou a chamar de "trabalhadores"), como se estes fossem os responsáveis pelo descalabro financeiro (ou como se o descalabro financeiro tivesse sido evitado se esses funcionários auferissem salários (ridiculamente ainda) mais baixos).

Ora é este mesmo Estado que permite, depois, que com as novas regras da lei do financiamento partidário, as multas dos partidos políticos, mesmo as aplicadas aos dirigentes, passem a ser acrescentadas às despesas do partido, despesas essas que são subsidiadas pelo Estado

"Derivado ò"...

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010
Foi "derivado ò facto" de Sócrates ver "animadores sinais de recuperação" que a Fitch resolveu cortar o rating da república portuguesa. Só pode...

Nós também não...

Na sua mensagem de Natal, Sócrates disse: “Não sou de desistir nem de me deixar vencer pelas dificuldades

Nós também não. Apesar do governo ps andar, nos último seis anos, a enganar-nos descarada e quotidianamente - enfiando-nos num buraco do qual, diz agora, estar a fazer todo o esforço para nos tirar de lá - não desistimos de o "pôr a andar"...
Esta é a única forma de vencermos os momentos de graves dificuldades que 2011 nos vai trazer...

Descoberta da pólvora

Economista chefe do maior banco alemão prevê que Portugal procure ajuda

Um Santo Natal

sábado, 25 de dezembro de 2010

"prenda de Natal"...

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010
A agência de notação financeira Fitch cortou hoje o rating de Portugal de AA- para A+, justificado com maiores dificuldades de financiamento tanto do Estado como dos bancos, a que acresce o facto de a economia entrar em recessão no próximo ano.

Mau Estado...

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010
No final de 2009 o Estado tinha 8.236 credores que reclamavam um total de 2,2 mil milhões de euros em dívida.

"Brincadeiras de Natal"...

Segundo a ministra da saúde «Não há nenhum buraco no orçamento do Ministério da Saúde»

- Por favor, avie-me 35 cm de fita de nastro...

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010
Inaugurados sete quilómetros do IC5 em Alijó

O governo já não inaugura estradas. Inaugura "estrada ao quilómetro", entre "nada e coisa nenhuma".
Por este andar o governo ainda passa a fazer inaugurações "a metro" tipo "hoje inaugurou-se metro e meio de IC"; "amanhã são inaugurados 40 cm de IP"...

Ranhoso...

"Acagaçado" mas, como sempre, "ranhoso" e "melistra" o Governo garante que “fará tudo para contrariar riscos” identificados pela Moody’s

O governo - que até hoje sempre distratou as agência de "rating", imputando-lhes subterrâneas intenções - vem "piedosamente" dizer agora (visto que, mais uma vez, tem o "cu perto das calças") que "faz tudo". Isto ao mesmo tempo que "faz figas", sem intenção de fazer coisa nenhuma...

Ou seja, não sabe (alguma vez soube...???) o que fazer, a não ser enganar e "queimar tempo"... Até quando...???

Lá vêm novamente estes "filhos da mãe" das agências de rating...

terça-feira, 21 de dezembro de 2010
A agência de notação financeira colocou hoje o rating da dívida portuguesa em revisão para possível baixa, em virtude de três factores:
1 - “incertezas quanto à vitalidade da economia portuguesa no longo prazo, que podem ser aumentadas por causa da austeridade orçamental”;
2 - dificuldades de Portugal em aceder ao mercado de capitais a um preço “sustentável” em 2011, prevendo que o país tenha de continuar a pagar um preço elevado para se financiar;
3- a banca nacional está perante grandes “desafios”, que podem “ter um impacto nas contas públicas”. “Apesar de, até agora, o sector bancário ainda não ter recorrido à assistência do Governo, qualquer ajuda poderá comprometer as metas orçamentais”
.

Estes tipos do "rating" são mesmo uns safardanas cheios de má vontade, e só podem andar a perseguir o país...
Então eles não vêm que, por cá, está tudo bem e o que ainda não está bem, vai estar para o ano...!!!

(Sobre este mesmo tema, veja-se também aqui)

Como se já não bastasse o desbragamento de gastos que por lá reina...

DGCI enganou-se e transferiu IRS a mais para os Açores e a Madeira

Num país como o nosso não será levar as coisas a sério demais...???

O funcionário da câmara de Pombal, suspeito de ter desviado meio milhão de euros de uma conta bancária do município, vai ser demitido.

Uma coisa como esta pode ser terrível para a actividade económica: o que é que vai ser da corrupção, do compadrio, das "negociatas", dos "chicos-espertos", do "espírito de iniciativa"...???

Descobertas que nos alegram...

as pessoas que se deitam tarde têm tendência para ser mais inteligentes do que as outras

Uma pequena correcção...

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010
Não se deve dizer Governo injecta 500 milhões no BPN e retira CGD da gestão. Deve antes dizer-se "Todos nós contribuintes, que estamos sobrecarregados de impostos pelo governo do ps, vamos injectar 500 milhões no BPN, negócio ruinoso levado a cabo pelo mesmo governo, o qual retira a CGD da gestão depois desta já ter metido no BPN muitos outros milhões dos nossos impostos".

Ou seja, esconde, na verdade, a "bandalheira" reinante...

Governo esconde degradação do controlo da despesa pública

Pensar pela própria cabeça...

João César das Neves revela que não apoia candidatura de Cavaco

O dinheiro dos nosso impostos tem sido distribuído muito alegremente...

domingo, 19 de dezembro de 2010
A introdução de regras mais rigorosas na atribuição das prestações sociais permitiu ao Governo detectar 22 famílias beneficiárias do Rendimento Social de Inserção (RSI) com depósitos no banco superiores a cem mil euros.

Foram canceladas prestações a 8321 famílias, sobretudo por possuírem património mobiliário (como depósitos e rendimentos de capitais) e algum imobiliário, a que acrescia, em certos casos, rendimentos de bolsas de formação ou pensões de alimentos
.

Evocando Blake Edwards

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

"História para boi dormir" (como dizem os brasileiros...)

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010
O primeiro-ministro considerou hoje que Portugal transmitiu ao exterior um "importante sinal" de concertação social ao haver acordo de princípio com a UGT e com as confederações patronais em torno das medidas de reforço da competitividade económica.

Isto é só para enganar amanhã a Comissão Europeia...

Menores, sem BI, com dvd's, e ...

Mas será que os testes foram mesmo feitos nas escolas...???

Ministério da Educação não sabe quais as escolas que fizeram os testes PISA; a OCDE, responsável por aquele programa, também não sabe quais as escolas que participaram.

Ou seja: uma vigarice pegada...que já serviu, contudo, para o primeiro ministro vir publicamente "puxar pelos galões"...

Bom... este já foi...

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010
Pelos vistos, esta noite houve debate presidencial na televisão.

Isto vai aos bocadinhos...

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010
A conferência de líderes parlamentares da Assembleia Legislativa dos Açores confirmou hoje, em reunião extraordinária, que a região tem «competência e legitimidade» para criar uma remuneração compensatória para os funcionários públicos no arquipélago.

Depois a conferência de líderes parlamentares regionais deve confirmar que os órgãos da república, designadamente o Presidente, a Assembleia e o governo não têm competência para interferir nos assuntos regionais e que o Tribunal Constitucional não é competente para verificar da inconstitucionalidade de normas regionais, devendo ser substituído por um tribunal constitucional regional, imediatamente criado;

Depois a mesma conferência de líderes pode declarar a independência, e na sequência, criar os subsídios compensatórios que quiser.

Do lado do "continente", agradece-se. Deixamos assim de ter que suportar os sempre alegados e já insuportáveis "custos da insularidade"...

Somos mesmo ranhosos...

Não sendo nós nada que valha a pena, nem como país nem como intervenientes na cena mundial, resta-nos ser "apanhados" apenas em "sobras" e "aparas de cozinha": pelos vistos, um bancário (não confundir com um banqueiro) disponibilizou-se para revelar (perdão, violar) segredos bancários do banco que dirige.

Resume-se a isto a nossa contribuição para o voyerismo do cablegate.

Temos imenso geito para este tipo de palhaçadas...

Desfile de pais natais bate novo recorde

Para trabalhar é que já é mais difícil...

Sim... ele que é um exemplo de trabalho para tirar o curso...

domingo, 12 de dezembro de 2010
Sócrates: "Fico chocado quando ouço críticas sobre facilitismo"

Já que estamos numa de subsídios...

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010
Governo propõe a criação de um fundo para financiar os custos dos despedimentos

... porque é que não propõe também a criação de um fundo para financiar os custos de quem trabalha...??? ...ou - solução radical - a criação de um fundo destinado a financiar os custos com todos os subsídios...???

Agora é que ficam resolvidos todos os problemas de ineficiência...

O Governo aprovou esta quinta-feira uma resolução que determina a aplicação do acordo ortográfico da língua portuguesa na administração pública a partir de 1 Janeiro de 2012.

(Porém, para a medida ser mesmo eficaz, o governo devia ter aprovado também as penas a aplicar aos funcionários que "de fato" não apliquem o dito acordo nos seus despachos e informações...

É que essa resistência à mudança pode fazer perigar o crescimento económico português e pôr em causa as metas do défice definidas pelo governo...)

Lá vêm novamente os números megalómanos....

Ryder Cup 2018 vai gerar o triplo das receitas turísticas do Euro 2004

E depois, feitas as contas, verifica-se, como de costume, que afinal o lucro não foi tanto quanto isso...

Tem exactamente a mesma utilidade de um rolo destes...


O Conselho de Ministros aprova hoje uma resolução que impõe para toda a Administração Pública os cortes salariais estabelecidos no Orçamento para 2011

É que, pelos vistos, o Governo não tem poder para travar subsídio aos funcionários públicos dos Açores

E não é só ele

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010
Cavaco espera que promessas feitas às vítimas do mau tempo sejam cumpridas

As vítimas também estão à espera, mas parece que não têm muita esperança...!!!

Não há-de tardar, está completamente ilibado...

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010
... e ainda há-de pedir uma indemnização ao estado por ser uma pessoa acima de qualquer suspeita...!!!

Face Oculta: Manuel Godinho pede nulidade das escutas e prisão preventiva

Agora que já detiverm o Assenge

Os EUA já terão feito alguma coisa para encontrar o tipo "bem colocado" (só um tipo bem colocado pode ter acesso àquela quantidade de informação sensível) que tem "abastecido" de "novidades os site da Wikileaks...???

Ou será que preferem perseguir o "veículo" e não procurar a "fonte"...???

Há palavras que têm (mesmo) muita força...

um elemento do sexo masculino ficou ferido com alguma gravidade numa acesa troca de palavras com um agente da PSP

Colinho...

terça-feira, 7 de dezembro de 2010
Parece que ontem à noite, o fêquêpê foi levado, uma vez mais, "ao colinho"...

O zézito já tem uma "voz amiga" na próxima campanha...

Rui Pedro Soares e Emídio Rangel vão lançar novo semanário no início de 2011

Que isto é como diz o ditado: "favor com favor se paga"...

Falta dizer que o novo jornal será em grande parte financiado pelo grupo espanhol MediaPro, proprietário do canal de televisão La Sexta e do jornal espanhol “Publico”, e conhecido no país vizinho pelas suas ligações ao primeiro-ministro, José Luis Zapatero.

"Nuestros amigos" españoles son los verdaderos amigos...!!!

Esta não lembra ao diabo...

Um casal de idosos foi esta segunda-feira burlado em Zouparria, Souselas, por dois indivíduos que se apresentaram como "doutores da Segurança Social", a quem entregaram 15 mil euros e peças em ouro.

Os burlões, aparentando idades compreendidas entre os 40 e os 50 anos, abordaram os septuagenários em casa e disseram-lhes que, com a crise, o dinheiro ia acabar.

Convenceram também o casal de idosos a entregar-lhes três cordões em ouro, quatro anéis e duas libras em ouro, dizendo-lhes que seriam multados caso não o fizessem.

Em quarto lugar...

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010
O ministro das Finanças português ficou na 16ª posição entre os 19 titulares desta pasta em países da UE, ou seja, em quarto lugar a contar do fim da lista...

Brincar com o perigo

O site Wikileaks mudou de agulha e agora está apostado em pôr em causa a segurança não apenas do Estados Unidos mas do mundo inteiro.

Depois de revelar um vasto conjunto de mensagens diplomáticas, agora passou a revelar um conjunto de infraestruturas consideradas sensíveis para a segurança dos Estados Unidos.

Não se percebe bem, contudo, qual o interesse mundial em divulgar a lista de locais que um país considera como sensível para a sua segurança. Eventualmente deve estar a tentar por em causa essa segurança, sabe-se lá com que objectivos, ou então dar pistas a terroristas para acções que ponham em causa não apenas os EUA mas também os próprios países onde se situam esses locais.

Não será isto suficiente para um (o) país onde se encontra alojado o site, tomar medidas para o impedir de continuar nesta senda?
Ou deve-se entender que isto tem muita graça, porque põe em causa a segurança dos EUA e do ocidente, e que, por isso, o que se deve fazer é esperar para que aconteça uma "grossa asneira", e depois logo se vê o que se pode fazer...

...

Um avião da companhia aérea angolana TAAG, que partiu do aeroporto de Lisboa às 11h11 com destino a Luanda, foi forçado a regressar à Portela por problemas técnicos. Pelo caminho, terá deixado cair em Almada alguns pedaços metálicos da fuselagem, que atingiram um veículo mas não terão causado feridos.

Dúvida...

domingo, 5 de dezembro de 2010
Será que o césar dos açores é, afinal, um jardim como o da madeira?

Protejam "o buraco do ozono"...!!!

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010
Buraco na camada de ozono sobre a Antárctida atinge os níveis mais baixos desde 2005

Será que "o buraco" também é uma espécie ameaçada...???

Sugestão

Cavaco sugere que regime compensatório para funcionários açorianos pode violar Constituição

O senhor Presidente está muito enganado.
O que é inconstitucional é o corte (definitivo) de vencimentos em si mesmo; mas para além disso também é inconstitucional a discriminação que é feita entre quem ganha mais e menos de 1500€.

Aliás, esta diferenciação é tão inconstitucional quanto a medida adoptada pela "república dos ananazes" que o senhor Presidente "sugere" como inconstitucional.

Certo é que nos tempos que correm, nos quais o direito e a lei é aquilo que se quiser e for mais conveniente, não há limite a nada e vale tudo. Já houve regimes assim...

Agora é que se deram conta

Os inglese dizem agora que "afinal de contas, a FIFA e o KGB são, precisamente, as duas últimas organizações secretas do planeta"

"A Rússia, é um Estado mafioso corroído até à medula pela corrupção; o Qatar, um reino medieval sem liberdade de expressão. Ambos nadam no dinheiro que o petróleo oferece."

"O sistema de eleição [dos países organizadores] de um Campeonato do Mundo é atrozmente corrupto".

Porém, até ontem, a Inglaterra a única coisa que soube fazer foi atacar a candidatura de Portugal e Espanha.

"República dos ananazes"...

Os funcionários públicos do governo regional dos Açores «vão receber subsídios» para compensar «os cortes salariais» ditados pelo executivo de Lisboa.

Pelos vistos o "quinteiro" lá do sítio não tem comportamentos muito diferentes do seu congénere insular da "república das bananas"...

Tudo tem explicação...

O sucesso das negociações sobre o fundo de pensões da PT com o governo coincide com a desistência do PS em tributar os dividendos extraordinários que a operadora vai distribuir até ao final do ano.

Que sorte...!!!

2010 será um dos anos mais quentes desde 1850

Calha bem, porque vamos todos "andar de tanga"...

Qatar 2022

Habituados a só ter disto...


...já se adivinha o efeito "psicadélico" que "visões" como estas irão provocar nos "qatarenses" e vizinhos...


Adivinhem quem ganhou a candidatura ao mundial 2018...

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010
As máfias...!!!

A justificação dos telegramas...

Na "versão" em francês do "press release" da Wikileaks sobre a divulgação de telegramas diplomáticos (versão essa semelhante à espanhola e à portuguesa/brasileira mas diferente da "original" em inglês), alturas tantas, lê-se isto:

«Alors que les documents révèlent des abus et un cynisme épouvantables, le simple fait qu’ils puissent fuiter montre qu’il y existe des individus droits et courageux au sein du gouvernement, qui croient en la transparence et en une politique étrangère plus éthique. Ils cherchent à réformer les organisations dans lesquelles ils travaillent, objectif qui, comme le démontrent les câbles fuités, concerne les citoyens de tous les pays. Cette publication prouve que ces individus courageux ne sont pas impuissants - mais c’est la réaction mondiale à ces câbles qui déterminera à quel point une telle publication amènera le changement.»

Basta ler para se perceber a ética e o cinismo de quem leva a cabo uma tarefa destas, criticando a ética e o cinismo dos outros.

Ali se afirma "qu’il y existe des individus droits et courageux au sein du gouvernement, qui croient en la transparence et en une politique étrangère plus éthique". Mas quem se encontra ao alcance de documentos como estes e se permite passá-los a terceiros para que este dos divulgue, não parece que seja um "indivíduo recto e corajoso. Sempre se ouviu dizer, ao longo da história, que um indivíduo destes é sim um traidor...

Sabe-se - é um segredo de polichinelo - que, ao longo dos tempos, a politica externa dos países (de todos eles, sem excepção, mas principalmente dos mais influentes e/ou poderosos) foi recheada de excessos, de pressões, de negociações, de trocas, de chantagens, de negócios sujos, de subornos, de mortes, de raptos, de tratados de amizade e de ameaças, enfim, de coisas dizíveis e indizíveis. Sabe-se que é assim. Toda a gente sabe. Mas querer que a política externa de qualquer país seja transparente é uma completa idiotice. E pretender que a divulgação de comunicação diplomáticas é uma forma de "réformer les organisations dans lesquelles ils travaillent, objectif qui, comme le démontrent les câbles fuités, concerne les citoyens de tous les pays", é completamente cretino. E é infantil pretender que caiba ao cidadão de um país influir na forma como outro país leva a cabo a sua política externa.

Esta divulgação de comunicações diplomáticas permite uma vez mais mostrar a pulhice da condição humana. Primeiro, de quem faz politica internacional, depois, de quem tem acesso a documentos classificados e os divulga e, por fim, de todos aqueles que, louvando a moralidade desta revelação de documentos secretos, (que visa, apenas e exclusivamente, pôr em causa um único país, os EUA) se não manifestam do mesmo modo pela revelação dos documentos secretos de kremlin ou de pequim, ou por um acesso livre a todos os locais do Irão, sem exclusão das centrais nucleares, ou por um passeio livre em Pyongyang.

Quem e que interesses serve, afinal, a divulgação desta correspondência diplomática?

Poder, podemos...

Cavaco Silva: "Podemos voltar a ser um país respeitado"

Poder, podemos ... mas vai ser muito difícil...

Novo adágio...

Mais depressa se apanha um acariciado que um coxo

Agora é que a Igreja está posta perante um dilema...

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010
Ministra da Saúde defende necessidade da Igreja “esclarecer a sua posição” sobre o preservativo

A senhora ministra também devia dizer o que é que vai fazer à Igreja se esta não cumprir o que ela diz.
Será que a senhora ministra a vai impedir de aceder ao serviço nacional de saúde...???

As time goes by



This day and age we're living in
Gives cause for apprehension
With speed and new invention
And things like fourth dimension.

Yet we get a trifle weary
With Mr. Einstein's theory.
So we must get down to earth at times
Relax relieve the tension

And no matter what the progress
Or what may yet be proved
The simple facts of life are such
They cannot be removed.

You must remember this
A kiss is just a kiss, a sigh is just a sigh.
The fundamental things apply
As time goes by.

And when two lovers woo
They still say, "I love you."
On that you can rely
No matter what the future brings
As time goes by.

Moonlight and love songs
Never out of date.
Hearts full of passion
Jealousy and hate.
Woman needs man
And man must have his mate
That no one can deny.

It's still the same old story
A fight for love and glory
A case of do or die.
The world will always welcome lovers
As time goes by.

Oh yes, the world will always welcome lovers
As time goes by.

1 de Dezembro



Miguel de Vasconcelos defenestrado por ser um traidor